Pandemia de COVID-19 no Catar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ver artigo principal: Pandemia de COVID-19 na Ásia
Pandemia de COVID-19 no Catar
Doença COVID-19
Vírus SARS-CoV-2
Origem Irã
Local Catar
Período 27 de fevereiro de 2020
(9 meses e 2 dias)
Estatísticas globais
Casos confirmados 119 637
Mortes 201
Casos que recuperaram 116 538

Este artigo documenta os impactos da pandemia de coronavírus 2019-2020 no Catar e pode não incluir todas as principais respostas e medidas contemporâneas.

Linha do tempo[editar | editar código-fonte]

Fevereiro[editar | editar código-fonte]

Em 27 de fevereiro de 2020, foi confirmado que se espalhou o coronavírus para o Catar a maioria dos casos provenientes do Irã.[1][2]

Março[editar | editar código-fonte]

Em 9 de março de 2020, o Catar anunciou o fechamento de todas as escolas e universidades, o fechamento entrará em vigor em 10 de março de 2020.[3] No mesmo dia, o Catar anunciou a proibição de viajantes de 15 países, incluindo: Bangladesh, China, Egito, Índia, Irã, Iraque, Itália, Líbano, Nepal, Paquistão, Filipinas, Coréia do Sul, Sri Lanka, Síria e Tailândia.

Em 11 de março de 2020, o Ministério da Saúde Pública (MOPH) do Catar anunciou que havia 238 novos casos de coronavírus confirmados em um único dia, elevando o total do país para 262.[4]

Em 13 de março de 2020, o Ministério da Saúde Pública (MOPH) do Catar anunciou que havia 58 novos casos confirmados de coronavírus 2019 (COVID-19), elevando o total para 320. No mesmo dia, o CEO da Qatar Airways, Akbar Al Baker alegou que não havia evidências científicas comprovando a existência de coronavírus.[5][6]

Em 14 de março de 2020, o Ministério da Saúde Pública (MOPH) do Catar anunciou que havia 17 novos casos confirmados de coronavírus 2019 (COVID-19), totalizando agora 337. No mesmo dia, o Catar anunciou a proibição de viajantes de mais 3 países Alemanha, Espanha, França.[7]

Em 16 de março de 2020, o Ministério da Saúde Pública anuncia em entrevista coletiva que os 4 primeiros casos no Estado do Catar se recuperaram do coronavírus. Em 16 de março, o Catar teria a 9ª taxa per capita mais alta do mundo de casos positivos de coronavírus no mundo, com 152,4 casos por milhão de pessoas (2,8 vezes a taxa da China).[8]

Em 23 de março, o Ministério da Saúde Pública (MoPH) procurou voluntários para apoiar a resposta do Catar ao surto de Covid-19. Um porta-voz do Comitê Supremo para Gerenciamento de Crises, Lolwah Rashid AlKhater, disse: “Estamos procurando voluntários para ajudar o setor de saúde do Catar à medida que o número de casos do Covid-19 aumenta e cria uma pressão sobre os recursos. Precisamos nos unir como comunidade e trabalhar para apoiar os setores público e privado do Catar durante esses tempos difíceis."[9] No mesmo dia, o Ministério do Comércio e Indústria em uma carta disse que foi decidido fechar temporariamente todos os restaurantes, cafés, pontos de venda de alimentos e food-truck nos seguintes locais, de 23 de março até novo aviso: Clubes esportivos, Lusail Marina, áreas de food-truck, Doha Corniche, Al Khor Corniche e Aspire Park.[10]

Em 24 de março, o Ministério da Saúde do Catar anunciou que foram notificados 25 novos casos de coronavírus no país.[11]

Em 25 de março, o Ministério da Saúde Pública anunciou o registro de 11 novos casos confirmados de coronavírus 2019 (Covid-19) no Estado do Catar. Alguns dos novos casos de infecção estão relacionados aos viajantes que chegaram recentemente ao Estado do Catar e outros pertencem a pessoas em contato com casos infectados, incluindo 5 casos de cidadãos do Catar. Os casos recém-infectados foram isolados e estão recebendo cuidados médicos. O Ministério da Saúde Pública continua a realizar verificações para todos os cidadãos que viajam do exterior, bem como para todos os contatos de casos infectados. O número total de pessoas testadas para a COVID-19 pelo Ministério da Saúde Pública atingiu mais de 12.000 pessoas. O Ministério da Saúde Pública insta todas as agências e indivíduos a seguir medidas preventivas e aderir aos requisitos de isolamento domiciliar para garantir sua segurança e a de sua comunidade, e não sair a menos que seja absolutamente necessário.[12]

Em 30 de março, o Ministério da Saúde Pública anunciou o registro de 59 novos casos confirmados de coronavírus (COVID-19), além de mais 3 casos de pacientes recuperados do vírus.[13]

Em 31 de março, o Ministério da Saúde Pública anuncia 88 novos casos confirmados de coronavírus (COVID-19) e mais 11 pacientes recuperados.[14]

