Roger Garaudy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Dezembro de 2012). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Roger Garaudy
Nascimento 17 de julho de 1913
Marselha, França
Morte 13 de junho de 2012 (98 anos)
Paris, França
Nacionalidade França Francês
Ocupação Filósofo

Roger Garaudy (Marselha, 17 de julho de 1913 - Paris, 13 de junho de 2012) foi um filósofo francês de origem católica com cerca de 50 livros publicados nas áreas de religião e política. Integrou a resistência francesa contra o nazismo durante a Segunda Guerra Mundial, foi preso, aderiu ao partido comunista no pós-guerra e, mais tarde, abraçou o islamismo e a causa palestina. Foi deputado, por quatro vezes, e senador na França, todas pelo partido comunista francês, sendo expulso do PC, em 1970, por ter criticado a invasão soviética da Checoslováquia.

Por suas críticas contundentes ao sionismo e às políticas de Israel em relação aos palestinos foi acusado de ser "anti-semita" e foi processado na França por este motivo. Seu livro mais contundente sobre o tema é Les Mythes fondateurs de la politique israelienne (1996), publicado em inglês como The Founding Myths of Modern Israel. [1]

Em 1982 converteu-se ao islamismo.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Viagem solitária no meu século (Bertrand, 1990)

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. EUA, IHR, 2000.


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.