Paulo Brito

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde julho de 2012) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Paulo Brito
Nome completo Paulo Antônio de Brito Beckenkamp
Nascimento 11 de dezembro de 1962 (53 anos)
Santa Cruz do Sul, RS
Ocupação Jornalista
Nacionalidade Brasil brasileira
Trabalhos notáveis Globo Esporte RS

Paulo Antônio de Brito Beckenkamp (Santa Cruz do Sul, 11 de dezembro de 1962) é um jornalista e narrador esportivo brasileiro.[1] [2] .

É narrador da RBS TV, Rede Globo e SporTV. Além disso, apresenta um programa diário na Rádio Farroupilha, também do Grupo RBS, o Bafão Farroupilha.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Começou a carreira em sua cidade natal, onde foi tentar ser jogador de futebol profissional no Esporte Clube Avenida. Ingressou logo depois, em 1980, na Rádio Santa Cruz, como repórter e narrador[2] . Em 1988, quando foi inaugurada a RBS TV Santa Cruz do Sul, foi contratado como apresentador.

No dia 11 de dezembro de 1989, assumiu o lugar do Celestino Valenzuela, como apresentador e narrador da RBS TV. Em 1992 passou a apresentar a edição do Globo Esporte no Rio Grande do Sul, permanecendo até junho de 2012.

Possui bordões bastante conhecidos: "Feitooo", que é usado quando ocorre um gol; "É bom esse (Fulano)" ao se referir a um jogador que lhe agrada, normalmente dos times do interior; e também "mas heinhô", que é proferido para chamar algum companheiro de transmissão, especialmente Batista, além do "que jogo", além também do "Boa taaarde!" do Globo Esporte e, mais recentemente, o "Tudo belezinha!", usado após o "Boa tarde!" durante o Jornal do Almoço.

Brito é torcedor declarado do Avenida, de Santa Cruz do Sul, clube em que chegou a atuar como jogador quando jovem, tendo assumido que torcia para o clube no Jornal do Almoço.

Em Porto Alegre, o narrador é torcedor do Internacional, porém ainda que discretamente, segundo revelou seu colega Lasier Martins, em vídeo disponível no YouTube.

Referências

  1. «Noite de emoção no Alvi-Verde de Santa Cruz do Sul». Esporte Clube Avenida. 27 de Agosto de 2010. Consultado em 3 de Julho de 2012. 
  2. a b «Paulo Brito Narrador e apresentador». Papo da Bola. Consultado em 3 de Julho de 2012. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]