Manuel Fratel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Manuel Joaquim Fratel.

Manuel Joaquim Fratel (Alegrete (Portalegre), 1869Lisboa, 5 de Outubro de 1938) foi um advogado, funcionário do Ministério das Colónias, e político, deputado eleito pelo Partido Regenerador em várias legislaturas na fase final da Monarquia Constitucional Portuguesa, Ministro da Justiça e dos Negócios Eclesiásticos do último ministério antes da implantação da República Portuguesa e deputado na I legislatura da Assembleia Nacional do Estado Novo.[1][2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Foi deputado eleito pelo Partido Regenerador (1895, 1901, 1902, 1905, 1906 e 1908).

Foi Ministro da Justiça e dos Negócios Eclesiásticos do governo presidido por António Teixeira de Sousa, em funções de 26 de Junho a 5 de Outubro de 1910.[3]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.