Abril[editar | editar código-fonte]

No dia 1 de abril, o Ministério da Saúde Pública anunciou 54 novos casos confirmados de coronavírus (COVID-19) e mais nove pacientes recuperados do vírus, o que eleva o total de casos de recuperação no Qatar para 71.[15]

Em 2 de abril, o Ministério da Saúde Pública anunciou o registro de 114 novos casos confirmados de doença de coronavírus (COVID-19) e a recuperação de um paciente, além do anúncio de uma terceira morte por COVID-19 no Catar.[16]

Em 7 de abril, Um morador de 74 anos e um morador de 59 anos - ambos portadores de doenças crônicas - morreram de COVID-19, elevando o número de mortes para 6. Além disso, foram anunciados mais 225 casos, além de 19 pacientes recuperados. Havia agora um total de 2057 casos confirmados e 150 recuperações confirmadas.[17]

Em 9 de abril, o Ministério da Saúde Pública anunciou o registro de 166 novos casos confirmados de COVID-19.[18]

Em 10 de abril, o Ministério da Saúde Pública anunciou o registro de 136 novos casos confirmados de coronavírus (COVID-19).[19]

No 15 de abril, o país registrou o primeiro caso entre trabalhadores que fazem obras para a Copa do Mundo FIFA de 2022.[20][21][22] O comitê da Copa, anunciou que "dois funcionários que trabalham (...) no projeto do estádio Al Thoumama deram positivo para covid-19".[23]

Em 22 abril, devido a pandemia, obras de estádio para a Copa do Mundo de Futebol, foram interrompidas.[24][25]

Em 23 de abril, o Ministério da Saúde Pública notificou 623 novos casos confirmados de COVID-19.[26]

Em 24 de abril, o Ministério da Saúde Pública relatou 761 novos casos confirmados de COVID-19.[27]

Em 29 de abril, o Ministério da Saúde Pública anunciou o registro de 643 novos casos confirmados de coronavírus (COVID-19) e a recuperação de mais 109 pacientes no Catar.[28]

Em 30 de abril, o Ministério da Saúde Pública anunciou o registro de 845 novos casos confirmados de coronavírus (COVID-19) e a recuperação de mais 129 pacientes no Catar.[29]

Maio[editar | editar código-fonte]

No dia 1 de maio, o Ministério da Saúde Pública anunciou a morte de 2 pacientes com COVID-19, juntamente com o registro de 687 novos casos confirmados de COVID-19 e a recuperação de mais 64 pacientes no Catar.[30]

Em 3 de maio, o Ministério da Saúde Pública anunciou o registro de 679 novos casos confirmados de COVID-19 e a recuperação de mais 130 pacientes no Catar.[31]

Em 9 de maio, o Ministério da Saúde Pública anunciou a morte de 1 por paciente COVID-19, juntamente com o registro de 1.130 novos casos confirmados e a recuperação de mais 129 pacientes no Catar.[32]

Em 11 de maio, a empresa Qatar Airways, anunciou a doação de 100 mil bilhetes de avião para profissionais da saúde.[33][34]

Em 13 de maio, o Ministério da Saúde Pública anunciou o registro de 1.390 novos casos confirmados de COVID-19 e a recuperação de mais 124 pacientes no Catar.[35]

Em 16 de maio, o país registrava um total de 30.972 casos, 3.788 paciente recuperados e 15 mortes.[36]

