Kanto (região)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Kanto)
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura a região da série Pokémon, veja Kanto (Pokémon).

Predefinição:About

Kantō

関東地方

—  Região  —
A região de Kantō em comparação com o resto do Japão
A região de Kantō em comparação com o resto do Japão
Mapa detalhado das áreas dentro da região de Kantō
Mapa detalhado das áreas dentro da região de Kantō
Área
 - Total 32 423,90 km²
População (April 1, 2012)
 - Total 42 598 300
    • Densidade auto hab./km²
GDP
Fuso horário JST (UTC+9)
Fuso horário JST (UTC+9)

Kantō (região) (関東地方, Kantō-chihō?) é uma área geográfica de Honshu, a maior ilha de Japão.[1] A região inclui a Grande Área de Tóquio e abrange sete prefeituras: Gunma, Tochigi, Ibaraki, Saitama, Tóquio, Chiba, e Kanagawa. Dentro de seus limites, um pouco mais de 45% da área terrestre é a Planície de Kanto. O resto é composto por colinas e montanhas que formam as fronteiras terrestres. No recenseamento oficial de 1 de outubro de 2010 pelo Bureau de Estatísticas do Japão, a população era 42.607.376[2] totalizando aproximadamente um terço da população total do Japão.


Região de Kanto, no Japão

O nome refere-se, geralmente à região leste (東) do posto de controlo de Hakone(関所). (O nome Kanto significa literalmente "Leste da Barreira," e refere-se aos postos de controlo (barreiras) que foram erigidas durante o Período Tokugawa na estrada Tokaido que ligava Edo a Quioto.

História[editar | editar código-fonte]

É a maior planície do Japão e já foi, durante o período Edo a região agrícola mais próspera do país. Durante essa época, os senhores feudais desta planície detinham um poder considerável graças à fertilidade da terra.

A proposta de invasão do Japão pelos aliados durante a Segunda Guerra Mundial, e que ficou conhecida por Operação Coronet, inserida na Operação Downfall, previa que a planície de Kanto fosse o local de desembarque das tropas.

Geografia[editar | editar código-fonte]

A Planície de Kanto é uma região sensivelmente plana onde se insere a cidade de Tóquio.

A maior parte das bases militares norte-americanas na ilha de Honshu situa-se nesta planície. Entre elas, encontram-se a Base Aérea de Yokota, a Base naval de Yokosuka, o Acampamento de Zama e a base aeronaval de Atsugi.

Prefeituras e Cidades[editar | editar código-fonte]

A região consiste em sete prefeituras e 167 cidades :

Ver também[editar | editar código-fonte]

  1. Nussbaum, Louis-Frédéric. (2005). "Kantō" no Japan Encyclopedia, pp. 478-479, p. 478, no Google Livros
  2. «政府統計の総合窓口». E-stat.go.jp. Consultado em 31 de dezembro de 2012