Teatro Record

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde junho de 2015).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Fachada atual do Teatro Record em 2001, em São Paulo.

Teatro Record, atualmente Teatro Dermeval Gonçalves é o nome dado hoje aos estúdios pertencentes à Rede Record em São Paulo, capital do estado homônimo, Brasil. Trata-se de um pequeno complexo com 7 estúdios de 400m2 cada, modernos e bem equipados, onde são gravados alguns programas que a emissora exibe, como Hora do Faro, Domingo Show, Gugu (programa de televisão), Programa da Sabrina e outros. Há ainda uma redação de jornalismo onde são feitos os telejornais Fala Brasil e Jornal da Record, e ainda um estúdio Chroma key, que serve na realização de alguns programas como Domingo Espetacular e Esporte Fantástico, ainda uma pequena cidade cenográfica, que só foi usada na gravação de algumas telenovelas antes da construção do RecNov. Além disso, há uma ala de camarins, administração, auditório de reuniões, e coletivas de imprensa! Neste auditório também ocorreu a cerimônia de inauguração da Record News em 2007, com participação de Edir Macedo, o então ex-presidente Lula e o então governador José Serra. Está localizado, desde 1995, na Rua da Várzea, 240, no bairro de Barra Funda. A partir de 2015, o Teatro Record passa a se chamar Teatro Dermeval Gonçalves.

História[editar | editar código-fonte]

O Teatro Record foi fundado em 9 de março de 1959, na rua da Consolação, no também bairro da Consolação. Na época, foi palco dos tradicionais musicais, mais notoriamente os festivais da MPB dos anos 60 e seriados como Família Trapo. Depois de sofrer um grande incêndio, o teatro foi desativado. Após ser reativado por um curto período no centro, foi transferido para o Jardim Aeroporto, com o nome de Teatro Paulo Machado de Carvalho onde permaneceu até 1995. Paulo Machado de Carvalho foi dono da Rádio e TV Record nos anos 30 até 90.

Sedes[editar | editar código-fonte]

  • Teatro Record Consolação (1959-1969)
Rua da Consolação, 2036 - Consolação
Rua Augusta, 973.
  • Teatro Paulo Machado de Carvalho (1973-1995)
Avenida Miruna, 713 - Aeroporto
  • Teatro Record (1995-2015)
  • Teatro Dermeval Gonçalves (2015-presente)
Rua da Várzea, 240 - Barra Funda

Programas produzidos[editar | editar código-fonte]

Jornalismo:

Shows:

› Variedades:

Esportes:

Ligações externas[editar | editar código-fonte]