San Holo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
San Holo
San Holo em 2018
Informação geral
Nome completo Sander van Dijck
Nascimento 26 de novembro de 1990 (30 anos)
Local de nascimento Zoetermeer,
Países Baixos
Gênero(s) future bass, trap
Período em atividade 2013–presente
Gravadora(s) Columbia Records, Heroic Recordings, Monstercat, Spinnin' Records, Bitbird, Owsla, Astralwerks, Counter Records
Afiliação(ões) Droeloe, Taska Black, James Vincent McMorrow, Porter Robinson, The Nicholas, Bipolar Sunshine, Ookay, Alison Wonderland, Broods, Grant, Yellow Claw, Jaron, What So Not, Flux Pavilion
Página oficial sanholo.com

Sander van Dijck (Zoetermeer, 26 de novembro de 1990), mais conhecido como San Holo, é um produtor musical e compositor neerlandês. É considerado um pioneiro do subgênero de música eletrônica conhecido como future bass, e seu estilo musical também já foi categorizado como trap. Seu primeiro sucesso foi o remix da canção "The Next Episode", de Dr. Dre, que atingiu mais de 80 milhões de visualizações em menos de dois anos no YouTube.

San Holo tocava em bandas com amigos e ensinava crianças a tocar guitarra; o próprio estudou o instrumento na universidade Codarts. Decidiu seguir produzindo canções para outros artistas sem levar crédito (conhecido como ghost producing), o que teve sucesso considerável, levando-o a seguir uma carreira solo. Sua carreira começou lançando os extended plays (EPs) Corellia e Demons em 2013.[a] Depois de lançar seu terceiro EP Cosmos em 2014, a Walt Disney Pictures ameaçou processar San Holo por seu nome artístico ser muito parecido com Han Solo, personagem de Star Wars.

Entre 2015 e 2016, San Holo lançou músicas e EPs em gravadoras como Owsla, Spinnin' Records e Monstercat. Em 22 de novembro de 2016, foi lançado "Light" através de sua própria gravadora independente, a Bitbird, tendo um grande sucesso comercial; foi certificado com um disco de ouro nos Estados Unidos e no Canadá. Dois anos depois, ele lançou seu álbum de estreia, Album1, que atingiu a sétima posição na Dance/Electronic Albums da Billboard e venceu no Edison Pop Awards de 2019 como o melhor álbum de dance e no International Dance Music Awards do mesmo ano como o melhor álbum de música eletrônica. Seu segundo álbum de estúdio, Bb U OK?, foi lançado em 4 de junho de 2021.

Infância e antecedentes[editar | editar código-fonte]

Sander van Dijck nasceu em Zoetermeer,[5] em 26 de novembro de 1990.[6] Na escola, ele gostava de matérias como linguagens.[7] Foi o primeiro da família a se interessar por algum instrumento; seu pai trabalha com construção e sua mãe com administração.[8] O primeiro compact disc que ele comprou foi o da canção "(You Drive Me) Crazy", de Britney Spears, aos seis ou sete anos.[9] Mais tarde, quando começou a se interessar por rock, comprou seu primeiro álbum, Chocolate Starfish and the Hot Dog Flavored Water, de Limp Bizkit.[10] Seu pai sempre ouvia Red Hot Chili Peppers, o que fez desta uma das bandas favoritas de van Dijck.[11]

van Dijck toca guitarra desde os 13 anos,[12] e estudou este instrumento e produção musical na Codarts Rotterdam.[13] Ele ensinava crianças a tocar guitarra e tocava em bandas; segundo o próprio, ele já tocou em seis ou sete bandas.[14] No entanto, passou a perder interesse em tocar o instrumento em bandas, que eventualmente se separavam por causa de divergências de opiniões.[12] Então, ele começou a fazer ghost producing,[14] que é quando um produtor produz uma canção para outro sem levar o crédito.[15] Sua produção teve um considerável sucesso comercial, o que o levou a considerar uma carreira solo,[14] começando a estudar os digital audio workstations (DAW) Ableton Live e Logic Pro.[16] Antes de San Holo, ele tinha o projeto Casilofi, que foi sua primeira experiência gravando música.[17] Sobre seu nome artístico atual, ele explicou:[18]

Carreira[editar | editar código-fonte]

2013–2014: Cease and desist e remix de "The Next Episode"[editar | editar código-fonte]

Estamos chocados com esses procedimentos, que são realmente lamentáveis para Sander (San Holo). Deveria ser claro que ele escolheu seu nome por seu amor pela franquia Star Wars, então interpretá-lo da maneira oposta é simplesmente loucura. Amamos seu último lançamento e esperamos que isso não obstrua seu sucesso como artista.

—Heroic Recordings, gravadora de San Holo na época, sobre o processo da Walt Disney Pictures.[19]

No início de 2013, San Holo lançou seu primeiro EP, Corellia.[20][a] Em outubro, ele lançou seu segundo EP, Demons.[21][a] Em meados desse ano, fundou, com o amigo de infância Thorwald van den Akker, a gravadora independente Bitbird, que lançou seu primeiro single no ano seguinte.[3] Seu terceiro EP, Cosmos, foi lançado em 18 de setembro de 2014, através da Heroic Recordings.[22][23][24] Um dia depois, San Holo publicou em seu Twitter que ele havia recebido uma carta da Walt Disney Pictures.[19][25] A empresa moveu um cease and desist contra o músico, com uma taxa estimada de cinco a dez milhões de dólares caso a infração continuasse,[19][26] por seu nome artístico, San Holo, fazer referência a Han Solo, personagem de Star Wars.[19][27]

Em 20 de outubro, a Trap Nation lançou o remix de "The Next Episode", do Dr. Dre.[28] Em menos de dois anos, atingiu mais de 80 milhões de visualizações no YouTube,[26] e tinha mais de 240 milhões até março de 2021.[28] Foi descrito como um "game-changer completo" pelo site de música eletrônica We Rave You,[29] e o site Ones to Watch disse que o remix "catapultou [San Holo] para o centro das atenções".[30] O músico também lançou remixes de outras canções de hip hop, que fizeram parte de sua série "Don't Touch The Classics" assim como o remix de "The Next Episode",[26] incluindo "In da Club", de 50 Cent, "Ms. Jackson", de Outkast e "Song 2", de Blur.[31][b]

2015–2016: Victory, New Sky e "Light"[editar | editar código-fonte]

