Savassi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde julho de 2012). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Savassi
  Bairro do Brasil  
Praça Savassi
Praça Savassi
Zona Sul
Região administrativa Centro-Sul
Município Belo Horizonte
População
 - Total 11,772
- IDH 0,949 - muito elevado (Fonte: PNUD)
Domicílios 6.857
Limites
Fonte: Não disponível

A Savassi é um bairro de classe alta, situado na Zona Centro-Sul de Belo Horizonte. É conhecida pela grande quantidade de bares e por um desenvolvido comércio, sendo uma das regiões mais prestigiadas da capital mineira. No início de 2006, antes da reunião do Banco Interamericano de Desenvolvimento, a prefeitura desmembrou o bairro Funcionários, criando o bairro da Savassi e o da Boa Viagem. A área a nordeste continuou se chamando Funcionários.[1]

Alguns locais famosos da Savassi são:

Origem do nome[editar | editar código-fonte]

Os irmãos Achille, Arturo e Angelo Savazzi, imigrantes italianos da província de Mântua, estabeleceram uma padaria na rua Tupinambás, no então bairro dos Funcionários nos anos 30[2].

Em 16 de março de 1940 a padaria muda para a então praça Treze de Maio (hoje praça Diogo de Vasconcelos e foi batizada com o sobrenome familiar já modificado para "Savassi". Com o tempo, o estabelecimento passou a designar a praça ("praça da Savassi") e, sucessivamente, toda a região compreendida pela área antiga do bairro dos Funcionários ganhou essa designação. A existência de um grupo de rapazes que se reunia às portas da padaria, a Turma da Savassi, famosa por suas peripécias noturnas, contribuiu para popularizar o nome popular do logradouro[2].

Delimitação[editar | editar código-fonte]

Um projeto de Lei assinado pelo vereador José Lincoln Magalhães, propõe a "Região da Savassi" compreendendo a área delimitada delimitada pelo seguinte perímetro: Começa na Praça Tiradentes, na confluência da Av. Brasil com Av. Afonso Pena. Segue a Av. Brasil até a Praça da Liberdade, incluindo toda a praça, sobe pela rua da Bahia até a Av. do Contorno, segue esta até a Praça Milton Campos, e dali pela Afonso Pena até a Av. Brasil, fechando sua delimitação na Praça Tiradentes.

Reestruturação[editar | editar código-fonte]

A partir de 2011 o bairro passou por uma reestruturação da Praça da Savassi,[3][4][5] implantação de uma ciclovia[6][7][8][9][10] e construção de um estacionamento subterrâneo.[11][12][13]

Feirinha da Savassi[editar | editar código-fonte]

A Feirinha da Savassi, realizada às quintas-feiras no quarteirão da rua Paraíba entre a avenida Getúlio Vargas e a rua Inconfidentes, é um dos símbolos da região. A feira, de responsabilidade da Secretaria Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional da Prefeitura (SMASAN),atualmente enfrenta uma recomendação expedida pelo Ministério Público do Estado de Minas Gerais que pede a troca do lugar de realização devido à proximidade com a Escola Estadual Bueno Brandão. Antigamente, a feira acontecia na rua Tomé de Souza entre a rua Pernambuco e a Avenida Cristóvão Colombo.[14]

Vida noturna[editar | editar código-fonte]

O bairro possui uma agitada vida noturna, com vários cafés, bares e boates. Entre eles, estão:

Cafés:

  • Café Três Corações
  • Café com Letras
  • Café Status
  • Café da Travessa
  • Café com Prosa
  • Café Oásis
Placa indicando a praça Diogo de Vasconcelos.

Bares e lanchonetes:

  • Empório Savassi
  • Napolitano Pastéis
  • Baiana do Acarajé
  • Bar Imperial
  • Rei do Pastel
  • Bar do João
  • Zona Sul
  • Maria Gelada
  • Fujiyama
  • Afrodick
  • Assacabrasa
  • Rococó
  • Lord Pub
  • Jack Rock Bar

Boates:

  • A Obra
  • Voice Mystical Club
  • Bwana Pub
  • dDuck dClub
  • Al Capone

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Bairros de Belo Horizonte» (pdf). Prefeitura de Belo Horizonte. 2010. Consultado em 3 de dezembro de 2012 
  2. a b Gustavo Werneck (10 de dezembro de 2011). «Padaria símbolo da Savassi resiste ao tempo». Consultado em 6 de abril de 2018 
  3. «Praça da Savassi terá R$ 7,4 mi». Consultado em 11 de agosto de 2011. Arquivado do original em 19 de março de 2012 
  4. «Reformas na Praça da Savassi». Consultado em 11 de agosto de 2011. Arquivado do original em 26 de fevereiro de 2014 
  5. «Praça da Savassi terá plástica radical». Consultado em 11 de agosto de 2011. Arquivado do original em 19 de março de 2012 
  6. Obras para implantação de ciclovia na Savassi começam nesta quinta-feira
  7. «Início das obras na ciclovia da Savassi». Consultado em 11 de agosto de 2011. Arquivado do original em 1 de maio de 2011 
  8. PBH inicia obras na ciclovia Savassi[ligação inativa]
  9. «Ciclovia na Savassi». Consultado em 11 de agosto de 2011. Arquivado do original em 6 de setembro de 2011 
  10. «Notícias de ciclovia na Savassi». Consultado em 11 de agosto de 2011. Arquivado do original em 15 de agosto de 2011 
  11. BH deve receber quatro estacionamentos subterrâneos
  12. «PBH e BHTrans apresentam cronograma para obras na Savassi». Consultado em 11 de agosto de 2011. Arquivado do original em 21 de setembro de 2011 
  13. BHTRANS lança aviso de PMI para estacionamento subterrâneo
  14. http://www.nasavassi.com.br/bairro/ministerio-publico-expede-recomendacao-contra-a-feirinha-da-savassi/[ligação inativa]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre bairros é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.