Esta é um recurso em áudio. Clique aqui para ouvi-lo.

O Beneficiamento

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
O Beneficiamento
Autor Antonio Ferrigno
Data 1903
Gênero pintura histórica
Técnica tinta a óleo
Dimensões 100 centímetros x 150 centímetros
Localização Museu Paulista
Sound-icon.svg Descrição audível da obra no Wikimedia Commons
Recurso audível (info)
Este áudio foi inserido no verbete em 9 de maio de 2018 e pode não refletir mudanças posteriores (ajuda com áudio).

O Beneficiamento, também chamada Ensacamento do café e Benefício do café, é uma pintura de Antonio Ferrigno. A data de criação é 1903. A obra é do gênero pintura histórica. Está localizada em Museu do Ipiranga. Retrata a Fazenda Santa Gertrudes e a produção de café no Brasil.[1][2]

Descrição[editar | editar código-fonte]

A obra foi produzida com tinta a óleo. Suas medidas são: 100 centímetros de altura e 150 centímetros de largura.[1] Faz parte de Museu do Ipiranga. O número de inventário é 11955900000000.[carece de fontes?]

Contexto[editar | editar código-fonte]

Neo café era beneficiado e ensacado. Neste local o piso é ladrilhado para facilitar o transporte da sacaria, uma vez que eram arrastados. No teto nota-se a passarela que o Conde de Prates usava para averiguar o trabalho e no seu final há um terraço para a vistoria do terreiro.

Essa pintura retrata o local em que o café era beneficiado e ensacado. Esse local faz parte do roteiro pedagógico de visitação da fazenda retratada na pintura: no ambiente o piso é ladrilhado para facilitar o transporte da sacaria, uma vez que eram arrastados. No teto nota-se a passarela que o Conde de Prates usava para averiguar o trabalho e no seu final há um terraço para a vistoria do terreiro.[3]

Essa pintura integra uma série de realizada por Ferrigno a partir de uma encomenda do proprietário da Fazenda Santa Gertrudes, Eduardo da Silva Prates, o Conde de Prates. A tela, junto com outras cinco pinturas de Ferrigno intituladas de As seis grandes telas - A Florada, A Colheita, O Lavadouro, O Terreiro, Ensacamento do Café e Café para a Estação, sobre a mesma fazenda e no mesmo ano de criação das pinturas, participou com o aval do governo brasileiro da Exposição Universal de Saint Louis, em que obteve sucesso no objetivo de representar a vida no Brasil e retomaram para a exposição em São Paulo, alcançando significativo sucesso de crítica e público.[4] O sucesso da série sobre a fazenda contribuiu para que Ferrigno ficasse conhecido como o "pintor do café".[5]

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre O Beneficiamento

Referências

  1. a b «O Beneficiamento». Enciclopédia Itaú Cultural. Consultado em 9 de maio de 2018 
  2. www.duscatolin.com.br, Agência Du.scatolin -. «Imagens». Fazenda Santa Gertrudes. Consultado em 9 de maio de 2018 
  3. «Roteiro: Beneficiamento do café.». Fazenda Santa Gertrudes 
  4. Cultural, Instituto Itaú. «Antônio Ferrigno | Enciclopédia Itaú Cultural». Enciclopédia Itaú Cultural 
  5. Rocha, Alexandre Luiz (17 de outubro de 2008). «Fazenda Santa Gertrudes: modelo de produção cafeeira no oeste paulista. 1895-1930: contribuição de Eduardo Prates à definição de novos parâmetros produtivos». doi:10.11606/T.16.2008.tde-23082010-083624