Rodan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Monstro da Toho
Rodan poster detail.jpg
Rodan
Espécie Pteranodonte gigante
Altura 50-100 metros
Envergadura 120-200 metros
Peso 15,000-30,000 toneladas
Maiores Inimigos Mothra

Gigan

Aliados Godzilla

Anguirus
Minilla
Baragon
Varan
Kumonga
Gorossauro
Manda
King Caesar

Controlado por Xiliens
Kilaaks
Primeira Aparição Rodan
Criado por Takeshi Kimura
Interpretado por Haruo Nakajima
Kōji Uruki
Masaki Shinohara
Teruo Aragaki
Naoko Kamio

Rodan(ラドン, Radon), é um kaiju,[1] um Pterossauro fictício criado pelos estúdios Toho.[2][3][4] Ele possui 50-100 metros de altura e pesa de 15 a 30 mil toneladas em sua primeira aparição, no caso, o filme Rodan de 1956.[2][3][4] Após sua aparição autônoma de estreia, Rodan passou a ser destaque em várias entradas na franquia Godzilla, incluindo Ghidorah, The Three-Headed Monster (1964), Invasion of Astro-Monster (1965), Destroy All Monsters (1968), Godzilla vs. Mechagodzilla II (1993) e Godzilla: Final Wars (2004), bem como no filme Godzilla II: Rei dos Monstros, produzido pela Legendary Pictures.

Visão geral[editar | editar código-fonte]

Nome[editar | editar código-fonte]

O nome japonês Radon é uma contração de Pte-ra-no-don. A grafia de Radon em japonês também corresponde ao nome de Ladon, o dragão que guardava as Hespérides na mitologia grega.

Foi alterado para Rodan para mercados de língua inglesa, a fim de evitar confusão com o elemento radônio. No entanto, em Godzilla vs Mechagodzilla II, a versão em inglês do filme usou o nome original Radon.

MonsterVerse (2019-)[editar | editar código-fonte]

Em 2014, a Legendary Pictures anunciou que havia adquirido os direitos de Rodan, Mothra e King Ghidorah da Toho para usar em seu MonsterVerse.

Rodan aparece em uma cena pós-créditos de Kong: Skull Island. Está nas pinturas rupestres que mostram ele, Mothra, Ghidorah e Godzilla na filmagem que é mostrada a James Conrad e Mason Weaver.

Uma chamada de elenco confirmou que Rodan, Mothra e King Ghidorah seriam apresentados em Godzilla II: King of the Monsters .  O marketing viral o descreve como um kaiju titânico com a estrutura esquelética de um Pteranodon e pele semelhante a magma servindo como armadura de placa. O site promocional do filme, Monarch Sciences, identifica a ilha fictícia de Isla de Mara, na costa leste do México como a localização de Rodan e o descreve como tendo 46,94 m de altura, um peso de 39.043 toneladas e uma envergadura de 265,48 m, tornando-o a versão mais curta do personagem, mas também a mais pesada e aquela com a maior envergadura; embora parte da estatura curta seja esta versão de Rodan sendo um quadrúpede como um pterossauro real, em oposição a um bípede ereto como as versões Toho. Ele também é considerado poderoso o suficiente para destruir cidades com trovões gerados por suas asas.

Em Godzilla II: King of the Monsters, o Coronel Alan Jonah usa a Dra. Emma Russell para fazer com que o dispositivo ORCA desperte Rodan do ramo mexicano da Monarch. Com Rodan acordado, os jatos da Monarch o levam a lutar contra Ghidorah, onde é derrotado. Depois que Godzilla é aparentemente morto pelo Destruidor de Oxigênio, Rodan se torna submisso a Ghidorah antes de ser derrotado por Mothra em Boston e então muda sua lealdade para Godzilla após Ghidorah ser derrotado, levando os outros Titãs a se curvarem a ele.

Referências

  1. Roberton, Josh (18 de maio de 2020). «The 15 Most Badass Kaiju Monsters of All Time». Complex (em inglês). Consultado em 4 de maio de 2020 
  2. a b Grebey, James (29 de maio de 2019). «Meet the Monster: The history of Rodan, Godzilla's best frenemy» (em inglês). Syfy Wire. Consultado em 4 de maio de 2020 
  3. a b Coletti, Caio (29 de maio de 2019). «King Ghidorah, Mothra e Rodan: Quem são os inimigos de Godzilla em "Rei dos Monstros"?». UOL. Consultado em 4 de maio de 2020 
  4. a b Barbosa, Matheus (25 de julho de 2018). «Descubra quem são os titãs de Godzilla II: Rei dos Monstros». Aficionados. Consultado em 4 de maio de 2020