Referências

  1. «Irlanda e Suécia têm primeiras mortes por coronavírus; Catar vê alta de casos». Valor. 11 de março de 2020. Consultado em 16 de maio de 2020 
  2. «Catar reporta 1º caso de coronavírus em homem vindo do Irã». UOL. 29 de fevereiro de 2020. Consultado em 16 de maio de 2020 
  3. «Qatar announces closure of schools, universities over coronavirus» 
  4. «Qatar's coronavirus cases jump by 238 in one day» 
  5. «Qatar Airways CEO doubts existence of coronavirus, says aviation shouldn't be halted» (em inglês). 13 de março de 2020 
  6. Qatar Airways CEO on Coronavirus Threat and Its Impact on Air Travel (em inglês), consultado em 19 de março de 2020 
  7. Salcedo, Andrea; Cherelus, Gina (18 de março de 2020). «Coronavirus Travel Restrictions, Across the Globe». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331 
  8. «Coronavirus Update (Live): 226,470 Cases and 9,285 Deaths from COVID-19 Virus Outbreak - Worldometer» (em inglês) 
  9. «MoPH urgently needs volunteers to fight Covid-19» (em árabe). Gulf Times. 23 de março de 2020. Consultado em 16 de maio de 2020 
  10. «Temporary closure of eateries starts at select locations» (em árabe). Gulf Times. 23 de março de 2020. Consultado em 16 de maio de 2020 
  11. Al Amir, Khitam (24 de março de 2020). «Coronavirus: Qatar reports 25 new Covid-19 cases, total cases reach 526» (em inglês). Ministério da Saúde do Qatar. Consultado em 16 de maio de 2020 
  12. «Ministry of Public Health» (em inglês). Consultado em 16 de maio de 2020 
  13. «Gulftimes : 59 new virus cases reported as 3 more patients recover». Gulf Times. 30 de março de 2020. Consultado em 16 de maio de 2020 
  14. «MoPH announces 88 new Covid-19 cases, 11 recoveries and 1 death» (em árabe). Gulf Times. 31 de março de 2020. Consultado em 16 de maio de 2020 
  15. «Ministry of Public Health announces 54 new confirmed cases of coronavirus (Covid-19) and 9 more patients having recovered from the virus» (em inglês). MOPH. 1 de abril de 2020. Consultado em 16 de maio de 2020 
  16. «MOPH announces the registration of 114 new confirmed cases of coronavirus disease (COVID-19), the recovery of one patient and the sad announcement of a third death due to COVID-19» (em inglês). MOPH. 2 de abril de 2020. Consultado em 16 de maio de 2020 
  17. «Qatar reports two more deaths from Covid-19; 225 new cases and 19 recoveries». The Peninsula. 7 de abril de 2020. Consultado em 16 de maio de 2020 
  18. «MOPH announced 166 new positive cases of COVID-19 and 28 cases of recovery | Qatar Today» (em inglês). Qatar Today. 9 de abril de 2020. Consultado em 16 de maio de 2020 
  19. «MOPH announces 136 new confirmed cases of coronavirus (Covid-19) and the recovery of 21 cases, bringing the total number of people recovered in Qatar to 227» (em inglês). 10 de maio de 2020. Consultado em 16 de maio de 2020 
  20. «Catar anuncia primeiros casos de coronavírus em obras da Copa-2022». O Estado de Minas. 16 de abril de 2020. Consultado em 16 de maio de 2020 
  21. «Catar anuncia primeiros registros de coronavírus entre operários nas obras da Copa de 2022». Globoesporte. 15 de abril de 2020. Consultado em 16 de maio de 2020 
  22. Lobo, Felipe (3 de abril de 2020). «Coronavírus no Catar: falta de água, isolamento de setores infectados e aglomeração em dormitórios». Trivela. Consultado em 16 de maio de 2020 
  23. «Catar anuncia primeiros casos de coronavírus em obras da Copa-2022». UOL. 15 de maio de 2020. Consultado em 16 de maio de 2020 
  24. Gallindo, André (22 de abril de 2020). «Covid-19 interrompe obras dos estádios da Copa 2022 e suspende celebração do Ramadã no Catar». Globoesporte. Consultado em 16 de maio de 2020 
  25. «Pandemia interrompe obras nos estádios da Copa do Qatar». Tupi.fm. 22 de abril de 2020. Consultado em 16 de maio de 2020 
  26. «623 new Covid-19 cases reported in Qatar on April 23 as 61 recover». The Peninsula Qatar. 23 de abril de 2020. Consultado em 16 de maio de 2020 
  27. «Qatar reports 761 new Covid-19 cases, recoveries reach 809» (em árabe). Gulf Times. 24 de abril de 2020. Consultado em 16 de maio de 2020 
  28. «MOPH announces 643 new positive cases of Coronavirus and the recovery of 109 cases from the disease | Qatar Today» (em inglês). Qatar Today. 29 de abril de 2020. Consultado em 16 de maio de 2020 
  29. «845 new confirmed cases of coronavirus in Qatar, 129 recoveries» (em árabe). Gulf Times. 30 de abril de 2020. Consultado em 16 de maio de 2020 
  30. «COVID-19: Qatar announces two deaths and 687 new coronavirus cases» (em inglês). Gulf Times. 1 de maio de 2020. Consultado em 16 de maio de 2020 
  31. «MoPH announces 679 new coronavirus cases, 130 recoveries» (em árabe). Gulf Times. 3 de maio de 2020. Consultado em 16 de maio de 2020 
  32. «COVID-19: Qatar reports 1,130 new cases, one new fatality» (em inglês). Gulf Times. 9 de maio de 2020. Consultado em 16 de maio de 2020 
  33. Novaes, Vinicius (11 de maio de 2020). «Qatar Airways doará 100 mil bilhetes a profissionais de saúde». Pan Rotas. Consultado em 16 de maio de 2020 
  34. «Companhia aérea Qatar Airways doa 100 mil passagens para profissionais da saúde». Folha de S. Paulo. 13 de maio de 2020. Consultado em 16 de maio de 2020 
  35. «Ministry of Public Health» (em inglês). MOPH. 13 de maio de 2020. Consultado em 16 de maio de 2020 
  36. «Qatar Coronavirus: 30,972 Cases and 15 Deaths - Worldometer» (em inglês). Worldometers. Consultado em 16 de maio de 2020 
Ícone de esboço Este artigo sobre a pandemia de COVID-19 é um esboço relacionado ao Projeto Saúde. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.