Régis Pitbull

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Régis Pitbull
Informações pessoais
Nome completo Régis Fernandes da Silva
Data de nasc. 22 de setembro de 1976 (43 anos)
Local de nasc. São Paulo (SP),  Brasil
Nacionalidade Brasil brasileiro
Altura 1,75 m
Apelido Pitbull
Informações profissionais
Clube atual Villa Real F.C (Time Amador)
Posição Atacante
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1996
19961997
1998
19981999
1999
1999
20002001
2001
2002
20022003
2003
2004
20042006
2006
2007
2007
2007
2008
20092010
2010
2012
Brasil Comercial
Portugal Marítimo
Brasil Ceará
Brasil Ponte Preta
Brasil Coritiba (emp.)
Japão Purple Sanga (emp.)
Brasil Ponte Preta
Brasil Bahia (emp.)
Brasil Ponte Preta
Turquia Gaziantepspor
Brasil Vasco da Gama
Brasil Corinthians
Brasil Portuguesa
Brasil Inter de Limeira
Coreia do Sul Daejeon Citizen (emp.)
Brasil ABC
Kuwait Al Nasr
Brasil Rio Branco-MG
Brasil Poços de Caldas
Brasil São Raimundo-AM
Brasil Ponte Preta

0003 000(0)



0025 000(7)




0019 000(2)



0007 000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 28 de março de 2011.

Régis Fernandes da Silva, mais conhecido como Régis Pitbull (São Paulo, 22 de setembro de 1976), é um ex-futebolista brasileiro que atuava como atacante.

Iniciou sua carreira profissional no Comercial e seguiu muito cedo para a Europa. No velho continente, defendeu o Marítimo de Portugal. Mas, foi na Ponte Preta que Régis teve maior destaque e virou ídolo. Do clube de Campinas, segui para outros clubes do Brasil, Japão e Turquia, até chegar ao Vasco da Gama. No clube carioca, teve passagem discreta, anotou apenas 2 gols em 19 jogos.

No ano de 2004, veio a realização de um sonho para Régis, atuar no Corinthians, clube declarado por ele como do seu coração.[1] Apesar do sentimento envolvido, Régis não correspondeu no "Timão" e foi dispensado.[2] Na segunda metade do ano, seguiu para o Estádio do Canindé, para atuar pela Portuguesa[3]

Já no ano de 2006, Pitbull, que é amigo do também jogador Felipe Nascimento Cruz (Batukai) foi contratado pela Inter de Limeira e, no ano seguinte, emprestado ao Daejeon Citizen do futebol coreano. Também não obteve sucesso e voltou ao Brasil para o ABC.[4] Apesar de ter ajudado o time potiguar a se classificar para a terceira fase do Brasileiro da Série C, Régis aceitou uma proposta do Ituano para voltar ao futebol paulista. O problema é que a CBF não aceitou o seu registro, já que havia atuado por outros 2 clubes anteriormente, e acabou ficando sem clube.[5]

No ano de 2008, transferiu-se para o Rio Branco-MG, aonde começa o seu grande drama pessoal. No dia 13 de março de 2008, após o jogo em que o seu time venceu o Cruzeiro em pleno Estádio do Mineirão por 1 a 0 num jogo válido pela primeira fase do Campeonato Mineiro, Régis foi flagrado no exame antidoping. O laboratório responsável pela análise na urina do jogador, constatou a presença de maconha e Régis foi suspenso por 30 dias.[6] Essa não foi o primeira problema do jogador com a maconha, em 2001, quando atuava no Bahia, também foi diagnosticado a substância na urina de Régis e ele ficou suspenso por 121 dias.[7]

Em 2009, Régis tenta recomeçar sua carreira no Poços de Caldas na disputa do Módulo II do Campeonato Mineiro.[8] A tentativa se tornou frustrada, já que, Pitbull teve um desentendimento com a torcida do clube após um mau resultado do time num jogo do campeonato e foi dispensado pela diretoria.

No ano seguinte, Régis é anunciado como reforço do São Raimundo-AM[9][10] Mas, ao final do ano, deixou o clube e se aposentou. Após sua aposentadoria, Pitbull bate de frente com o problema das drogas. Após problemas em campo por causa da maconha, volta a usar substâncias e se vicia no crack.[11]

Em 2012 mais uma reviravolta na carreira do atleta. Depois de se livrar completamente das drogas, quase dois anos longe dos gramado, Regis Pitibul assina contrato com a Ponte Preta para disputar os campeonatos Paulista e Brasileiro do mesmo ano.

Atuou pela Matonense no campeonato Paulista série A2 2015, sendo um destaque da equipe com desempenho acima da média.

Atualmente Pitbull atua na várzea, e hoje defende o Villa Real F.C., uma equipe Jaraguaense que é considerada um grande time amador da Zona Oeste de São Paulo. Ainda no final de 2015 disputará a COPA PIRITUBA DE FUTEBOL AMADOR.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.