Ramón Fonseca Mora

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ramón Fonseca Mora
Conhecido(a) por co-fundador do Mossack Fonseca
Nascimento 14 de julho de 1952 (67 anos)
Residência Panama
Nacionalidade panamenho
Alma mater London School of Economics
Ocupação Advogado
Página oficial
www.ramonfonsecamora.com

Ramón Fonseca Mora (Panamá, 14 de julho de 1952)[1][2] é um escritor panamenho e advogado, co-fundador da Mossack Fonseca, um escritório de advocacia com sede no Panamá, com mais de 40 escritórios em todo o mundo, envolvido recentemente no maior vazamento da história de contas secretas, conhecido como Panama Papers.[3] Ele foi ministro-conselheiro de Juan Carlos Varela, e presidente do Partido Panameñista sendo demitido março 2016, devido a operação da Polícia Federal do Brasil, Operação Lava Jato.[4]

Quando jovem, Ramón Fonseca tentou ser sacerdote "Não salvei ninguém nem fiz nenhuma mudança. Decidi então, ao ter mais maturidade, me dedicar a minha profissão, formar uma família, me casar e levar uma vida normal... À medida que uma pessoa envelhece fica mais materialista", disse em uma entrevista em 2008, de acordo o ICIJ.[3]

Referências

  1. Nicanor Alvarado. «Ramón Fonseca Mora: "Vengo a contar mi verdad"». Laestrella.com.pa. Consultado em 9 de abril de 2016 
  2. «Ramón Fonseca Mora». Oocities.org. Consultado em 9 de abril de 2016 
  3. a b BBC Mundo (5 de abril de 2016). «Panama Papers: Quem são Mossack e Fonseca, donos da empresa no centro do escândalo». BBC. Consultado em 9 de abril de 2016 
  4. «Ministro consejero Fonseca Mora se va de licencia» (em espanhol). panamaamerica.com. 11 de março de 2016. Consultado em 9 de abril de 2016 

Carreira literária[editar | editar código-fonte]

  • 1976, Las Cortes Internacionales de Justicia
  • 1977, Reflexiones de Derecho Judicial
  • 1985, Compañías Panameñas
  • 1988, Panamá, un viejo lugar bajo el sol
  • 1998, Soñar con la ciudad
  • 1994, La danza de las mariposas
  • 1996, La ventana abierta
  • 1995, La Isla de las Iguanas
  • 2000, 4 Mujeres vestidas de Negro
  • 2007, El Desenterrador
  • 2009, Ojitos de Ángel
  • 2012, Míster Politicus

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Sítio oficial