Paulo Sérgio Luiz de Souza

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Paulo Sérgio
Informações pessoais
Nome completo Paulo Sérgio Luiz de Souza
Data de nasc. 11 de junho de 1989 (29 anos)
Local de nasc. Rio de Janeiro, (RJ), Brasil
Nacionalidade brasileira
Altura 1, 83 m
Destro
Apelido PS
Paulinho Souza
Dindo
Informações profissionais
Período em atividade 2007presente (9 anos)
Clube atual Al-Qadisiyah
Número 89
Posição Atacante
Clubes de juventude
20062008 Flamengo
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
20072013
2009
20102011
2011
20132014
20132014
2014
2015
2015
2016
2017
20172018
2018
Flamengo
Figueirense (emp.)
Estoril Praia (emp.)
Náutico (emp.)
Operário Ferroviário
Paraná (emp.)
Avaí (emp.)
Dubai Club
Criciúma
Daegu
Seongnam Ilhwa
Fortaleza
Al-Qadisiyah
0032 0000(4)
0017 0000(3)
0015 0000(3)
0001 0000(0)
0012 0000(8)
0022 0000(6)
0022 0000(6)
0000 0000(0)
0019 0000(2)
0032 000(17)
0007 0000(0)
0012 0000(2)
0002 0000(1)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 4 de fevereiro de 2018.

Paulo Sérgio Luiz de Souza, mais conhecido como Paulo Sérgio (Rio de Janeiro, 11 de junho de 1989), é um futebolista brasileiro que atua como atacante. Atualmente, joga pelo Al-Qadisiyah.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Tratado como uma jóia pela diretoria executiva do clube, Paulo Sérgio ganhou uma atenção especial ao se destacar na campanha do título brasileiro do Flamengo na categoria Sub-17 e na conquista do Campeonato Carioca de Juniores de 2007, onde marcou um gol decisivo contra o rival Vasco da Gama que deu o tricampeonato da categoria. Aos 17 anos de idade, apesar de muito franzino, a velocidade e habilidade do jovem fizeram com que fosse rapidamente promovido pelo então treinador da equipe profissional, Ney Franco, e fez sua estréia, entre os profissionais, durante o Campeonato Carioca de 2007. Deixou boa impressão e, com isso, acabou sendo integrado à equipe principal rubro-negra, e aproveitado pelo treinador seguinte, Joel Santana, durante o ano de 2007. Não chegou a se firmar como titular em seu primeiro ano como profissional, todavia, foi muito utilizado em partidas da Copa Libertadores da América e do Campeonato Brasileiro. Paulo Sérgio iniciou o ano de 2008 atuando pelos juniores, mas logo voltou aos profissionais, apesar de não conseguir novas chances de atuar, como no ano anterior. Em maio de 2009, o atacante foi emprestado ao Figueirense, para a disputa do Campeonato Brasileiro - Série B.[2] Ao final do empréstimo, em 31 de dezembro de 2009, voltou ao Flamengo para integrar o elenco de 2010. No primeiro jogo na volta ao time, marcou o gol da vitória contra o rival Botafogo. Entretanto, mesmo após marcar esse gol foi novamente emprestado, dessa vez para o Estoril de Portugal.[3] Foi emprestado em 2011 para o Náutico.[4] Foi vice-Campeão do Campeonato Brasileiro de 2011 - Série B pelo clube pernambucano. Na pré-temporada de 2012, foi integrado ao elenco do Flamengo que se preparava para as competições do ano.[5] Recebeu uma chance com o técnico Joel Santana no Campeonato Carioca, o qual Paulo Sérgio aproveitou e deu uma assistência para o gol de Kléberson. Mas mesmo assim não impressionou o treinador e foi afastado, passando a treinar em separado.[6]

Foi negociado com o Operário-PR, após o estadual, foi emprestado ao Paraná até o final de 2013.[7]

Avaí

No dia 21 de janeiro de 2014 foi novamente emprestado pelo Operário-PR só que desta vez foi encaminhado para o Avaí. [8] [9] [10]

No primeiro jogo com a camisa do Avaí, Paulo Sérgio enfrentou seu antigo clube, o Figueirense no Clássico de Florianópolis, no Estádio Orlando Scarpelli no dia 16 de fevereiro de 2014. Paulo Sérgio entrou no segundo tempo e fez o gol da vitória do Avaí, ante ao seu arquirrival, Sérgio caiu nas graças da torcida avaiana, graças ao gol que deu a vitória no maior clássico de SC, já no finzinho do jogo. A partida era válida pelo Campeonato Catarinense de 2014. [11] [12]

No segundo jogo com a camisa do Avaí, PS foi titular. Mais uma vez, o atacante mostrou por que foi a Florianópolis. Marcou um belo gol, mas não conseguiu evitar a derrota (para a Chapecoense por 2x1) na Ressacada e a eliminação do Avaí na disputa pela classificação no quadrangular final do Campeonato Catarinense. [13]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Flamengo
Náutico

Referências

  1. [1]
  2. «Flamengo libera Paulo Sergio e Egídio para o Figueirense». Globoesporte.globo.com. 26 de maio de 2009. Consultado em 12 de agosto de 2012‎.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  3. «Paulo Sérgio é emprestado ao Estoril». Globoesporte.globo.com. 22 de julho de 2010. Consultado em 12 de agosto de 2012‎.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  4. «Náutico confirma a contratação de Paulo Sérgio junto ao Flamengo». Globoesporte.globo.com. 23 de junho de 2011. Consultado em 12 de agosto de 2012‎.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  5. «Paulo Sérgio embarca no sonho de um novo recomeço no Flamengo». Globoesporte.globo.com. 18 de março de 2012. Consultado em 12 de agosto de 2012‎.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  6. «Fla rescinde com Rodrigo Alvim e coloca outros três para treinar à parte». Globoesporte.globo.com. 12 de julho de 2012. Consultado em 12 de agosto de 2012‎.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  7. «Atacante Paulo Sérgio, ex-Flamengo, acerta com o Paraná para a Série B». Globoesporte.globo.com. 21 de maio de 2013. Consultado em =21 de maio de 2013.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  8. «Roberto, Tinga e Paulo Sérgio treinam físico na parte interna da Ressacada». Globoesporte.globo.com. 21 de janeiro de 2014. Consultado em 22 de janeiro de 2014. 
  9. «Avaí tem três caras novas no treinamento». FUTEBOLSC.COM. 21 de janeiro de 2014. Consultado em 22 de janeiro de 2014. 
  10. «Tinga, Paulo Sérgio e Roberto vão a campo pela primeira vez no Avaí». Globoesporte.globo.com. 22 de janeiro de 2014. Consultado em 22 de janeiro de 2014. 
  11. «Clássico é clássico: ex-lanterna, Avaí vence o líder Figueirense no Scarpelli». Globoesporte.globo.com. 16 de fevereiro de 2014. Consultado em 23 de fevereiro de 2014. 
  12. «Paulo Sérgio mostra estrela, faz gol da vitória do Avaí e dedica a Raul Cabral». Globoesporte.globo.com. 17 de fevereiro de 2014. Consultado em 23 de fevereiro de 2014. 
  13. «Em duelo tático, Dal Pozzo bate Turra e Chape vence Avaí em noite de Régis». Globoesporte.globo.com. 23 de fevereiro de 2014. Consultado em 25 de fevereiro de 2014. 
Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.