Lenda do envenenamento dos poços

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2015). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

A lenda do envenenamento dos poços derivou-se de uma acusação antissemita originada no século XIV, o mesmo da peste negra.

Os judeus eram acusados em várias cidades da Europa de serem a causa das doenças e de envenenarem os poços de água, causando as mortes.

Os judeus foram vítimas de pogroms. Cerca de 60 grandes cidades com comunidades judaicas e 150 comunidades judaicas menores foram vítimas de ataques. Casas foram queimadas, ocupantes foram mortos e também houve tortura.

O presidente da câmara de Zwolle (Holanda), após o pogrom desse ano na sua cidade disse: "foram mortos pelo amor a Deus, com o fogo e pela espada".

Ligações externas[editar | editar código-fonte]