Sucellus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Na mitologia celta, Sucellus era o deus da agricultura, florestas e bebidas alcoólicas, da província romana da Lusitânia.[1]

De acordo com Monsieur Reinach, citado por George Henderson, Sucellus era um epíteto do deus celta Dis Pater, de quem, segundo Júlio César, os gauleses eram descendentes. Ainda segundo Monsieur Reinach, ele era representado vestido com roupas de lobo, semelhante à imagem etrusca de Caronte. Segundo George Henderson, este deus, originalmente, era um lobo, seria identificado com o deus latino Silvano; assim como os romanos eram descendentes de Rômulo,[Nota 1] os gauleses também seriam filhos de um lobo, o que teria levado os Averni a se declararem como irmãos dos latinos.[2]

Notas e referências

Notas

  1. Rômulo e Remo foram filhos adotivos de uma loba, segundo uma versão da sua lenda. Ver Rômulo e Remo.

Referências

  1. Harald Fuchs, Encyclopedia Mythica, Sucellus [em linha]
  2. George Henderson, Survivals in Belief Among the Celts (1911), The Wanderings of Psyche (part 3) [em linha]


Ícone de esboço Este artigo sobre mitologia celta é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.