Nuno Espírito Santo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nuno Espírito Santo
Nuno Espírito Santo
Informações pessoais
Nome completo Nuno Herlander Simões Espírito Santo
Data de nasc. 25 de janeiro de 1974 (43 anos)
Local de nasc. São Tomé, São Tomé e Príncipe
Nacionalidade são-tomense
português
Altura 1,88 m
Informações profissionais
Equipa atual Inglaterra Wolverhampton
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1992–1996
1993–1994
1997–2002
1998–2000
2000–2001
2002–2004
2005–2006
2007
2007–2010
Portugal V. Guimarães
Portugal SC Vila Real (emp.)
Espanha Deportivo La Coruña
Espanha Mérida (emp.)
Espanha Osasuna (emp.)
Portugal FC Porto
Rússia Dínamo Moscou
Portugal Aves
Portugal FC Porto
0034 0000(0)
0019 0000(0)
0004 0000(0)
0069 0000(0)
0033 0000(0)
0006 0000(1)
0011 0000(0)
0015 0000(0)
0008 0000(0)
Seleção nacional
1994–1996 Flag of Portugal.svg Portugal Sub-21 0003 0000(0)
Times/Equipas que treinou
2012–2014
2014–2015
2016–2017
2017–
Portugal Rio Ave
Espanha Valencia
Portugal FC Porto
Inglaterra Wolverhampton
Nuno Espírito Santo (11-07-2015).JPG

Nuno Herlander Simões Espírito Santo, mais conhecido por Nuno Espírito Santo ou simplesmente Nuno (São Tomé, 25 de Janeiro de 1974) é um ex-guarda-redes e actualmente treinador português nascido em São Tomé e Príncipe.

Jogador[editar | editar código-fonte]

Em julho de 2002, o FC Porto o contratou e fez parte da equipa que venceu a Liga dos Campeões Europeus de 2003-04, e no qual substituiu Vítor Baía durante a Taça Intercontinental contra o Once Caldas. Após passagens por Dínamo Moscou e Aves, voltou ao FC Porto na época (2007/2008) onde permaneceu até ao fim da carreira profissional, na época 2009-2010. Em 184 jogos realizados em toda a sua carreira enquanto guarda-redes, marcou apenas 1 golo de grande penalidade nos quartos-de-final da Taça de Portugal frente ao Varzim SC, a 8 de março de 2003.[1]

Selecção Portuguesa[editar | editar código-fonte]

Nuno, que jamais jogou pela Seleção Portuguesa principal, foi convocado para o Euro 2008 para substituir Quim, que se lesionou na véspera do início da competição.

Treinador[editar | editar código-fonte]

Tornou-se treinador do Rio Ave a partir de junho de 2012.[2] Permaneceu na equipa vilacondense até julho de 2014 quando foi contratado pelo clube espanhol Valencia inicialmente por uma temporada.[3] Em sua primeira temporada ali a equipe obteve a quarta posição na Liga de 2014–15. Em janeiro de 2015 o clube ampliou seu contrato até 2018.[4] No entanto, em 30 de novembro do mesmo ano, deixou o clube por mútuo acordo, dia 1 de junho de 2016 foi confirmado como novo treinador do Futebol Clube do Porto, cargo que ocupou até dia 22 de maio de 2017.[5]

Títulos[editar | editar código-fonte]

FC Porto

Referências

  1. Group, Global Media (2 de junho de 2016). «▶ Vídeo: FC Porto recorda o dia em que o treinador marcou um golo». O Jogo 
  2. «Rio Ave confirma Nuno Espírito Santo como treinador». Rádio Renascença. 16 de maio de 2012 
  3. «Acuerdo para la contratación del técnico D. Nuno Espírito Santo» (em espanhol). Sítio oficial Valencia CF. 3 de julho de 2014 
  4. «Nuno renueva hasta junio de 2018» (em espanhol). Marca. 12 de janeiro de 2015 
  5. «Valencia confirma saída do técnico Nuno Espírito Santo». Gazeta Esportiva. 30 de novembro de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]