Os Três Cangaceiros

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes está sujeito a remoção.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Os três cangaceiros
 Brasil
1959 •  pb •  93 min 
Direção Victor Lima
Roteiro Victor Lima
Elenco Ankito
Ronald Golias
Grande Otelo
Neide Aparecida
Género Comédia
Idioma Português
Página no IMDb (em inglês)

Os Três Cangaceiros é um filme brasileiro de 1959 do gênero "Comédia", dirigido por Victor Lima.

Elenco Principal[editar | editar código-fonte]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Na cidade do nordeste do Brasil chamada Desterro (muito parecida com uma vila do Velho Oeste dos filmes americanos), um grupo de cangaceiros realiza vários ataques, saqueando bens e raptando mulheres. Apenas o misterioso justiceiro mascarado chamado de Onça Vingadora enfrenta os bandidos. Depois de um ataque, o prefeito resolve mobilizar a população para organizar uma "Volante" e ir atrás dos bandidos. Dois conhecidos covardes da cidade, o boticário e tabelião Aristides Pelado e o fotógrafo e dentista Carlos Bronco, gostam de Rosinha, filha do rico Coronel Batista. Mas ela prefere homens valentes como o Onça Vingadora. Para chamarem a atenção dela, Aristides e Bronco vão atrás dos cangaceiros e acabam se juntado ao esperto vendedor Mundico. Este convence os dois a se disfarçarem de cangaceiros para se misturarem ao bando e eliminarem os bandidos um a um. No final descobre que Aristide e Bronco são O Onça Vingadora


Ligações externas[editar | editar código-fonte]