Peter, Peter, Caviar Eater

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Peter, Peter, Caviar Eater"
1.º episódio da 2.ª temporada de Family Guy
Peter Peter Caviar Eater.PNG
Peter dança com os empregados da Mansão Cherrywood
Informação geral
Direção Jeff Myers
Escrito por Chris Sheridan
Código de produção 1ACX08
Transmissão original 23 de setembro de 1999
Convidados

Fairuza Balk como Connie D'Amico
Bill Escudier
Gregory Jbara
Robin Leach como ele mesmo
Alex Thomas

Cronologia
"Brian: Portrait of a Dog"
"Holy Crap"
Family Guy (segunda temporada)
Lista de episódios de Family Guy

"Peter, Peter, Caviar Eater" (em português, "Peter na Alta Sociedade") é o primeiro episódio da segunda temporada de Uma Família da Pesada. Originalmente, foi exibido na Fox em 23 de setembro de 1999. Participaram como convidados os artistas Robin Leach como ele mesmo e Fairuza Balk como Connie D'Amico. O título do episódio é uma referência a cantiga de roda Peter Peter Pumpkin Eater.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

A rica tia de Lois Marguerite Pewterschmidt vem visitá-los, mas cai morta no mesmo segundo em que chega na casa. Uma vídeo-mensagem gravado por ela informa à sobrinha que ela herdou a Mansão Cherrywood em Newport (Rhode Island). O vídeo de Marguerite é narrado por Robin Leach. Lá, os Griffin recebem animadas boas vindas musicais dos empregados da casa, que imediatamente saem de lá, já que de acordo com um deles "o antigo dono somente pagou pela canção." Peter contrata-os de volta e admite que vendeu secretamente a antiga casa de Quahog.

Peter tem problemas com o grupo de nobres após causar nojo em todos com uma história sobre um rato no clube de iate, enquanto Stewie se adapta imediatamente e começa a ordenar todos os empregados ao redor, mandando dois deles brigarem até a morte para seu divertimento. Peter implora a Brian que o ensine a ser um cavalheiro. Depois de várias tentativas com métodos normais, o cão decide utilizar a terapia de choque. Naquela noite, Peter chega em um elegante leilão como uma nova pessoa, "Senhor Griffin". Lois fica chocada ao vê-lo comportado e conversando facilmente com pessoas mais ricas. Infelizmente, ele também passa a acreditar que é muito rico, oferecendo $100.000.000 por um vaso.

Sua esposa pede a família que volte para Quahog o mais rápido possível; ela diz que se lembra por que deixou de morar em Newport: porque isso mudou as pessoas do mesmo jeito que sua família estava se transformando. Brian consegue tirar Peter de sua desilusão ao compará-lo com Lando Calrissian e quebrar um de seus óculos de colecionador de Star Wars, explicando que não é um real milionário. Mesmo voltando para a realidade, Peter ainda precisa de $100.000.000 para pagar seu lance no leilão ao Sr. Brandywine da Sociedade Histórica. Quando ele tenta provar que milhões de dólares da história se encontram na mansão, aponta para uma nota na parede onde está escrito "Jesus esteve aqui", uma grande rachadura (pretendo mostrar que é o local onde o mercado de ações quebrou), um pequeno trem de brinquedo sob o piso (dizendo que era uma parte do Underground railroad de Harriet Tubman) e uma pedra falando que os peregrinos visitaram o Fraggle Rock. Depois dessas tentativas frustradas de "provar" que a Mansão Cherrywood tinha valor histórico e podia cobrar o valor do lance, Peter faz as pazes com Lois e encontra várias fotografias escondidas, as quais mostram várias figuras americanas famosas (como Abraham Lincoln, Robert E. Lee e Ulysses S. Grant) na mansão, que antigamente, era um bordel. Não somente descobre o grande valor da propriedade, mas também vende as fotos para os tabloides e consegue recomprar a antiga casa pelo dobro do que foi pago.

