Rafa Mir

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Rafa Mir
Informações pessoais
Nome completo Rafael Mir Vicente
Data de nasc. 18 de junho de 1997 (23 anos)
Local de nasc. Murcia, Espanha
Altura 1,89 metros
Informações profissionais
Período em atividade 2006 – atual
Clube atual Huesca
Número 9
Posição Atacante
Clubes de juventude
Javalí Nuevo
ElPozo Murcia
Ranero
Barcelona
Murcia
Valencia
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2015–2018
2015–2018
2018–
2018–2019
2019
2020–
Valencia B
Valencia
Wolverhampton
Las Palmas (emp.)
Nottingham Forest (emp.)
Huesca (emp.)
0060 000(25)
0008 0000(0)
0004 0000(0)
0030 0000(7)
00013 0000(0)
00023 0000(9)
Seleção nacional3
2018– Espanha Sub-21 0009 0000(5)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 12 de maio de 2019.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 19 de junho de 2019.

Rafael Mir Vicente (Murcia, Espanha, 18 de junho de 1997), mais conhecido como "Rafa mir", é um futebolista espanhol que joga como atacante. Atualmente joga pelo Huesca.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Nasceu em Murcia, onde jogava seu pai em 1997, o ex-futebolista balear !Magín Mir. Começou a jogar futebol de salão no time da localidade murciana pedanía onde vivia, Javali Nuevo. Assinado por ElPozo Murcia e sagrou-se campeão da Espanha com 120 gols.

O salto para o futebol chegou em alevino do Ranero CF. Marcou 57 golos no primeiro ano e 84 no segundo, chamando a atenção das pedreiras de vários clubes importantes. Rejeitou O Villarreal para assinar pela La Masía do FC Barcelona. Lá marcou 32 tantos que não lhe serviram para ficar.

O Cadete B do Murcia foi seu próximo destino. Os seus 45 golos chamaram a atenção do Valencia CF. O clube viajou para ver em directo à selecção nacional e não hesitou em muito interessado. O Murciano marcou 30 golos no cadete a campeão de taja, 21 no juvenil b treinado por Rúben Mora, outros 21 no juvenil a dirigdo por Rubén Baraja, e um no Valencia Mestalla de Curro Torres contra O Badalona, participando em três encontros com o filial valencianista no mês de março durante a temporada 2014/15.

A temporada 2015/16 a arranca no juvenil a de Miguel Ángel Angulo e estreou junto ao computador na UEFA Youth League, tornando-se um dos maiores artilheiros da competição.[1] Perante a falta de golo do Valencia Mestalla de Curro Torres foi titular na 13 ª jornada contra o Villarreal B, mas não chegou a marcar. Com Jorge Mendes como agente e seguido de perto por olheiros de outras pedreiras como Espanyol, Sevilla,[2] Real Madrid, Porto ou Ajax,[3] O Valencia CF expandiu seu contrato por mais dois anos com uma cláusula de rescisão de 8 Mil milhões de euros.[4]

O Técnico Nuno Espírito Santo, que deixou de contar com o atacante Álvaro Negredo e além disso Rodrigo estava lesionado, decidiu convocar o rafa mir com 18 anos para o jogo da 12 ª jornada da Liga contra Las Palmas mas não chegou a Estrear.[5] Sim estreou poucos dias depois, com o primeiro computador valencianista sendo titular no Estádio Petrovsky no dia 24 de novembro de 2015, em jogo da Liga dos Campeões contra o FC Zenit.[6][7] O técnico português continuou convocándole para a 13 ª jornada em frente ao Sevilla,[8] embora não teve minutos.[9] O técnico interino, Voro, lhe convocou e pôs de titular em 2 de dezembro na ida dos dieciseisavos de final da Copa do rei contra o Barakaldo em Lasesarre,[10] embora não chegou a marcar. Com a mudança de técnico deixou de entrar em convites do primeiro grupo e voltou a brincar com o mestalla na 16 ª jornada contra o Barcelona B.

Seleção[editar | editar código-fonte]

Foi convocado pela primeira vez com a seleção sub-19 dirigido por Luis da fonte em 24 de novembro de 2015,[11] mas, ao ser convocado pelo primeiro equipamento do Valência para disputar a ida dos dieciseisavos de final da Copa do Rei decidiu aproveitar esta oportunidade e não foi com a seleção.[12]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Espanha

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]