Rosa Montero

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade. (desde março de 2014)
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Rosa Montero
Rosa Montero (2014)
Nome completo Rosa Montero Gayo
Nascimento 3 de janeiro de 1951 (66 anos)
Madrid, Flag of Spain.svg Espanha
Prémios Prémio Qué Leer para Melhor livro publicado em Espanha (2005)

Prémio Nacional das Letras Espanholas (2017)

Género literário Romance, conto
Magnum opus A Louca da Casa
Página oficial
https://twitter.com/brunahusky

Rosa Montero Gayo (Madri, 3 de janeiro de 1951) é jornalista e escritora espanhola.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Detentora de uma consagrada carreira jornalística, trabalhando no jornal El País desde 1977, tendo realizado entrevistas célebres, Rosa Montero, começou a escrever na infância, quando sofreu de tuberculose.

Cursou filosofia e jornalismo.

Em 1979 publicou seu primeiro romance Crónica del desamor. Escreveu 27 livros desde então.

Desde que o marido morreu, Rosa Montero passa alguns meses por ano num condomínio em Cascais, Portugal.[1]

No Brasil, sete de seus livros foram publicados: Paixões, Histórias de Mulheres e Muitas Coisas que Perguntei e Algumas que Disse (todos de não-ficção), A Louca da casa, História do Rei Transparente, A Filha do Canibal e Instruções para Salvar o Mundo (romances).

Obras[editar | editar código-fonte]

  • España para ti para siempre (1976)
  • Crónica del desamor (1979)
  • La funcíon Delta (1981)
  • Doce relatos de mujer (1982)
  • Cinco años de país (1982)
  • Te trataré como a una reina (1983)
  • Amado amo (1988)
  • Temblor (1990)
  • Bella y oscura (1993)
  • El puñal en la garganta (1994)
  • La vida desnuda (1994)
  • Histórias de mulheres - no original Historias de mujeres (1995)
  • Entrevistas (1996)
  • La hija del caníbal (1997)
  • Las madres no lloran en Disneylandia (1998)
  • Amantes y enemigos (1998)
  • Paixões (1999)
  • El corazón del Tártaro (2001)
  • Cuentos del mar (2001)
  • Estampas bostonianas y otros viajes (2002)
  • A louca da casa - no original La loca de la casa (2003)
  • História do Rei Transparente - no original Historia del Rey Transparente (2005)
  • Instruções para Salvar o Mundo (2008)
  • Lágrimas na chuva - no original Lagrimas en La Lluvia (2011)
  • A ridícula ideia de não voltar a ver-te - no original La ridícula idea de no volver a verte (2013)
  • O Peso do Coração - no original El Peso del Corazón (2015)
  • La carne (2016)
Infanto-Juvenil
  • Las barbaridades de Bárbara (1996)
  • El viaje fantástico de Bárbara (1997)
  • Bárbara contra el doctor colmillos (1998)
  • El nido de los sueños (1991/2004)

Referências

  1. Revista Up, Julho de 2015.