Antigo logotipo de San Holo

Em fevereiro de 2015, San Holo lançou "We Rise" por meio da NEST.[33] Até março de 2021, o single tinha mais de 115 milhões de visualizações no YouTube,[34] e teve reconhecimento de Skrillex.[2][3] Em 28 de abril de 2015, a Monstercat carregou um vídeo teaser em seu canal do YouTube intitulado "Victory", com a descrição dizendo "IV-V".[35] Isto era uma dica; fãs decifraram "IV-V" como a data 4 de maio, o Dia de Star Wars. Isto foi posteriormente conectado ao personagem Han Solo e, então, a San Holo.[36] Na data prevista, a Monstercat lançou o single "Victory" para promover o EP de mesmo nome, anunciando sua data de lançamento para o dia 25.[37] Além de "Victory", uma outra canção do álbum, "Hold Fast", também foi incluída no álbum de compilação Monstercat 022 – Contact.[38] Em 20 de agosto, San Holo lançou um teaser para o single "Imissu", com Father Dude, que foi posteriormente lançado em 4 de setembro através da Spinnin' Records.[39][40] Em 2 de outubro, ele lançou um remix da canção de Porter Robinson "Natural Light", como parte de Worlds Remixed.[41] O remix foi feito em um dia.[16]

Holo na Open Beatz 2016

Em 26 de janeiro de 2016, San Holo lançou "Alright", com Yellow Claw, por meio da Owsla.[42] No dia 24 do mês seguinte, foi anunciado o lançamento de um novo EP, New Sky, em seu Twitter.[43] A canção título foi lançada no dia 1 de março através do canal Trap Nation.[44] O lançamento do EP foi concluído com "They Just Haven't Seen It", com participação especial de The Nicholas, dez dias depois. Foi lançado também um videoclipe dirigido por Teemong para a faixa.[45] Esta canção foi posteriormente incluída em dois álbuns: Monstercat 026 - Resistance e Monstercat - Best of 2016, enquanto "New Sky" foi incluída apenas no primeiro.[46][47] Holo anunciou no mesmo dia a turnê New Sky Tour na América do Norte, apresentada pela Trap Nation.[48] No dia 1 de junho, o Twitter oficial da gravadora independente Bitbird anunciou o lançamento de uma nova canção, "Still Looking", de San Holo, que seria o primeiro de uma próxima compilação da gravadora, Gouldian Finch.[49] Foi posteriormente lançada como um single de download gratuito seis dias depois.[50][51][52]

Em 5 de junho, San Holo fez o premiere da canção "Raw", que apareceu como a trilha sonora dos créditos do episódio 7 da 3.ª temporada da série de comédia estadunidense Silicon Valley.[53][54] Foi totalmente lançada no dia 19 do mês seguinte.[55] Em 22 de novembro, foi lançado o single "Light", através da Bitbird, que estreou em 38.º na Billboard Hot Dance/Electronic Songs na semana de 17 de dezembro.[56] Na semana seguinte, ele obteve os maiores ganhos no gráfico, subindo doze posições.[57] Na semana seguinte, a canção subiu para o 19.º lugar.[58] Em 21 de abril de 2018, "Light" ultrapassou 100 milhões de streams no Spotify[59] e, mais tarde, chegou a receber um disco de ouro pela RIAA[60] e pela Music Canada.[61] Ellie Mullins escreveu para o We Rave You que, com "Light", San Holo "conseguiu criar uma das faixas mais populares e bem-sucedidas da história do EDM moderno, e sua popularidade não vai morrer tão cedo."[3] O site EDM.com classificou "Light" como uma das 10 melhores canções de future bass da década,[62] e o site Dancing Astronaut classificou "Light" como uma das 100 melhores canções da década.[63]

2017–2018: Album1 e Casilofi[editar | editar código-fonte]

Novo logotipo de San Holo

Em 25 de abril de 2017, San Holo lançou uma versão acústica de "We Rise".[64] Dois meses depois, em 30 de junho, ele lançou "The Future", com James Vincent McMorrow.[65] Em 12 de setembro, San Holo lançou seu segundo single de 2017, "I Still See Your Face".[66][67][68] Esta foi a primeira vez que ele incluiu suas próprias vocais em alguma canção.[69] Foi anunciado também o lançamento de uma nova coletânea da gravadora, Gouldian Finch 2, com "I Still See Your Face" sendo a primeira faixa. Ela foi posteriormente lançada no dia 5 de outubro.[66][67][68] Seu último single do ano foi sua canção "One Thing", que foi lançado em 17 de novembro com um vídeo lírico.[70] Antes de seu lançamento, a canção já tinha sido apresentada num show em Boston.[71] A parte final de 2017 para San Holo foi seu EP The Trip, que foi lançado em 26 de dezembro.[72]

Em 26 de julho de 2018, San Holo lançou um vídeo anunciando seu álbum de estreia, intitulado Album1,[73] anunciando uma turnê pouco tempo depois.[4] No dia 2 de agosto, ele lançou um single duplo de seu álbum na Bitbird, "Worthy / Lift Me From The Ground".[74] "Lift Me From The Ground" estreou em 42.º na Billboard Hot Dance/Electronic Songs na semana de 18 de agosto de 2018.[75] No dia 31, outro single do álbum foi lançado, "Brighter Days", com o cantor Bipolar Sunshine,[76] juntamente com um vídeo lírico oficial para a faixa.[77] Pré-encomendas de Album1 foram abertas em 7 de setembro, juntamente com o anúncio de que o álbum seria lançado 14 dias depois em seu Twitter oficial.[78] Pouco antes de seu lançamento, três singles de Album1 foram lançados: "Forever Free", com Duskus, no dia 14 de setembro,[79] "Surface", com a banda de pós-rock Caspian e vocais não creditadas de Makedaze três dias depois,[80][81] e "Voices In My Head", com The Nicholas, no dia 19.[82]

Album1 estreou em 7.º lugar na Billboard Dance/Electronic Albums na semana de 6 de outubro.[83] Simultaneamente, três canções de Album1 entraram na Dance/Electronic Songs na mesma semana: "Lift Me From The Ground" entrou novamente em 39.º, enquanto "Show Me" e "Brighter Days" entraram em 42.º e 49.º, respectivamente.[84] Em 28 de dezembro, San Holo anunciou o "renascimento" de Casilofi, seu primeiro projeto musical antes de San Holo. Foi lançado então o EP Create, Create, Create, que consiste de quatro faixas lançadas e remasterizadas do projeto original.[85][86][87]

2019–2020: Stay Vibrant[editar | editar código-fonte]

