Rômulo Noronha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Rômulo
Informações pessoais
Nome completo Rômulo Noronha
Data de nasc. 4 de fevereiro de 1987 (31 anos)
Local de nasc. Caxias do Sul (RS),  Brasil
Nacionalidade brasileira
Altura 1,86 m
Destro
Informações profissionais
Clube atual Flag of None.svg Aposentado
Número 8
Posição Volante
Clubes de juventude

2001-2007
Brasil Juventude
Brasil Flamengo
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2005-2012
2008
2009
2010-2011
2011
2013-2014
2015
Brasil Flamengo
Brasil Paraná (emp.)
Brasil Figueirense (emp.)
Brasil Atlético Goianiense (emp.)
Brasil ABC (emp.)
Brasil Boavista
Brasil Brasiliense
0038 0000(0)
0006 0000(0)
0000 0000(0)
0015 0000(0)
0014 0000(1)
0017 0000(0)
0000 0000(0)
Seleção nacional
Brasil Brasil Sub-20

Rômulo Noronha, mais conhecido como Rômulo (Caxias do Sul, 4 de fevereiro de 1987), é um ex-futebolista brasileiro que atuava como volante.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Capitão da bem-sucedida geração de juniores tricampeã carioca nos anos de 2005, 2006 e 2007, com diversos títulos nas categorias de base do Flamengo e com passagens pela Seleção Brasileira Sub-20, o volante Rômulo, gaúcho, revelado pelo Juventude, veio para o Flamengo ainda muito novo, com apenas 13 anos de idade. Sob o comando do treinador Joel Santana, Rômulo ganhou a titularidade no clube, dois anos depois da sua primeira partida entre os profissionais, em 2005. Após se recuperar de uma grave lesão que teve em outubro de 2007, em 2008, Rômulo encontrou forte concorrência no seu setor quando conseguiu se recuperar plenamente. Na era Caio Júnior, Rômulo não teve oportunidades e acabou sendo emprestado ao Paraná que disputava a Série B daquele ano. Em seguida foi emprestado para o Figueirense para reforçar o time na temporada 2009.[1] Foi dispensado do clube catarinense, voltou para o rubro-negro e foi reintegrado ao elenco pelo então técnico Cuca.[2] Em 2010, após a saída de Andrade e com Rogério Lourenço como treinador interino, Rômulo foi escalado como titular no primeiro jogo das oitavas de final da Copa Libertadores da America contra o Corinthians. O Flamengo ganhou de 1 a 0 com gol de Adriano e Rômulo teve uma boa e segura atuação. No jogo da volta, Rômulo voltou a ser escalado como titular e novamente conseguiu se destacar, ajudando o Flamengo a se classificar para as quartas de final da Copa Libertadores da América de 2010. Em setembro de 2010, foi emprestado ao Atlético Goianiense que vivia situação delicada no Campeonato Brasileiro.[3] Já em 2011, foi emprestado para o tradicional ABC. Na pré-temporada de 2012 esteve nos treinamentos do Flamengo na expectativa de receber uma nova chance. Com a chegada de Joel Santana, foi reintegrado ao elenco.[4] Em 2013, acertou com o Boavista.

Aposentadoria[editar | editar código-fonte]

Em outubro de 2016, devido a seguidas lesões que atrapalharam a sua carreira, Rômulo anunciou a sua aposentadoria precocemente, aos 29 anos de idade.[5]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Flamengo


Atlético Goianiense


Boavista


Referências

  1. «Fla empresta Rômulo ao Figueirense». GloboEsporte.com. 27 de janeiro de 2009. Consultado em 12 de agosto de 2012. 
  2. «Antigo xodó de Joel Santana, Rômulo tem nova chance no Flamengo». GloboEsporte.com. 21 de agosto de 2009. Consultado em 12 de agosto de 2012. 
  3. «Fla empresta Rômulo ao Atlético-GO». GloboEsporte.com. 28 de setembro de 2010. Consultado em 12 de agosto de 2012. 
  4. «Joel ressuscita Kleberson e Rômulo no Fla para o clássico com o Flu». GloboEsporte.com. 9 de março de 2012. Consultado em 11 de agosto de 2012. 
  5. Lesão, título brasileiro e o fim precoce: ex-Flamengo, Rômulo para aos 29

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.