Matias Cardoso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Matias Cardoso
Igreja de Nossa Senhora da Conceição, Primeira Igreja do Estado de Minas Gerais

Igreja de Nossa Senhora da Conceição, Primeira Igreja do Estado de Minas Gerais
Bandeira desconhecida
Brasão de Matias Cardoso
Bandeira desconhecida Brasão
Hino
Fundação 1 de janeiro de 1993
Gentílico matiense [1]
Prefeito(a) Edmarcio Moura Leao (PSC)
(2013–2016)
Localização
Localização de Matias Cardoso
Localização de Matias Cardoso em Minas Gerais
Matias Cardoso está localizado em: Brasil
Matias Cardoso
Localização de Matias Cardoso no Brasil
14° 51' 18" S 43° 55' 19" O14° 51' 18" S 43° 55' 19" O
Unidade federativa  Minas Gerais
Mesorregião Norte de Minas IBGE/2008 [2]
Microrregião Januária IBGE/2008 [2]
Municípios limítrofes Manga, Itacarambi, Jaíba, Gameleiras, São João das Missões, Malhada (BA) e Iuiú (BA)
Distância até a capital 683 [3] km
Características geográficas
Área 1 938,429 km² [4]
População 10 905 hab. Est. IBGE/2016[5]
Densidade 5,63 hab./km²
Altitude 500 m
Clima semiárido [6] Bsh
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,602 médio PNUD/2000 [7]
PIB R$ 72 702,938 mil IBGE/2008[8]
PIB per capita R$ 6 719,93 IBGE/2008[8]
Página oficial

Matias Cardoso é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. Sua população estimada em julho de 2016 era de 10 905 habitantes.[5] O nome do município é uma homenagem ao bandeirante Matias Cardoso de Almeida, desbravador da região. Na cidade está a Matriz de Nossa Senhora da Imaculada Conceição, apontada como a igreja mais antiga do estado de Minas Gerais.[9]

Vista da praça matriz de Matias Cardoso.

Referências

  1. «IBGE Cidades@». O Brasil Município por Municipio. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 19 de agosto de 2009 
  2. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  3. «distancias-bhmunicipios». Distâncias BH/Municípios. Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER/MG). Consultado em 19 de agosto de 2009 
  4. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010 
  5. a b «Estimativas da população residente no Brasil e unidades da federação com data de referência em 1º de julho de 2016» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 12 de dezembro de 2016 
  6. «World Map of the Köppen-Geiger climate classification». World Map of the Köppen-Geiger climate classification. Institute for Veterinary Public Health. Consultado em 24 de fevereiro de 2010 
  7. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  8. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010 
  9. HEMERSON, Landercy (8 de dezembro de 2012). «Igreja Matriz é resgatada em Matias Cardoso». Estado de Minas. Consultado em 12 de dezembro de 2016 
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.