San Holo apresentando "Fly" na Pinkpop 2019

Em 22 de fevereiro de 2019, foi lançado o single "Lead Me Back", "a canção mais pessoal que eu já escrevi", segundo o próprio.[88] Em 13 de junho, San Holo lançou "Lost Lately".[89] Em 28 de setembro, pouco mais de um ano após o lançamento de Album1, San Holo lançou Album1 (Commentary), um álbum onde ele fala sobre seus pensamentos em relação a cada single do álbum original.[90] No dia 17 de dezembro, San Holo anunciou em seu Twitter o lançamento de um álbum de remixes, Album1 (A Lot Of Remixes),[91] que foi então lançado três dias depois.[92] No dia 22 de janeiro do ano seguinte, San Holo anunciou o lançamento do single "Honest", com participação especial da dupla Broods, em seu Twitter,[93][94] que foi posteriormente lançado no dia 31 do mesmo mês.[95][96][97] Em 18 de março, ele participou do primeiro evento virtual da Bitbird, com Underscores, Tails, Taska Black, Droeloe e Rome in Silver.[98]

A partir do dia 27 do mesmo mês, com "(If Only I Could) Hold You", San Holo começou a postar novos singles toda semana para uma nova coleção musical, chamada Stay Vibrant, devido a "esses tempos estranhos".[99][100] Mais singles da coleção começaram a ser lançados: "Don't Forget To Breathe Today", no dia 6 de abril,[101][102] "In The End I Just Want You To Be Happy", no dia 12,[103][104] "Idk Anything (Demo)", no dia 22,[105][106] "In Case I Never See You Again...", com participação especial de Analogue Dear, no dia 28,[107][108] "We're All Just On Our Way Home", com participação especial de Luwten, no dia 4 de maio,[109][110] e "Staring At The Sea Without You Next To Me", com participação especial de ILIVEHERE., no dia 11.[111][112] Holo disse que essa não é a canção final, e que o plano é continuar expandindo a "playlist" por anos.[113] No dia 9 de maio, ele participou do evento virtual de Porter Robinson, Secret Sky.[114] Em 17 de outubro, San Holo publicou em seu Twitter uma versão acústica de "I Can't Stop", de Flux Pavilion, em comemoração ao décimo aniversário de lançamento desta canção.[115][116][117]

Em 5 de novembro, San Holo anunciou uma pausa de suas redes sociais,[118] como uma forma de "limpar sua mente e viver mais no momento".[119] Quinze dias depois, Herobust lançou a canção "Remember", com o músico na guitarra.[120] Em seu aniversário, no dia 26, anunciou uma nova canção, "BB U OK?", lançada no dia primeiro do mês seguinte[119][121] através da Counter Records, fazendo deste seu primeiro lançamento na gravadora.[122] Segundo o mesmo, o lançamento começou "um novo capítulo" em sua carreira.[123] No dia 16, San Holo e What So Not participaram da série Beat Smash, sendo os competidores finais desta. Beat Smash é uma "competição amigável" que oferece "um ambiente divertido e lúdico" para artistas tocarem suas próprias músicas ou remixes, já lançados ou não, bem como para comporem novas músicas em tempo real.[124] O site EDM.com disse que a participação da dupla fez com que este fosse "o maior episódio de Beat Smash desde o seu início."[125] No dia 22 de dezembro, San Holo lançou um remix não oficial de "Last Christmas", de Wham!.[126][127] Holo finalizou o ano com o show transmitido ao vivo no YouTube "Goodbye 2020", seis dias depois.[128]

2021–presente: BB U OK?[editar | editar código-fonte]

No dia 27 de janeiro de 2021, ele publicou em seu Twitter que, no dia 3 de fevereiro, aconteceria o "maior anúncio da história de San Holo". Dois dias depois, ele publicou um vídeo teaser onde tocava diferentes instrumentos, o que levou fãs a especular que o novo anúncio seria possivelmente um novo álbum ou set.[129] O site japonês iFLYER notou também que o teaser apresentava cores semelhantes à capa de "BB U OK?", então, o anúncio poderia ter relação à canção.[130] As especulações estavam corretas: foi anunciado o segundo álbum de estúdio de San Holo, intitulado BB U OK?, inicialmente com uma data de lançamento de 21 de maio através da Bitbird e da Counter Records, contendo vinte faixas. Um single do álbum também foi lançado no mesmo dia, "Find Your Way", com participação especial de Bipolar Sunshine. San Holo explicou como foi escrever o álbum:[131][132]

Em 10 de março, mais um single do álbum foi lançado, "It Hurts!", com participação de Goslo e The Nicholas (não creditados).[133] A canção se tornou popular no TikTok.[134] Um single duplo foi liberado em 14 de abril: "Black and White / My Fault". Segundo San Holo, "My Fault" é a canção mais pessoal que ele já escreveu, e foi a primeira a ser escrita para o álbum.[134] No dia 6 de maio, San Holo anunciou em seu Twitter que, devido a problemas técnicos, o lançamento do álbum foi adiado para 4 de junho.[135][136] No dia 22 de maio, ele lançou "You've Changed, I've Changed", com Chet Porter.[137] Dois dias depois, anunciou uma turnê norte-americana para promover o álbum.[138]

Estilo musical[editar | editar código-fonte]

Trecho do remix de Holo de "The Next Episode", de Dr. Dre, lançado em 2014. Esta canção, categorizada como trap,[29] aumentou a popularidade do artista.[30]

"Lost Lately" (2019) é uma canção com influências indie e baseada em guitarra, "completa com uma batida rápida e cativante."[89]

Problemas para escutar estes arquivos? Veja a ajuda.

San Holo declarou que sua "essência" é tocar guitarras e em bandas: "[É] de onde vêm todas as minhas músicas e ideias enquanto toco um instrumento". Ele também criava batidas de hip hop com amigos, o que teve "uma influência duradoura em seu estilo".[16] Tocar guitarras também teve influência, com o artista dizendo que que a maioria de suas canções começam no instrumento.[139] Além disso, o artista citou música clássica como um elemento que "expande [sua] visão e mente".[140] Suas primeiras criações eram músicas experimentais nos DAWs Ableton e Logic, mas San Holo eventualmente passou a se interessar por bass music. Ele incorpora diferentes subgêneros em sua música, criando seu próprio estilo: "posso fazer o gênero que quiser, contanto que tenha meu próprio som [...] Posso fazer qualquer BPM que quiser [...] desde que tenha meu próprio universo musical e as pessoas reconheçam de qualquer jeito." Além disso, o mesmo declara que sua música "é sobre tocar as pessoas" e que não tenta fazer música dance, mas sim música emocional.[16]

