Peridotito

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Peridotito

Peridotito é uma rocha ígnea plutónica de grão grosseiro, composta sobretudo por olivina, com ou sem outros minerais máficos como piroxenas, anfíbolas ou micas, com pouco ou nenhum feldspato. É o principal constituinte do manto superior da Terra e forma-se por fracionamento magmático (de um líquido toleítico, por exemplo). Pertence ao tipo de rocha basáltica. Esta possui anortite, olivina e piroxena na sua constituição (em baixas concentrações).[1] [2] Há uma grande concentração de peridotitos e serpentinitos na região de Morais, Macedo de Cavaleiros (Portugal), que terão aflorado à superfície devido à ocurrência de uma Obducção, parte da crusta oceânica ou de rochas do manto é arrastada para cima de crusta continental, num limite de placas convergente. O processo de afloramento pode dar-se também se o peridotito subir à superfície como um Xénolito de um rocha encaixante.[2]

Ícone de esboço Este artigo sobre Geologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Referências

  1. [1]
  2. a b Andrade, Pedro (25 May 2011). «Mais profundos que o fundo dos oceanos – a história dos peridotitos ofiolíticos de Morais». vidaterra.wordpress.com [S.l.: s.n.] Consultado em 2015-09-09.