Seventh Star

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Seventh Star
Álbum de estúdio de Black Sabbath
Lançamento Reino Unido 28 de janeiro de 1986
Estados Unidos Fevereiro de 1986
Gravação "Cheshire Sound Studios", Atlanta, Estados Unidos, 1985
Gênero(s) Heavy metal, blues rock,
hard rock
Duração 34:46
Gravadora(s) Vertigo Reino Unido
CASS Estados Unidos
Castle
Sanctuary
Produção Jeff Glixman
Cronologia de Black Sabbath
Último
Último
Born Again
(1983)
The Eternal Idol
(1986)
Próximo
Próximo
Singles de Seventh Star
  1. "No Stranger to Love"
    Lançamento: 1986

Seventh Star é o décimo segundo álbum de estúdio da banda de heavy metal Black Sabbath.

Mudança de formação[editar | editar código-fonte]

Após a saída de Ian Gillan e do baterista Bev Bevan da banda, Iommi e Geezer ficaram sozinhos sem vocalista ou baterista. Bill Ward volta para a banda. Dois vocalistas passaram rapidamente pela banda, Ron Kell e Dave Donato, sendo que o último foi demitido duas semanas após sua entrada por ter dado uma entrevista se achando "o tal". A banda ficou inativa por cerca de 6 meses.

Concepção e produção[editar | editar código-fonte]

Com a inatividade da banda, Iommi decide lançar um álbum solo. Enquanto Iommi trabalhava no projeto, já na fase da gravação das demos ele chama Eric Singer e Gordon Copley, respectivamente o baterista e o baixista da banda da sua namorada Lita Ford. Como eles precisavam de um vocalista, o escolhido foi Glenn Hughes, ex-baixista e vocalista do Deep Purple. Copley gravou "No Stranger To Love" e foi substituído por Dave Spitz.

Embora Iommi quisesse lançar o álbum como artista solo, a gravadora insistiu que ele lance o álbum como do Black Sabbath. Então Iommi comprou os direitos do Sabbath e lançou o álbum com o nome da banda.

Turnê[editar | editar código-fonte]

Hughes foi demitido alguns poucos shows depois do começo da turnê e foi substituído por Ray Gillen, que era amigo de Spitz.

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
allmusic 3 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar empty.svgStar empty.svg [1]
Symbol unlikely.svg Esta tabela precisa de ser acompanhada por texto em prosa. Consulte o guia.

Faixas[editar | editar código-fonte]

Canções compostas por Tony Iommi. Letras escritas por Tony Iommi, Glenn Hughes, Geoff Nicholls e Jeff Glixman.

N.º Título Duração
1. "In for the Kill"   3:40
2. "No Stranger to Love"   4:28
3. "Turn to Stone"   3:28
4. "Sphinx (The Guardian)"   1:11
5. "Seventh Star"   5:20
6. "Danger Zone"   4:23
7. "Heart Like a Wheel"   6:35
8. "Angry Heart"   3:06
9. "In Memory..."   2:35

Versão de luxo 2010 - Disco 2[editar | editar código-fonte]

Gravado no Hammersmith Odeon em Londres, em 2 de junho de 1986, com Ray Gillen nos vocais

  1. "The Mob Rules"
  2. "Danger Zone"
  3. "War Pigs"
  4. "Seventh Star"
  5. "Die Young"
  6. "Black Sabbath"
  7. "N.I.B."
  8. "Neon Knights"
  9. "Paranoid"

Créditos[editar | editar código-fonte]

Catálogos[editar | editar código-fonte]

  • CASS Warner Bros 4-25337 (US 1986)
  • LP Vertigo VERH 29 (UK 1986)
  • LP Vertigo 826 704-1 (NL 1986)
  • MC Vertigo VERHC 29 (UK 1986)
  • MC Vertigo 826 704-4 (1986)
  • CD Vertigo 826 704-2 (UK 1986)
  • CD Essential/Castle ESMCD335 (UK 1996) - Remastered
  • CD Sanctuary SMRCD076 (UK 2004)

Desempenho nas paradas[editar | editar código-fonte]

Ano Posições
UK
[2]
NOR
[3]
SWE
[4]
US
[5]
FIN
GER
AUS
1986 27 17 11 78 12 51 88

Referências

  1. Avaliação no allmusic
  2. UK Music charts EveryHit.com. Visitado em 2008-02-14.
  3. Discography Black Sabbath (em Norwegian) VG-lista. Visitado em 2008-02-14.
  4. Discography Black Sabbath (em Swedish) VG-lista. Visitado em 2008-02-14.
  5. Billboard charts Billboard. Visitado em 2008-02-14.