Suas influências artísticas são variadas.[141] Segundo ele, seu pai era fã de Red Hot Chili Peppers e, consequentemente, a banda se tornou uma das favoritas de San Holo.[11] Ao A Tribuna, ele disse: "Ouvia bandas como Limp Bizkit e blink-182, mas acho que a maior influência quando comecei a tocar guitarra foi o Red Hot Chili Peppers. Comecei a tocar quando tinha 13 anos e a primeira coisa que aprendi foi uma música deles".[139] Ele disse que "ama Kanye West" como um artista, dizendo: "Eu realmente aprecio o que ele está fazendo. Ele está realmente ultrapassando os limites e é isso que estou tentando fazer também. Estou tentando encontrar coisas novas, tentando trazer coisas novas para a cena."[16] Em entrevista ao RTL Today, questionado sobre suas influências, San Holo disse que essa era uma questão difícil de responder, já que "seria uma vergonha para mim dizer esse e aquele artista quando há muito mais". Ele citou bandas de post-rock como Sigur Rós a compositores clássicos como Maurice Ravel e Claude Debussy, além de pintores, skatistas e atletas. No entanto, ele acabou por dizer que a "estranheza da vida" foi sua principal inspiração.[141] Em sua adolescência, San Holo tinha uma banda de punk rock. A transição para a música eletrônica ocorreu pois ele queria "independência".[139] Quando ele parou de fazer ghost producing, ele criou um projeto influenciado pelo trap e house melódico.[31]

Naquela época, não era chamado de future bass, era apenas música legal, [mas] meio que ficou tão saturado com produtores fazendo a mesma coisa [...] e foi aí que realmente começou a vir o future bass como gênero. E foi aí também que decidi que não queria mais estar neste gênero.

—San Holo ao Daily Emerald.[143]

A maioria das fontes caracterizam o gênero musical de San Holo como future bass,[A] enquanto outras o caracterizam como trap,[B] mas ele se descreve como "um artista verdadeiramente inovador com um som que mistura indie e electronic dance music (EDM)". Ele não gosta de ser chamado de um artista de future bass, chamando o gênero de "saturado" ao Daily Emerald,[143] mesmo que seja considerado um dos pioneiros desse gênero.[30][144] San Holo passou a incorporar mais elementos de guitarra em suas produções a partir de 2017,[143] habilidade que "chama a atenção" segundo A Tribuna.[139] O artista questiona se sua música atual poderia ser caracterizada como future bass. Ao Stereofox, ele disse: "Acho que definitivamente fiz parte do reino do future bass desde o início, quando comecei San Holo, mas não gosto de me limitar a um gênero em particular e acho que minha música evoluiu muito desde então. Eu gosto de misturar as coisas e ver o quão longe posso ultrapassar os limites dos gêneros".[144]

Comunidade[editar | editar código-fonte]

San Holo percentage boost logo.png

No EDC Las Vegas de 2019, San Holo falou para a plateia continuar vibrante (tradução literal de "stay vibrant"). A partir daí, ele começou a incorporar a frase a sua marca e a seu estilo de vida. Os fãs são encorajados a colocar em seu nome no Twitter uma porcentagem do quão abençoado eles estão, pois essa seria uma forma de espalhar energias positivas.[148][149][150] De acordo com essa "filosofia", o símbolo ↑% representa um "impulso percentual".[150] A frase é uma tendência na comunidade de fãs de San Holo. Ele comentou: "Quando tento expressar o que realmente sinto, as palavras raramente parecem capturar a essência. [...] Usar a porcentagem parece ser a maneira perfeita de expressar como me sinto sem colocar em palavras."[107]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Em 2017, San Holo foi indicado no Electronic Music Awards à categoria "Novo Artista do Ano".[151][152] Dois anos depois, venceu a categoria de melhor álbum de dance no Edison Pop, que é considerado o Grammy neerlandês, por seu álbum de estreia.[153][154] Ainda em 2019, venceu o International Dance Music Awards nas categorias "Artista Revelação do Ano" e "Melhor Álbum de Eletrônica", novamente por Album1, e foi indicado à categoria "Melhor Artista Masculino (Baixo).[155][156] Outros prêmios encontram-se em Lista de prêmios e indicações recebidos por San Holo.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Discografia de San Holo

Notas[editar | editar código-fonte]

De conteúdo
  1. a b c Os lançamentos Corellia e Demons são frequentemente ignorados pela mídia, inclusive pelo próprio artista[1] e sua gravadora na época, a Heroic Recordings,[2] citando Cosmos como o primeiro.[3][4]
  2. Esses remixes foram removidos das contas oficiais de San Holo em outubro de 2015 por motivos de direitos autorais.[32]
De fontes
  1. Fontes que descrevem o estilo musical de Holo como future bass.[16][30][62][139][144][133][145][143][146][147]
  2. Fontes que descrevem o estilo musical de Holo como trap.[29][139][143][146][140]
De estilização
  • Album1, Album1 (Commentary), Album1 (A Lot Of Remixes), Stay Vibrant e suas canções são estilizadas em caixa baixa.
  • "Imissu", "Raw" e "It Hurts!" são estilizados em caixa alta.
  • "BB U OK?" e "Find Your Way" são estilizados em caixa baixa.

