Patrícia Scalvi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Vera Lúcia de Sousa (São Paulo, 11 de novembro de 1954), mais conhecida pelo nome artístico Patrícia Scalvi, é uma atriz e dubladora brasileira.[1]

No seu currículo estão filmes das décadas de 70 e 80, feitos na chamada Boca do Lixo paulistana, filmes estes de baixo orçamento e com forte apelo sexual, como Noite em Chamas (1977), Tara - Prazeres Proibidos (1979), A Noite das Taras (1980), Convite ao Prazer (1980),[2] Os Indecentes (1980), Como Faturar a Mulher do Próximo (1981), Eros, o Deus do Amor (1981),[2] Profissão Mulher (1982), Amor, Palavra Prostituta (1982), Tessa, a Gata (1982), Doce Delírio (1983) e Instinto Devasso (1985), entre outros filmes do gênero. [3]

Foi dirigida por nomes como Jean Garrett, David Cardoso, John Doo, Luiz Castellini (com quem ela foi casada), Fauzi Mansur, Antonio Meliande (que veio a se tornar prestigiado diretor de fotografia cinematográfico), Cláudio Cunha, Walter Hugo Khouri e Carlos Reichenbach, entre outros.[1]

Em 1984, Patrícia estrelou a telenovela Meus Filhos, Minha Vida, no SBT.[3]

Atualmente, Patrícia Scalvi é uma das mais conceituadas dubladoras e diretoras de dublagem do Brasil. Produções consideradas "complicadas" de serem trabalhadas, como a redublagem dos seriados mexicanos Chaves e Chapolin para o mercado de DVD, ficaram nas mãos da atriz, que acabou sendo elogiada até pelos fãs mais tradicionais das produções.[3]

Como dubladora também recebeu elogios de importantes diretores, como Hayao Miyazaki, vencedor do Oscar por A Viagem de Chihiro, que escolheu a voz de Patrícia para a protagonista Sophie, da adolescência até a terceira idade, na versão brasileira da animação O Castelo Animado.[3] Patrícia também é uma das dubladoras preferidas de Pedro Almodóvar, que faz questão de conferir como haviam ficado seus filmes na "versão brasileira". Dele, Patrícia dublou longas como Má Educação (personagem da freira) e Tudo Sobre Minha Mãe (a protagonista).[3]

Filmografia[4][editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Eduardo Aguilar. «Mulheres do Cinema Brasileiro: Patrícia Scalvi». Consultado em 18 de janeiro de 2017 
  2. a b Renato Luiz Pucci Jr. «O equilíbrio das estrelas: filosofia e imagens no cinema de Walter Hugo Khouri». Google Books. Consultado em 18 de janeiro de 2017 
  3. a b c d e Trash80s (13 de novembro de 2009). «Por onde anda você… Patrícia Scalvi». Consultado em 18 de janeiro de 2017 
  4. e-Pipoca - Filmografia parcial de Patrícia Scalvi Acessado em 18 de janeiro de 2017
  5. Cinemateca Brasileira Tessa, a Gata [em linha]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.