Mateus Carrilho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mateus Carrilho
Mateus Carrilho se apresentando no Sesc Pompeia (SP), em 2011.
Informação geral
Nome completo Mateus Henrique Carrilho Alves[1]
Também conhecido(a) como Mateus Carrilho
Nascimento 21 de setembro de 1988 (32 anos)
Local de nascimento Goianésia, GO  Brasil
Nacionalidade Brasileiro
Gênero(s) Eletrobrega
Ocupação(ões)
Período em atividade 2010–presente
Afiliação(ões)

Mateus Alencar Carrilho de Castro[2] (Goianésia, 21 de Setembro de 1988) mais conhecido como Mateus Carrilho é um cantor e compositor brasileiro.[3] Ganhou destaque como vocalista do trio Banda Uó na qual dividia os vocais com Davi Sabbag e Candy Mel.[4]

Início da vida[editar | editar código-fonte]

Nascido e criado em Goianésia no interior do Goiás, Mateus era uma criança que desde cedo despontou o seu lado artístico.[5] "Eu era uma criança meio doida. Uma das coisas que eu mais gostava de fazer era usar objetos da minha casa pra criar mini cenários e simular um programa de TV. Meu interesse por filmagem e câmeras apareceu muito cedo, eu pegava a câmera do meu tio e gravava o programa com a ajuda de primos e amigos. O programa se chamava TVZÃO, assim que acabávamos de filmar eu corria pra fazer a abertura dele no Power Point (risos)". [6]

Carreira[editar | editar código-fonte]

2010–17: Com Banda Uó[editar | editar código-fonte]

Formada em 2010 na cidade de Pirenópolis, a Banda Uó alcançou o sucesso com a música Shake de Amor, uma versão tecnobrega da faixa Whip My Hair da cantora americana Willow Smith e chamando atençao do disc-jockey Diplo[7]. Junto da banda lançou um EP, Me Emoldurei de Presente Pra Te Ter, e dois álbuns de estúdio, Motel (álbum)subsequentemente Veneno (álbum). A banda deu uma pausa em suas atividades em 25 de Outubro de 2017 para que cada integrante pudesse focar em atividades individuais.[8] Em 5 de Dezembro de 2017, a banda lançou a sua ultimá faixa juntos. Intitulada "Tô na Rua" a faixa serviu como uma despedida para os fãs.[9]

Em 7 de setembro de 2017 Pabllo Vittar lança o single "Corpo Sensual", que trazia a participação de Mateus.[10]

2018–presente: Carreira solo[editar | editar código-fonte]

Mateus anunciou que faria carreira solo logo após o fim do grupo.[11] O cantor começou a gravar o material de forma independente em janeiro de 2018, uma vez que a Deckdisc, gravadora do grupo, não assinou com nenhum dos integrantes como artistas solo, sendo apenas empresariado pela mesma equipe de Pabllo Vittar.[12][13] Em 28 de Maio de 2018 lançou o seu primeiro single solo "Privê", produzido por Rodrigo Gorky e dois dias depois o videoclipe foi lançado para acompanhar a faixa dirigido por Mateus e o grupo Os Primos.[14][15]. No dia 29 de Maio de 2018 foi realizada a primeira apresentação televisionada da canção no programa da Multishow Prazer Pabllo Vittar.[16]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Extended plays (EPs)[editar | editar código-fonte]

Lista de álbuns
Álbum Detalhes
Não Nega[17]
  • Lançado: 10 de outubro de 2018
  • Formatos: Download digital
  • Gravadora: Independente

Singles[editar | editar código-fonte]

Como artista principal
Título Ano Álbum
"Privê"[18] 2018 Não Nega
"Não Nega"[19]
"Sonzeira" 2019
"Toma" (com Tainá Costa) Singles sem álbum
"Chega"

(com Duda Beat e Jaloo)

"Então Vem"
"Amor Sem Lei"[20]
"Motor Acelerado"[21] Dose Dupla
"Inimigo do Fim"[22] 2020
Como artista convidado
Canção Ano Melhores posições Álbum
BRA
[23]
"Corpo Sensual"
(Pabllo Vittar part. Mateus Carrilho)
2017 67 Vai Passar Mal
"—" denota títulos que não entraram nas paradas ou não foram lançados no país.

Referências

  1. «Mateus Carrilho Biográfia». last.fm. 8 de agosto de 2011 
  2. «Mateus Carrilho Biográfia». last.fm. 8 de agosto de 2011 
  3. http://caiobraz.com.br/de-frente-com-mateus-carrilho-3/
  4. «Moderno, Brega e Pop». RollingStone. 8 de agosto de 2011 
  5. «De frente com Mateus Carrilho | Caio Braz». caiobraz.com.br. Consultado em 1 de junho de 2018 
  6. «De frente com Mateus Carrilho | Caio Braz». caiobraz.com.br. Consultado em 1 de junho de 2018 
  7. «Moderno, Brega e Pop». RollingStone. 8 de agosto de 2011 
  8. Pernambuco, Diario de (22 de dezembro de 2017). «David Sabbag explica fim da Banda Uó: Cada artista tem sua própria cabeça». Diario de Pernambuco 
  9. «Veja "Tô Na Rua", videoclipe de despedida da Banda Uó». portalpopline.com.br. Consultado em 1 de junho de 2018 
  10. «Pabllo Vittar lança clipe envolvente para "Corpo Sensual", com Mateus Carrilho». portalpopline.com.br. Consultado em 1 de junho de 2018 
  11. «Mateus Carrilho, da Banda Uó, também anuncia carreira solo para 2018». portalpopline.com.br. Consultado em 1 de junho de 2018 
  12. «Em carreira solo, Mateus Carrilho é empresariado por equipe de Pabllo Vittar». Extra Online 
  13. «Em carreira solo, Mateus Carrilho é empresariado por equipe de Pabllo Vittar». Extra Online 
  14. Ker, João (28 de maio de 2018). «Mateus Carrilho, pronto para voar sozinho: "Já queria isso há muito tempo"». Híbrida 
  15. «Assista: Mateus Carrilho estoura champanhe no clipe de "Privê"». Nação da Música (@nacaodamusica). 1 de junho de 2018 
  16. «Divulgando seu novo single, Mateus Carrilho realiza primeira performance de "Privê"». Portal Famosos Brasil. 30 de maio de 2018 
  17. «Não Nega». iTunes. Consultado em 11 de outubro de 2018 
  18. «Privê». iTunes. Consultado em 11 de outubro de 2018 
  19. «Mateus Carrilho traz toda a sensualidade latina ao clipe dançante de "Não Nega"». Hugo Gloss. Consultado em 11 de outubro de 2018 
  20. «Ouça "Amor Sem Lei", o novo single de Mateus Carrilho». Hashtag Pop. 5 de setembro de 2019. Consultado em 10 de dezembro de 2019 
  21. «Exclusivo: Saiba detalhes sobre "Motor Acelerado", primeiro single de Mateus Carrilho para o projeto "Dose Dupla"». POPline. 9 de dezembro de 2019. Consultado em 10 de dezembro de 2019 
  22. «Exclusivo: Confira o título e a capa do novo single de Mateus Carrilho». POPline. 9 de janeiro de 2020. Consultado em 10 de janeiro de 2020 
  23. «Billboard Brasil: 8 de janeiro de 2018». Billboard Brasil. Consultado em 8 de janeiro de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]