René Strickler

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
René Strickler
Nome completo René Guillermo Strickler Zender
Nascimento 20 de outubro de 1962 (55 anos)
Córdoba, Argentina
Ocupação Ator
Cônjuge Patricia Rangel (2001—2010)[1]
IMDb: (inglês)

René Guillermo Strickler Zender (Córdoba, 20 de outubro de 1962) é um ator argentino que atua e mora no México. Foi casado com a também atriz Patricia Rangel,[1] com quem têm dois filhos: Andrick e Yanick.

Biografia[editar | editar código-fonte]

René migrou para a Cidade do México, em 1986, ele trabalhou como modelo, de vez em quando, ia à fazia testes na Televisa, mas a sorte não parecia estar ao seu lado. Quando se mudou para Monterrey, na Califórnia perto da fronteira mexicana, recebeu uma proposta para fazer sua primeira novela. Era "Alguna vez Tendremos Alas" em que interpretava um piloto de corridas de carro que morre num acidente.

Em seguida teve a sorte de ser escalado para o elenco de "Sin Ti" e trabalhoou com Gabriela Rivero a (professora Helena, de Carrossel). No começo de 1998 quando as gravações de "Sin Ti" terminaram, ganhou o papel de Víctor Manuel que foi definitivo para mudar a carreira do ator.

O ator passou a ser considerado um dos grandes galãs do México e nos mais de 30 países em que a novela foi exibida. Por causa disso, sua carreira deslanchou. Esta foi sua terceira novela e foi importantíssima para ele. Principalmente porque em El Privilegio de Amar[2], teve a oportunidade de trabalhar ao lado de grandes atores como Andrés García (André Duval), Sabine Moussier (Lourença) e Adela Noriega como (Cristina).

Ele é dono de um hotel em Acapulco, no estado mexicano de Guerrero.

Telenovelas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «René Strickler se está divorciando». peopleenespanol.com (em espanhol). 21 de outubro de 2009. Consultado em 19 de abril de 2018. 
  2. «'El privilegio de amar': el actor René Strickler presentó a su familia en redes». www.americatv.com.pe (em espanhol). 14 de abril de 2018. Consultado em 19 de abril de 2018. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]