No final, Peter não se importa mais com a opinião da família de Lois sobre ele, agradecendo pelo fato de que seus ancestrais não eram nada mais do que "cafetões e prostitutas."

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Produção[editar | editar código-fonte]

A man with black short hair and a black shirt, with tan skin, laughs into a microphone while leaning forward.
Esse episódio marcou a primeira aparição de Carter Pewterschmidt, dublado por Seth MacFarlane.

"Peter na Alta Sociedade" é o primeiro episódio da segunda temporada de Uma Família da Pesada. Foi dirigido por Jeff Myers, enquanto Peter Shin e Roy Allen Smith atuaram como diretores supervisores.[1] Foi escrito por Chris Sheridan. Mike Henry e Andrew Gormley trabalharam como escritores pessoais; Garett Donovan e Neil Goldman atuaram como editores de história.[1] O episódio também teve Ricky Blitt como editor executivo de história. Ron Jones compôs a música e Stan Jones ajudou na edição da mesma.[1]

O episódio introduziu os personagens Carter Pewterschmidt, o pai de Lois, dublado pelo criador da série Seth MacFarlane, e Barbara Pewterschmidt, mãe de Lois, dublada por Alex Borstein.[2][3] Ambos se tornaram personagem recorrentes da série, aparecendo futuramente em diversas ocasiões, como em "Welcome Back, Carter".

Juntamente com o elenco habitual, o dublador Kevin Michael Richardson, a atriz Fairuza Balk e o ator Gregory Jbara participaram do episódio como convidados.[1] Entre outras interpretações, estavam Alex Thomas, Robin Leach e Bill Escudier.[1] Lori Alan dublou a personagem secundária Diane Simmons.[1][4]

Referências culturais[editar | editar código-fonte]

Peter assiste a sitcom Frasier e Rikki Lake. Em um leilão, ele compra um vaso antigo por 100 milhões de dólares, enquanto faz o personagem Dr. Evil de Austin Powers. Stewie faz dois empregados brigarem um com o outro, e durante o conflito, o tema do episódio "Amok Time" de Star Trek pode ser escutado. Brian usa elementos da história de Star Wars Episódio V: O Império Contra-Ataca para descrever a situação atual de Peter.

Recepção[editar | editar código-fonte]

Em uma análise feita em 2008, Ahsan Haque da IGN destacou o episódio, dando a nota de 9,5/10, afirmando que é "muito memorável" e "destacado pela criatividade idiota e inaptidões sociais de Peter, e por um dos melhores segmentos musicais da série".[5] O criador do seriado Seth MacFarlane descreveu "Peter na Alta Sociedade" como um "episódio bom, muito bom", destacando o valor artístico do mesmo e chamando a musicalidade de Ron Jones de "bonita."[6] Foi nomeado para o prêmio de melhor canção do Emmy Awards com a música "This House is Freakin' Sweet".[5]

Referências

  1. a b c d e f «Family Guy - Peter, Peter, Caviar Eater - Cast and crew». Yahoo!. Consultado em 20 de junho de 2011. 
  2. «Alex Borstein (Lois) Laughs at the Once-Dead Family Guys Longevity». TV Guide. 13 de novembro de 2006. Consultado em 24 de agosto de 2009. 
  3. «Family Guy Cast and Details». TV Guide. Consultado em 24 de agosto de 2009. 
  4. «Lori Alan:Credits». TV Guide. Consultado em 27 de outubro de 2009. 
  5. a b Haque, Ahsan. «Family Guy: "Peter, Peter, Caviar Eater" Review». IGN. Consultado em 1 de dezembro de 2009. 
  6. MacFarlane, Seth (2003). Commentary for the episode "Peter, Peter, Caviar Eater". Family Guy: Volume 1 (DVD). 20th Century Fox 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por:
Brian: Portrait of a Dog
Family Guy (segunda temporada) Sucedido por:
Holy Crap