Pandemia de COVID-19 no Catar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ver artigo principal: Pandemia de COVID-19 na Ásia
Pandemia de COVID-19 no Catar
Doença COVID-19
Vírus SARS-CoV-2
Origem Irã
Local Catar
Período 27 de fevereiro de 2020
(1 mês e 7 dias)
Estatísticas globais
Casos confirmados 526
Mortes 0
Casos que recuperaram 41

Este artigo documenta os impactos da pandemia de coronavírus 2019-2020 no Catar e pode não incluir todas as principais respostas e medidas contemporâneas.

Linha do tempo[editar | editar código-fonte]

Em 27 de fevereiro de 2020, foi confirmado que se espalhou o coronavírus para o Catar a maioria dos casos provenientes do Irã.[1]

Em 9 de março de 2020, o Catar anunciou o fechamento de todas as escolas e universidades, o fechamento entrará em vigor em 10 de março de 2020.[2] No mesmo dia, o Catar anunciou a proibição de viajantes de 15 países, incluindo: Bangladesh, China, Egito, Índia, Irã, Iraque, Itália, Líbano, Nepal, Paquistão, Filipinas, Coréia do Sul, Sri Lanka, Síria e Tailândia.

Em 11 de março de 2020, o Ministério da Saúde Pública (MOPH) do Catar anunciou que havia 238 novos casos de coronavírus confirmados em um único dia, elevando o total do país para 262.[3]

Em 13 de março de 2020, o Ministério da Saúde Pública (MOPH) do Catar anunciou que havia 58 novos casos confirmados de coronavírus 2019 (COVID-19), elevando o total para 320. No mesmo dia, o CEO da Qatar Airways, Akbar Al Baker alegou que não havia evidências científicas comprovando a existência de coronavírus.[4][5]

Em 14 de março de 2020, o Ministério da Saúde Pública (MOPH) do Catar anunciou que havia 17 novos casos confirmados de coronavírus 2019 (COVID-19), totalizando agora 337. No mesmo dia, o Catar anunciou a proibição de viajantes de mais 3 países Alemanha, Espanha, França.[6]

Em 16 de março de 2020, o Ministério da Saúde Pública anuncia em entrevista coletiva que os 4 primeiros casos no Estado do Catar se recuperaram do coronavírus. Em 16 de março, o Catar teria a 9ª taxa per capita mais alta do mundo de casos positivos de coronavírus no mundo, com 152,4 casos por milhão de pessoas (2,8 vezes a taxa da China).[7]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre epidemias é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.