Referências

  1. «Introducing: San Holo». PILERATS. Consultado em 10 de fevereiro de 2021. I've recently released my debut EP COSMOS on Heroic Recordings. 
  2. a b «San Holo Management». Heroic Music Group (em inglês). 22 de novembro de 2018. Consultado em 10 de fevereiro de 2021. He released his debut EP "COSMOS" on Heroic 
  3. a b c d Mullins, Ellie (22 de agosto de 2019). «Analysing San Holo's career so far». We Rave You (em inglês). Consultado em 20 de agosto de 2020. Cópia arquivada em 1 de novembro de 2020 
  4. a b Gilmore, Grant (31 de julho de 2018). «San Holo to Embark on the Album1 Tour This Fall!». EDM Identity (em inglês). Consultado em 10 de fevereiro de 2021 
  5. Entrevista de Antonia Künzel (16 de junho de 2017). «San Holo». 1883Magazine (em inglês). Consultado em 17 de agosto de 2020. Arquivado do original em 18 de janeiro de 2019 
  6. Sander van Dijck [@sanholobeats] (26 de novembro de 2019). «i just turned 29» (Tweet). Consultado em 14 de fevereiro de 2021 – via Twitter 
  7. Engel 2017, 3:02—3:10
  8. Engel 2017, 4:52—5:12
  9. Engel 2017, 5:24—5:37
  10. Engel 2017, 6:00—6:10
  11. a b Engel 2017, 6:19—6:26
  12. a b Shelp, Malik (17 de dezembro de 2018). «Exclusive Interview with San Holo: From "bitbird" to "album1"». Rave Jungle (em inglês). Consultado em 19 de dezembro de 2020 
  13. «Pop Alumni». Codarts (em inglês). Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  14. a b c Viz, Nicole (29 de junho de 2016). «San Holo Talks Life, Music & Business With Your EDM's Live Stream Team». Your EDM (em inglês). Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  15. Ireland, David (25 de setembro de 2015). «What Exactly Does "Ghost Producer" Mean?». Magnetic Magazine (em inglês). Consultado em 5 de agosto de 2019 
  16. a b c d e f «Discussing Bass Music With San Holo (Exclusive Interview)». We Rave You (em inglês). 31 de março de 2016. Consultado em 3 de fevereiro de 2021 
  17. Engel 2017, 8:14—8:29
  18. «Interview with San Holo». The Tartan. Consultado em 20 de dezembro de 2020 
  19. a b c d Marno, Kyle (19 de setembro de 2014). «Disney Files Lawsuit Against 23 Year Old Producer San Holo». Soundspace (em inglês). Consultado em 23 de outubro de 2020 
  20. «Corellia - EP by San Holo». Spotify 
  21. «Demons by San Holo». Spotify 
  22. «Cosmos (feat. The Nicholas) - EP by San Holo on Apple Music». iTunes 
  23. Waggoner, Sam (28 de outubro de 2014). «Too Future Guest Mix 008: San Holo». Run The Trap (em inglês). Consultado em 18 de agosto de 2019 
  24. «San Holo». Thekla Bristol (em inglês). Consultado em 23 de outubro de 2020 
  25. «Den Haag FM  » Disney dreigt met rechtszaak tegen Haagse producer San Holo». Den Haag FM 
  26. a b c «San Holo is Ready For the Next Episode». HYPEBEAST. Consultado em 23 de outubro de 2020 
  27. «San Holo vs. Han Solo». CCProof (em neerlandês). Consultado em 23 de outubro de 2020 
  28. a b Dr. Dre - The Next Episode (San Holo Remix). Trap Nation (em inglês). 20 de outubro de 2014. Consultado em 1 de abril de 2021 
  29. a b c Jeske, Olivier (23 de agosto de 2020). «50 legendary trap songs of all time (Part 4)». We Rave You (em inglês). Consultado em 17 de dezembro de 2020 
  30. a b c d e Kraus, Eden (15 de agosto de 2018). «Q&A: San Holo Talks Upcoming Album, Evolving Sound, & His Favorite Moments as a DJ». Ones To Watch (em inglês). Consultado em 20 de dezembro de 2020 
  31. a b «Sorry, Princess, San Holo Is Doing Things His Own Way» (em inglês). Consultado em 30 de março de 2021 
  32. @sanholobeats (9 de outubro de 2015). «Deleting all 'Don't Touch The Classics' remixes from soundcloud. Don't wanna lose my account due to copyright shit.» (Tweet) – via Twitter 
  33. «San Holo drops 'We Rise' on Skrillex's label». UNDR Ctrl (em inglês). 24 de fevereiro de 2015. Consultado em 15 de outubro de 2019 
  34. San Holo - We Rise. Trap Nation (em inglês). 27 de fevereiro de 2015. Consultado em 1 de abril de 2021 
  35. Monstercat: Uncaged, Victory, consultado em 7 de janeiro de 2019 
  36. Meadow, Matthew (5 de maio de 2015). «San Holo - Victory [Monstercat]». Your EDM (em inglês). Consultado em 7 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 3 de dezembro de 2017 
  37. Reis, Sean (7 de maio de 2015). «San Holo Joins the Monstercat Family with 'Victory' EP». EDM Sauce (em inglês). Consultado em 6 de janeiro de 2019 
  38. «Monstercat 022 - Contact [Compilation] | Run The Trap». Run The Trap (em inglês). 6 de junho de 2015. Consultado em 7 de janeiro de 2019 
  39. «San Holo - IMISSU». UNDR ctrl (em inglês). Consultado em 29 de dezembro de 2020 
  40. Records, Spinnin'. «San Holo - IMISSU». Spinnin' Records (em inglês). Consultado em 29 de dezembro de 2020 
  41. PorterRobinsonVEVO (2 de outubro de 2015), Porter Robinson - Natural Light (San Holo Remix / Audio), consultado em 7 de agosto de 2016 
  42. «San Holo x Yellow Claw - Alright [OWSLA]». Your EDM (em inglês). 25 de janeiro de 2016. Consultado em 4 de agosto de 2020 
  43. Sander van Dijck [@sanholobeats] (24 de fevereiro de 2016). «New Sky EP. Dropping march 11th @Monstercat . Really excited to show you my new music :)» (Tweet). Consultado em 3 de setembro de 2020 – via Twitter 
  44. Fleury, Landon (1 de março de 2016). «San Holo - New Sky [Monstercat]». Your EDM (em inglês). Consultado em 3 de setembro de 2020 
  45. Nguyen, Khoi (29 de março de 2016). «San Holo Drops EP "New Sky" via Monstercat». Relentless Beats (em inglês). Consultado em 3 de setembro de 2020 
  46. «Monstercat 026 - Resistance». Monstercat. Consultado em 3 de setembro de 2020 
  47. «Monstercat - Best of 2016». Monstercat. Consultado em 3 de setembro de 2020 
