RMS Saxonia (1900)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
RMS Saxonia
Saxonia1900.jpg
Carreira  Reino Unido
Proprietário Cunard Line
Fabricante John Brown & Company
Homônimo Reino da Saxônia
Lançamento 16 de dezembro de 1899
Viagem inaugural 22 de maio de 1900
Descomissionamento 1925
Estado Desmontado
Características gerais
Tipo de navio Transatlântico
Tonelagem 14.281 t (1899)
14.197 t (1920)
Maquinário 2 motores de quádrupla expansão
com oito cilindros
Comprimento 180 m
Boca 19,6 m
Propulsão 2 hélices triplas
Velocidade 15 nós (28 km/h)
Passageiros 1964 (1899)
1449 (1920)

O RMS Saxonia foi um navio de passageiros britânico operado pela Cunard Line e construído pelos estaleiros da John Brown & Company na Escócia. Ele foi lançado ao mar em 16 de dezembro de 1899 e realizou sua viagem inaugural em 22 de maio de 1900, sendo o maior navio da empresa em tonelagem até então. O Saxonia foi projetado para transportar tanto passageiros quanto carga, possuindo grandes espaços de armazenamento que limitavam as áreas destinadas ao serviço comercial.[1]

A embarcação serviu na rota Liverpool até Boston desde sua viagem inaugural até 1911, quando foi transferida para o serviço no mar Mediterrâneo de Boston para Trieste. Suas acomodações foram modificadas no ano seguinte a fim de permitir que o Saxonia transportasse apenas passageiros de segunda e terceira classe. O navio permaneceu nessa rota até o início da Primeira Guerra Mundial, quando foi convocado pela Marinha Real Britânica. Em agosto de 1914 ele foi usado como transporte de tropas, porém apenas por uma viagem, sendo em seguida atracado no rio Tâmisa e utilizado como acomodação para prisioneiros de guerra alemães. O Saxonia voltou para o transporte de tropas em março de 1915, desempenhando essa função até o final da guerra em 1918.[1]

O navio voltou para o serviço comercial em 1919 e no ano seguinte passou por uma grande reforma, que incluiu a diminuição da altura de sua chaminé e a transformação das acomodações de passageiros. Todas as modificações acabaram por diminuir sua tonelagem total e o número de passageiros que poderia carregar. O Saxonia foi colocado no serviço entre Londres e Nova Iorque, com uma parada adicional em Hamburgo sendo colocada alguns anos depois. Em 1925 ele foi considerado velho e obsoleto para continuar ativo, sendo aposentado e vendido para uma companhia holandesa para ser desmontado ainda no mesmo ano.[1]

Referências

  1. a b c Othfors, Daniel. «Saxonia». The Great Ocean Liners. Consultado em 6 de março de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre RMS Saxonia (1900)


Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos navais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.