Maria Antônia de Koháry

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Maria Antónia
Princesa Fernando de Saxe-Coburgo-Gota
Retrato de Maria Antónia de Koháry, mãe de D. Fernando II de Portugal.
Duquesa da Saxônia
Reinado 2 de janeiro de 181626 de setembro de 1862
 
Cônjuge Fernando de Saxe-Coburgo-Gota
Descendência Fernando II de Portugal
Augusto de Saxe-Coburgo-Gota
Vitória de Saxe-Coburgo-Koháry
Leopoldo de Saxe-Coburgo-Koháry
Casa Koháry (por nascimento)
Saxe-Coburgo-Gotha-Koháry (por casamento)
Nascimento 2 de julho de 1797
  Buda, Hungria
Morte 25 de setembro de 1862 (65 anos)
  Viena, Áustria
Enterro Cemitério de Glockenberg, Coburgo
Ocupação Compositora
Pai Ferenc József, Príncipe de Koháry
Mãe Maria Antônia de Waldstein-Wartenburg
Religião Catolicismo

Maria Antónia Gabriela de Koháry de Čabraď e Szitnya (em alemão: Maria Antonie Gabriele Koháry de Csábrág et Szitnya; Buda, 2 de julho de 1797Viena, 25 de setembro de 1862) foi uma princesa da Casa de Koháry e a mãe de D. Fernando II de Portugal.

Primeiros anos

A condessa Maria Antônia Koháry nasceu em 2 de julho de 1797 em Buda, antiga capital da Hungria, a segunda filha de Franz Josef, Príncipe de Koháry e sua esposa, a condessa Maria Antônia Josefa von Waldstein-Wartenburg. O irmão mais velho de Maria Antônia, Ferenc, morreu em 19 de abril de 1795 aos dois anos de idade, fazendo dela a única herdeira da Casa de Koháry.

Casamento e família

Maria Antônia casou-se com o príncipe Fernando de Saxe-Coburgo-Gota em 30 de novembro de 1815 em Viena, Áustria, toda a sua herança, que incluía terras na atual Eslováquia, passou para seu marido. O príncipe era um irmão mais velho de Leopoldo, futuro rei dos belgas, então consorte da princesa Carlota de Gales, que era herdeira da coroa britânica e também irmão mais velho da duquesa de Kent, mãe da futura rainha Vitória. A fim de torná-la uma noiva elegível para um príncipe, o imperador Francisco I elevou o pai de Maria Antônia a príncipe Koháry de Csábrág e Szitny da nobreza austríaca duas semanas antes do casamento, tornando a condessa uma princesa

O casamento entre o príncipe Fernando e Maria Antônia foi celebrado de maneira grandiosa. Nunca antes Viena tinha visto tal casamento. As festividades, onde uma orquestra de 790 ciganos tocavam canções folclóricas húngaras, duraram nove dias. Ela foi proclamada "herdeira de nome" (fíúsított) e seu marido, o príncipe Fernando de Saxe-Coburgo-Gota, tomou o nome de Saxe-Coburgo-Gota-Koháry.

Uma princesa muito rica

Retrato de Maria Antônia de Koháry pintado em 1851, Royal Collection. Moritz Michael Daffinger (1790-1849)

Com a morte do príncipe Francisco José em 1826, Maria herdou toda a sua fortuna de 20 milhões de francos, tornando-a uma das mulheres mais ricas da Europa. Quando o seu filho, Augusto, se casou com a Princesa Clementina de Orléaes, uma lista de bens ligados ao contrato de casamento revelou que as suas possessões incluíam o enorme Palais Coburg em Viena, mais vários solares, uma casa de Verão e terras em Ebenthal, Baixa Áustria propriedades na Áustria em Velm, Durnkrut, Walterskirchen, Bohmischdrut e Althoflein, bem como uma dúzia de solares na Hungria, o campo de Kiralytia, e uma mansão em Pest. As extensas propriedades da família também incluíam florestas, minas e fábricas.

Em 1868, quando o neto de Maria Antónia, o príncipe Fernando, Duque de Alençon, se casou, estimou-se que ele e os seus três irmãos (Gastão, Margarida e Branca) herdaram um total de um milhão de francos apenas da sua avó. De fato, os Saxe-Coburgo-Kohárys permaneceram entre os maiores proprietários de terras na Hungria até à Primeira Guerra Mundial. Foram criados dois fundos familiares para gerir as explorações familiares em benefício dos membros da família. Esse sistema era comum entre as famílias aristocráticas para financiar a casa representativa do chefe da família, bem como para manter palácios e castelos, e apoiar os membros da família que não tinham sua própria fortuna.

Morte

A princesa Maria Antonia Koháry morreu em 25 de setembro de 1862 em Viena, Áustria. Ela tinha 65 anos. Foi enterrada no mausoléu ducal de Friedhof am Glockenberg, em Coburgo.

Títulos e estilos

  • 2 de julho de 1797 - 14 de novembro de 1815: Condessa Maria Antónia Koháry de Csábrág
  • 15 de novembro de 1815 - 1 janeiro de 1816: Princesa Maria Antónia Koháry de Csábrág
  • 2 de janeiro de 1816 - 26 de setembro de 1862: Sua Alteza Sereníssima Ducal princesa Maria Antónia de Saxe-Coburgo-Gota, Duquesa da Saxônia
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Maria Antônia de Koháry
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.