  48. «San Holo Announces 'New Sky Tour' Of North America». Frontview Magazine. 11 de fevereiro de 2016. Consultado em 2 de novembro de 2020 
  49. @bitbird (1 de junho de 2018). «The first single of our Gouldian Finch compilation is dropping June 7th! "Still Looking" by @sanholobeats! <3» (Tweet). Consultado em 20 de outubro de 2020 – via Twitter 
  50. Rubinstein, Peter (7 de junho de 2016). «San Holo - Still Looking [bitbird] (Free DL)». Your EDM (em inglês). Consultado em 20 de outubro de 2020 
  51. «EXCLUSIVE: San Holo Kick-Starts bitbird Recognition with 1st Compilation Single, "Still Looking"». HYPEBEAST. Consultado em 20 de outubro de 2020 
  52. Tharaldsen, Martin (12 de junho de 2016). «San Holo – Still Looking». We Rave You (em inglês). Consultado em 20 de outubro de 2020 
  53. Beer, Nathan. «San Holo's Silicon Valley-Featured "RAW" Gets VIP». NEST HQ (em inglês). Consultado em 5 de agosto de 2019. Arquivado do original em 13 de fevereiro de 2017 
  54. Austin, Grant (20 de agosto de 2016). «San Holo - RAW». By The Wavs (em inglês). Consultado em 17 de outubro de 2019 
  55. «"Raw" from Raw - Single by San Holo on Apple Music». iTunes 
  56. «EDM Music & Dance Songs Chart». Billboard (em inglês). Consultado em 15 de outubro de 2019 
  57. «EDM Music & Dance Songs Chart». Billboard (em inglês). Consultado em 15 de outubro de 2019 
  58. «EDM Music & Dance Songs Chart». Billboard (em inglês). Consultado em 15 de outubro de 2019 
  59. Schmidt, Sean (22 de abril de 2018). «San Holo Just Hit 100 Million Streams For The First Time With This Iconic Track». RIVER BEATS (em inglês). Consultado em 17 de agosto de 2020. Cópia arquivada em 1 de novembro de 2020 
  60. «Gold & Platinum - RIAA». Consultado em 5 de outubro de 2019 
  61. «Gold/Platinum». Consultado em 5 de outubro de 2019 
  62. a b Baker, Brian. «10 of the Best Future Bass Songs of the EDM Decade». EDM.com (em inglês). Consultado em 23 de janeiro de 2020. Cópia arquivada em 12 de fevereiro de 2020 
  63. Bagshaw, Bella; Narozniak, Rachel; Stack, Chris; Mao, Jessica; Sweeney, Farrell (6 de janeiro de 2020). «Dancing Astronaut's Top 100 Songs of the Decade». Dancing Astronaut (em inglês). Consultado em 23 de janeiro de 2020. Cópia arquivada em 7 de janeiro de 2020 
  64. «San Holo - We Rise (Acoustic Version)». Dancing Astronaut (em inglês) 
  65. «Glimpse 'The Future' of Genre-Blending With San Holo, James Vincent McMorrow: Listen». Billboard (em inglês) 
  66. a b «San Holo Dances Through the Sads on 'I Still See Your Face,' Announces 22-Track Bitbird Compilation: Exclusive». Billboard (em inglês). Prometheus Global Media, LLC. 11 de setembro de 2017. Consultado em 23 de maio de 2020 
  67. a b Chung, Max (11 de setembro de 2017). «San Holo Drops Catchy Single, 'I Still See Your Face'». Run The Trap (em inglês). Consultado em 23 de maio de 2020 
  68. a b Powell, Karlie (11 de setembro de 2017). «San Holo Lends His Own Voice To His Incredible New Production "I Still See Your Face" [LISTEN]». Your EDM. Consultado em 21 de agosto de 2020 
  69. Bonavoglia, Brian (12 de setembro de 2017). «San Holo Returns With Colorful New Single, "I Still See Your Face"». DJ Times (em inglês). Consultado em 21 de agosto de 2020 
  70. «San Holo Releases His Latest Single "One Thing"». Run The Trap (em inglês). 18 de novembro de 2017. Consultado em 5 de fevereiro de 2021 
  71. «San Holo Drops Gorgeous New Unreleased Single Ahead of Friday Release». Your EDM (em inglês). 14 de novembro de 2017. Consultado em 5 de fevereiro de 2021 
  72. Utterback, Drew (27 de dezembro de 2017). «San Holo Releases Heartfelt EP, 'The Trip' [Free Download]». EDM Identity (em inglês). Consultado em 13 de outubro de 2019 
  73. SAN HOLO (26 de julho de 2018). San Holo - Album1 coming soon 
  74. Bein, Kat (2 de agosto de 2018). «San Holo Finds a New Voice on 'Album1,' Shares First Singles: Exclusive». Billboard 
  75. «EDM Music & Dance Songs Chart». Billboard (em inglês). Consultado em 15 de outubro de 2019 
  76. «San Holo Releases Third Song From Debut Album, "brighter days," With Bipolar Sunshine». Your EDM. 31 de agosto de 2018 
  77. «Check out San Holo's Airbnb studio in new 'brighter days' lyric video with Bipolar Sunshine». MinimalSounds (em inglês). 6 de setembro de 2018. Consultado em 17 de outubro de 2020 
  78. «San Holo Reveals Tracklist & Release Date for Debut Album, 'album1'». Your EDM (em inglês). 8 de setembro de 2018. Consultado em 3 de fevereiro de 2021 
  79. «San Holo Gears Up For Debut Album with New Song & Mini Mix Full of IDs [WATCH]». Your EDM 
  80. «San Holo shares epic and emotive new Caspian collab, 'Surface,' from upcoming debut LP». Dancing Astronaut 
  81. «San Holo Continues To Drop Hits With 'surface'». Your EDM 
  82. «San Holo Reunites With The Nicholas On Vibrant New Album Single "voices in my head"». This Song Is Sick 
  83. «San Holo Album1 Chart History». Billboard (em inglês). Consultado em 15 de outubro de 2019 
  84. «Hot Dance/Electronic Songs na semana de 6 de outubro de 2018». Billboard. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  85. «San Holo Drops Dreamy Debut EP As His First-Ever Artist Project, Casilofi». Your EDM. 28 de dezembro de 2018 
  86. Stone, Katie (29 de dezembro de 2018). «San Holo Takes Us Back To The Beginning with Debut EP, Casilofi». EDM (em inglês). Consultado em 27 de outubro de 2019 
  87. «De volta às origens: escute o EP do primeiro projeto de San Holo». Phouse. 14 de janeiro de 2019. Consultado em 14 de outubro de 2019 
  88. Bain, Katie (22 de fevereiro de 2019). «San Holo Explores Love & Heartbreak on New Single 'Lead Me Back'». Billboard (em inglês). Consultado em 27 de outubro de 2019 
