Revista Autismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Revista Autismo
Editor Francisco Paiva Junior
Frequência Trimestral
Editora independente
Circulação Paga: não há
Não paga: 20.000
Total: 20.000
Categoria Saúde
País  Brasil
Idioma português
Formato 21,0 x 28,0 cm
Encadernação brochura
Fundação 23 de abril de 2010
Primeira edição 11 de setembro de 2010
RevistaAutismo.com.br

A Revista Autismo é uma publicação brasileira, gratuita, trimestral, a respeito do transtorno do espectro do autismo (ou simplesmente autismo), impressa e digital, criada em abril de 2010, por pais de crianças com autismo,[1] com 100% de doações e trabalho voluntário, atualmente é uma social startup, empresa privada com objetivo social: disseminar informação a respeito de autismo de forma gratuita. Apesar de ser uma criação recente, a revista ganhou destaque por tratar de um assunto tão complexo e com tão pouca informação no Brasil, sendo, a respeito de autismo, não só a primeira revista periódica do Brasil, como também a primeira da América Latina e a primeira em língua portuguesa no mundo, ganhando até mesmo destaque internacional.[2][3]

Estima-se que esta complexa síndrome possa atingir cerca de 2 milhões de pessoas no Brasil e, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 70 milhões no mundo.[4] Portanto não se trata de algo raro, porém, não há muitas publicações a respeito do assunto no mundo, com escassez principalmente nos países menos desenvolvidos.

História[editar | editar código-fonte]

A revista surgiu em 23 de abril de 2010, num grupo de pais de autistas, na internet,[5] com a necessidade de informação séria e de qualidade a respeito do transtorno do espectro do autismo (TEA). Doações e voluntariado possibilitaram a edição de lançamento, o número zero, em 11 de setembro de 2010, com o destaque para a reportagem sobre a alarmante estatística estadunidense de um autista para cada 110 crianças.[6]

Dois meses após o lançamentos, a revista teve sua primeira edição reimpressa pela tamanha demanda e continuou a ser publicada com voluntariado e doações, de pessoas e entidades.

Em fevereiro de 2012, a revista passou a ser um projeto dentro da ONG Consciência Solidária (fundada em 2004), de Atibaia. No mesmo ano, lançou mais uma edição no Dia Mundial da Conscientização do Autismo, 2 de abril.

Em maio de 2012, a publicação lançou na App Store um aplicativo gratuito com sua versão na íntegra para o tablet iPad, da Apple, contendo o conteúdo completo de todas as edições, sem restrição.

Em 7 de janeiro de 2019, após uma pausa de 5 anos, foi lançada a campanha "A Revista Autismo voltou!"[7][8], anunciando o retorno da versão impressa da revista, com periodicidade trimestral. E, efetivamente, a Revista Autismo lançou sua edição número 4 no dia 1º de março de 2019, inclusive anunciando uma parceria com o Instituto Maurício de Sousa, tendo, em toda edição, uma página com histórias em quadrinho com o André[9], personagem autista da Turma da Mônica, de Maurício de Sousa.[10][11][12]

Dia Mundial do Autismo[editar | editar código-fonte]

Em 2011, no Dia Mundial da Conscientização do Autismo, todo 2 de abril, conforme decretado pela ONU em dezembro de 2007,[13] a revista tornou-se a página oficial do evento[14] no país, reunindo informação de ações de entidades e de pequenos grupos de pessoas em todo o Brasil, em prol da divulgação de informações sobre autismo na luta por mais direitos e menos preconceito.[15] As ações brasileiras para a data conseguiram inclusive iluminar grandes monumentos de azul (cor símbolo do autismo), como o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro,[16] a Ponte Estaiada em São Paulo,[17] os prédios do Senado Federal e do Ministério da Saúde em Brasília,[18] o Teatro Amazonas em Manaus,[19] entre muitos outros. Em Portugal, monumentos e prédios, como a Torre dos Clérigos e a estátua do Cristo Rei em frente a Lisboa também foram iluminados de azul para a data.[20][21]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Revista Autismo

Referências

  1. Viana, Luiz Fernando (12 de novembro de 2010). «Pais de autistas lançam a primeira revista sobre o tema». Folha de S.Paulo: Cotidiano, pág. C9 
  2. Alysson Muotri"[...]No Brasil, destaco a Revista Autismo (http://revistaautismo.com.br/) que, embora jovem, já causa um impacto na comunidade brasileira e internacional.[...]" (2 de abril de 2011). «Um dia azul». G1/Globo.com 
  3. «La primera revista sobre Autismo en América Latina "Revista Autismo» (em espanhol). Autismo Diário (Espanha). 9 de março de 2011 
  4. «Greater awareness and understanding of autism needed, says UN chief» (em inglês). UN News Centre. 2 de abril de 2010 
  5. «Trabalho voluntário tem sido o principal suporte». Jornal do Senado. 23 de novembro de 2010 
  6. Paiva Junior (11 de setembro de 2010). «Número impressionante: uma em cada 110 crianças tem autismo». Revista Autismo 
  7. Tismoo (10 de janeiro de 2019). «Revista Autismo anuncia seu retorno». Tismoo. Consultado em 19 de março de 2019 
  8. «A Revista Autismo voltou!». Papo de Mãe. 17 de janeiro de 2019. Consultado em 19 de março de 2019 
  9. Sousa, Maurício de. «André, o personagem autista da Turma da Mônica em: Ecolalia | Revista Autismo». Consultado em 19 de março de 2019 
  10. Lovetro, José Alberto (28 de fevereiro de 2019). «Personagem André, de Maurício de Sousa, ajuda a entender o autismo». Segs. Consultado em 19 de março de 2019 
  11. Pessanha, Edna. «Personagem André, de Mauricio de Sousa, ajuda a entender o autismo». Consultado em 19 de março de 2019 
  12. Autismo, Redação da Revista. «Revista Autismo faz parceria com Instituto Maurício de Sousa | Revista Autismo». Consultado em 19 de março de 2019 
  13. Mônica Villela Grayley. «ONU marca 1º Dia Mundial sobre Autismo». Rádio ONU 
  14. «Event Schedule 2011» (em inglês). Site oficial do WAAD - World Autism Awareness Day. março de 2011. Consultado em 20 de fevereiro de 2012. Arquivado do original em 24 de fevereiro de 2012 
  15. Paiva Junior (26 de fevereiro de 2010). «Eventos do Dia Mundial de Conscientização do Autismo 2011». Revista Autismo 
  16. Paulo Marcio Vaz (1 de abril de 2011). «Autistas iluminam Cristo Redentor de azul para cobrar mais atenção à causa». Jornal do Brasil 
  17. João Batista Jr. (6 de abril de 2011). «ONG Autismo & Realidade ilumina marcos da cidade de azul». Veja São Paulo 
  18. «2 de abril: Dia Mundial de Conscientização do Autismo». Conselho Nacional de Saúde. 1 de abril de 2011 
  19. «Teatro Amazonas será iluminado de azul para comemorar Conscientização do Autismo». Globo.com - Portal Amazonia.com. 27 de março de 2011 [ligação inativa]
  20. «Cristo Rei e Torre dos Clérigos assinalam dia Mundial do Autismo». Jornal de Notícias. 31 de março de 2011 
  21. «Dia Mundial do Autismo: Cristo-Rei e Clérigos iluminados de azul». PT Jornal. 1 de abril de 2011 [ligação inativa]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]