Si Versailles m'était conté

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Si Versailles m’était conte (título original)
Royal Affairs in Versailles (título de reedição)
 França  Itália
1954 •  Cor •  França:165 min
UK:158 min
USA:152 min min
 
Direção Sacha Guitry
Género Comédia, drama, história[1]
Idioma Francês

Si Versailles m’était conte (Royal Affairs in Versailles título de reedição ou Se Versalhes falasse título em português) é um filme franco-italiano de 1954 dirigido por Sacha Guitry.[2] Si Versailles m’était conte é considerado uma das maiores produções de Sacha Guitry ao qual recorreu para um dos maiores atores franceses de sua época.[1] Si Versailles m’était conte é uma das últimas produções de Guitry, que faz parte dos três grandes filmes históricos de sua carreira, para os quais recebeu inúmeros elogio de crítica, sendo que Si Versailles m’était conte é considerado o melhor dos três, os outros dois são Napoléon e Si Paris nous était conté.[1]

O filme conta com a participação de diversas estrelas e personalidades da indústria do entretenimento da época, incluindo Édith Piaf, Orson Welles, Jean Marais, Gérard Philipe e Claudette Colbert. Este também foi um dos primeiros filmes da carreira de Brigitte Bardot.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

A história realiza-se durante um período de 300 anos em torno do Palácio de Versalhes, a história centra-se nas várias intrigas amorosas e políticas dos três reis franceses. A trama consegue dirige seu caminho através da Revolução Francesa, chegando a uma parada no "presente".[3] [4]

No início do filme é mostrada a construção do Palácio de Versalhes, onde aparecem os arquitetos Louis Le Vau e Jules Hardouin-Mansart, o jovem Louis XIV, também mostra as visitas de pessoas importantes como Benjamin Franklin.[5]

No filme, o diretor Sacha Guitry está menos preocupado com precisão do que com a atmosfera do período, pois Robespierre e Maria Antonieta nunca se conheceram, mas no filme sim.[5]

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco principal[editar | editar código-fonte]

A relação de atores do elenco principal é a seguinte:[6]

Produção e legado[editar | editar código-fonte]

Esse foi o primeiro filme que recebeu a permissão de ser filmado no Palácio de Versalhes, embora a falta de rigor com os fatos históricos não tenha sido bem recebida pelo comitê encarregado de Versalhes.[5]

A Enciclopédia de filmes internacionais diz que apesar do filme ter atores bem conhecidos, do filme possuir momentos divertidos, às vezes o filme se mostrava muito prolixo.[7] Segundo o TV Guide, o filme é interessante pois mostra como era o Palácio de Versalhes no século XVIII.[5] Quanto a classificação, o TV Guide deu três estrelas de um total de cinco,[5] o site frenchfilmsite.com avaliou o filme com três estrelas de um total de cinco,[1] e o site IMDB deu a nota 6.9 de 10 possíveis.[2]

Referências

  1. a b c d «Si Versailles m'etait conte / Affairs in Versailles / Sacha Guitry / 1954» (em inglês). Filmsdefrance.com. Arquivado desde o original (html) em 31 de janeiro de 2015. Consultado em 27 de julho de 2010. 
  2. a b «Si Versailles m'était conté (1954)» (em português e francês). IMDB. Arquivado desde o original (html) em 31 de janeiro de 2015. Consultado em 27 de julho de 2010. 
  3. «Si Versailles M'Etait Conté > Overview - AllMovie» (em inglês). Allmovie. Arquivado desde o original (html) em 31 de janeiro de 2015. Consultado em 27 de julho de 2010. 
  4. «Royal Affairs in Versailles (1954)» (em inglês). TCM Classic Entertainment. Arquivado desde o original (html) em 31 de janeiro de 2015. Consultado em 27 de julho de 2010. 
  5. a b c d e «Royal Affairs In Versailles Review - TVGuide.com» (em inglês). TV Guide. Arquivado desde o original em 31 de janeiro de 2015. Consultado em 31 de janeiro de 2015}. 
  6. «Si Versailles m'était conté (1954) - Elenco e equipe de filmagem» (em português e francês). IMDB. Arquivado desde o original (html) em 30 de março de 2013. Consultado em 27 de julho de 2010. 
  7. «Zweitausendeins. Filmlexikon FILME von A-Z - Versailles - Könige und Frauen» (em alemão). Enciclopédia de filmes internacionais. Arquivado desde o original em 31 de janeiro de 2015. Consultado em 31 de janeiro de 2015. 
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.