  89. a b Karakolis, Konstantinos (13 de junho de 2019). «San Holo Releases Introspective Single "Lost Lately"». EDM (em inglês). Consultado em 27 de outubro de 2019 
  90. Rahme, Madeline (28 de setembro de 2019). «San Holo's 'album1 (commentary)' gives listeners an inside look at the production and meaning behind his debut album, 'album1'.». EDM Movement (em inglês). Consultado em 27 de outubro de 2019 
  91. Sander van Dijck [@sanholobeats] (20 de dezembro de 2019). «album1 remix album out THIS FRIDAY 12/20!» (Tweet) – via Twitter 
  92. Pedrosa, Pedro (20 de dezembro de 2019). «album1 got redesigned and 'a lot of remixes' just came out!». Wide Future (em inglês). Consultado em 21 de dezembro de 2019 
  93. Meadow, Matthew (25 de janeiro de 2020). «San Holo Announces New Music With Broods Out Next Friday». Your EDM (em inglês). Consultado em 9 de fevereiro de 2020 
  94. Yopko, Nick (26 de janeiro de 2020). «San Holo Announces Release Date for Broods Collab». EDM.com (em inglês). Consultado em 9 de fevereiro de 2020 
  95. «San Holo delivers lucid first single of the year, Broods feature, 'Honest' [Stream]». Dancing Astronaut (em inglês). 31 de janeiro de 2020. Consultado em 9 de fevereiro de 2020 
  96. Bein, Kat (31 de janeiro de 2020). «San Holo & Broods Keep it Real in 'Honest' Video: Exclusive». Billboard. Consultado em 9 de fevereiro de 2020 
  97. Stone, Katie (31 de janeiro de 2020). «San Holo Debuts Beautifully "Honest" Single ft. Broods». EDM.com (em inglês). Consultado em 9 de fevereiro de 2020 
  98. Mao, Jessica (18 de março de 2020). «Tune into San Holo's bitbird virtual showcase event». Dancing Astronaut (em inglês). Consultado em 1 de julho de 2020 
  99. Meadow, Matthew (31 de março de 2020). «San Holo Releases First Song In 'Stay Vibrant' Collection». Your EDM (em inglês). Consultado em 12 de abril de 2020 
  100. Stack, Chris (30 de março de 2020). «San Holo releases two new tracks: '(if only i could) hold you' and a Midnight Kids remix of 'Honest'». Dancing Astronaut (em inglês). Consultado em 23 de abril de 2020 
  101. Mullins, Ellie (9 de abril de 2020). «San Holo – don't forget to breathe today». We Rave You (em inglês). Consultado em 12 de abril de 2020 
  102. Isasi, Nick (7 de abril de 2020). «San Holo Releases Ethereal Track "Don't Forget To Breathe Today"». Run the Trap (em inglês). Consultado em 12 de abril de 2020 
  103. «Ouça: San Holo lança nova faixa, 'in the end i just want you to be happy'». Bass Rage. 14 de abril de 2020. Consultado em 23 de abril de 2020 
  104. Mullins, Ellie (15 de abril de 2020). «San Holo – in the end i just want you to be happy» (em inglês). Consultado em 23 de abril de 2020 
  105. Narozniak, Rachel (22 de abril de 2020). «San Holo shares guitar-led fourth single from 'stay vibrant' project [Stream]». Dancing Astronaut (em inglês). Consultado em 23 de abril de 2020 
  106. Grandeur, Danny (22 de abril de 2020). «San Holo Continues 'stay vibrant' Collection with 'idk anything (demo)' [Listen]». River Beats (em inglês). Consultado em 23 de abril de 2020 
  107. a b Stack, Chris (29 de abril de 2020). «San Holo shares gliding crescendo and fifth work from his 'stay vibrant' project». Dancing Astronaut (em inglês). Consultado em 4 de maio de 2020 
  108. Wright, Raven (30 de abril de 2020). «San Holo is Fully Invested in Helping Us 'stay vibrant'». EDM Identity (em inglês). Consultado em 4 de maio de 2020 
  109. Sweeney, Farrell (4 de maio de 2020). «San Holo adds 'we're all just on our way home' to 'stay vibrant' collection [Stream]». Dancing Astronaut (em inglês). Consultado em 5 de maio de 2020 
  110. Brown, Jovaughn (8 de maio de 2020). «San Holo adds 'we're all just on our way home' to his 'stay vibrant' archive». Dance Music Northwest (em inglês). Consultado em 14 de maio de 2020 
  111. Ju, Shirley (12 de maio de 2020). «San Holo Blesses Us with "staring at the sea without you next to me" During Quarantine». EDM (em inglês). Consultado em 14 de maio de 2020 
  112. Mullins, Ellie (12 de maio de 2020). «San Holo – staring at the sea without you next to me (ft. ILIVEHERE.)». We Rave You (em inglês). Consultado em 14 de maio de 2020 
  113. Stack, Chris (14 de maio de 2020). «San Holo releases final track of 'stay vibrant'—for now». Dancing Astronaut (em inglês). Consultado em 17 de junho de 2020 
  114. Goldenberg, Ross (12 de maio de 2020). «Relive Porter Robinson's historic Secret Sky virtual festival». Dancing Astronaut (em inglês). Consultado em 17 de junho de 2020 
  115. Scruggs, Rugby (20 de outubro de 2020). «San Holo celebrates 10 years of Flux Pavilion's 'I Can't Stop' with acoustic rendition [Watch]». Dancing Astronaut (em inglês). Consultado em 1 de novembro de 2020 
  116. Yopko, Nick (18 de outubro de 2020). «San Holo Celebrates Tenth Anniversary of Flux Pavilion's "I Can't Stop" With Acoustic Cover». EDM.com. Consultado em 1 de novembro de 2020 
  117. Meadow, Matthew (20 de outubro de 2020). «San Holo Shares Acoustic Cover of "I Can't Stop" For 10 Year Anniversary [WATCH]». Your EDM (em inglês). Consultado em 1 de novembro de 2020 
  118. Heffler, Jason. «San Holo Announces Social Media Hiatus in Letter to Fans». EDM.com (em inglês). Consultado em 6 de novembro de 2020 
  119. a b Sani, Niko (27 de novembro de 2020). «San Holo Announces New Music After Short-Lived Hiatus». EDM.com (em inglês). Consultado em 2 de dezembro de 2020 
  120. Powell, Karlie (20 de novembro de 2020). «Herobust Drops Emotional Single "Remember" with San Holo on Guitar [MUST LISTEN]». Your EDM (em inglês). Consultado em 2 de dezembro de 2020 
  121. Mullins, Ellie (26 de novembro de 2020). «San Holo announces new track 'bb u ok?'». We Rave You (em inglês). Consultado em 2 de dezembro de 2020 
  122. Peters, Emily (3 de dezembro de 2020). «San Holo Signs to Counter Records with New Single». EDM Identity (em inglês). Consultado em 10 de janeiro de 2021 
  123. Mullins, Ellie (1 de dezembro de 2020). «San Holo – bb u ok?». We Rave You (em inglês). Consultado em 2 de dezembro de 2020. 'bb u ok?' sees San Holo embark on a new journey in his musical career, stating on his Instagram page that 'its time for a new chapter' 
  124. «What So Not and San Holo face off in 'Beat Smash' finale». Dancing Astronaut (em inglês). 24 de dezembro de 2020. Consultado em 10 de janeiro de 2021 
  125. Heffler, Jason. «Watch What So Not and San Holo Go Head-to-Head in Season Finale of "Beat Smash"». EDM.com (em inglês). Consultado em 10 de janeiro de 2021 
  126. «San Holo plays Santa with emotive remix of 'Last Christmas'». Dancing Astronaut (em inglês). 25 de dezembro de 2020. Consultado em 29 de dezembro de 2020 
  127. Heffler, Jason. «San Holo Celebrates the Holidays With Remix of Wham!'s 1984 Classic "Last Christmas"». EDM.com (em inglês). Consultado em 6 de março de 2021 
  128. «Close Out 2020 With Special 'goodbye 2020 set' from San Holo». EDM.com. Consultado em 29 de dezembro de 2020 
  129. Yopko, Nick. «San Holo Teases "Biggest Announcement in San Holo History"». EDM.com (em inglês). Consultado em 3 de fevereiro de 2021 
  130. «San Holo(サン・ホロ)、2021年2月3日(水)に『San Holo史上、最大級な告知』をすると発表!». iFLYER (em japonês). Consultado em 3 de fevereiro de 2021. また、'bb u ok?' のカバーアートと、今回の告知のフライヤーは同系色のピンク色で統一されているため、それも何か関係があるのかもしれない……。 
  131. «San Holo Announces New Indie Album, Drops New Single "find your way"». This Song Is Sick (em inglês). 3 de fevereiro de 2021. Consultado em 3 de fevereiro de 2021 
  132. Wright, Raven (3 de fevereiro de 2021). «San Holo Releases New Single Off Upcoming Album 'bb u ok?'». EDM Identity (em inglês). Consultado em 3 de fevereiro de 2021 
  133. a b Heffler, Jason. «Listen to San Holo Sing on Soaring New Single, "IT HURTS!"». EDM.com (em inglês). Consultado em 10 de março de 2021 
  134. a b DeFaria, Cameron (15 de abril de 2021). «San Holo expands 'bb u ok?' tracklist with two new singles». Dancing Astronaut (em inglês). Consultado em 16 de abril de 2021 
  135. «San Holo(サン・ホロ)2枚目のアルバム『bb u ok? (album 2) 』のリリース日程を6月初旬に延期、一方でシングルリリース、その他大きな告知も……!?!?». iFLYER (em japonês). Consultado em 15 de maio de 2021 
  136. Yopko, Nick. «San Holo Pushes Release Date for "bb u ok? (album 2)"». EDM.com (em inglês). Consultado em 4 de junho de 2021 
  137. «San Holo & Chet Porter Deliver Wistful Indie Electronic Single "you've changed, i've changed" on Bitbird [LISTEN]». Your EDM (em inglês). 22 de maio de 2021. Consultado em 4 de junho de 2021 
  138. Gray, Kaelyn. «San Holo Announces Massive "bb u ok?" North American Tour». EDM.com (em inglês). Consultado em 4 de junho de 2021 
  139. a b c d e f «San Holo traz sonoridade futurista para o palco do Lollapalooza». A Tribuna. 23 de janeiro de 2020. Consultado em 3 de março de 2021 
  140. a b Callison, Bradley (9 de fevereiro de 2016). «San Holo's Unique Blend of Bass Music Ushers in the Era of Experimentation». Magnectic Mag. Consultado em 10 de fevereiro de 2021 
  141. a b «When indie rock meets EDM: San Holo on breaking genre boundaries and constantly reinventing his music». today.rtl.lu (em inglês). Consultado em 30 de março de 2021 
  142. «San Holo Explains Why He Remixed The Previously Untouchable Classics». Stoney Roads (em inglês). Consultado em 30 de março de 2021 
  143. a b c d e Borders, Amira. «Preview: San Holo talks being innovative with music and staying open about love». Daily Emerald (em inglês). Consultado em 3 de fevereiro de 2021 
  144. a b c Lu. «Interview with San Holo - Producer & Bitbird Founder». Stereofox Music Blog (em inglês). Consultado em 3 de fevereiro de 2021 
  145. «How to Talk to Your Kids About Future Bass» (em inglês). Consultado em 3 de fevereiro de 2021 
  146. a b «San Holo Showcases His Stunning Melodic Sensibilities With Euphoric EDC Mexico 2019 Mix» (em inglês). Consultado em 3 de fevereiro de 2021 
  147. Chrys, Kassi (27 de maio de 2017). «San Holo releases paranormal music video for 'Light' (watch)». Dancing Astronaut (em inglês). Consultado em 5 de outubro de 2019. Cópia arquivada em 5 de outubro de 2019 
  148. Meadow, Matthew (30 de outubro de 2019). «Why Does EDM Twitter Have (%) In Their Names? San Holo's % Blessed Explained». Your EDM (em inglês). Consultado em 27 de novembro de 2019 
  149. «【San Holo】SNSのユーザーネームに書かれている「%」の意味とは……!?». iFLYER.tv (em japonês). 4 de novembro de 2019. Consultado em 27 de novembro de 2019 
  150. a b San Holo, Sander. «Stay Vibrant». San Holo (em inglês). Consultado em 16 de julho de 2020 
  151. «Radio Show of the Year - Bonobo, Rufus du Sol, Eric Prydz & More Win 2017 Electronic Music Awards». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 15 de outubro de 2019 
  152. Powell, Karlie (22 de setembro de 2017). «Marshmello & Rezz Miss The Cut For EDM's Best New Artist Award [VIDEO]». Your EDM (em inglês). Consultado em 29 de agosto de 2019 
  153. Powell, Karlie (14 de fevereiro de 2019). «San Holo Wins Big At The "Dutch Grammys" for Album1». Your EDM (em inglês). Consultado em 15 de abril de 2020 
  154. «Edison Winnaars 2019 bekend». Edison (em neerlandês). 12 de fevereiro de 2019. Consultado em 15 de abril de 2020 
  155. «Conheça os vencedores do International Dance Music Awards (IDMA) 2019». DJane Mag Brasil. 31 de março de 2019. Consultado em 15 de abril de 2020 
  156. «IDMA 2019 Nominees & Winners». Winter Music Conference (em inglês). Global Conference Group, Inc. Consultado em 15 de abril de 2020 
Videografia

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre San Holo