The King of Fighters

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The King of Fighters
Logótipo do primeiro jogo da série, The King of Fighters '94
Gênero(s) Luta
Desenvolvedora(s) SNK Playmore
Primeiro título The King of Fighters '94
1994
Portal Portal de jogos eletrônicos

The King of Fighters (ザ·キング·オブ·ファイターズ, Za Kingu obu Faitāzu?), abreviado oficialmente como KOF, é uma série de jogos de luta produzidos pela SNK Playmore (antes SNK). The King of Fighters começou por ser um crossover entre as séries Art of Fighting e Fatal Fury, mas acabou por tornar-se uma das imagens de marca da companhia. O primeiro jogo, The King of Fighters '94, foi lançado em 1994.

Foi originalmente criada para o hardware arcade da SNK, o Neo Geo MVS, que serviu como plataforma base até 2004, quando a SNK desistiu da MVS em favor da placa Atomiswave. Apenas foram feitos dois jogos King of Fighters na plataforma Atomiswave (The King of Fighters Neowave e The King of Fighters XI) antes da SNK decidir descontinuar o uso da plataforma. A placa actual da série para as máquinas arcade é a Taito Type X2, usada pela primeira vez em The King of Fighters XII. Várias versões dos jogos originais das arcades e dos originais The King of Fighters têm sido lançados para as variadas consolas domésticas.

Foi anunciado The King of Fighters XIV, que terá lançamento para Janeiro de 2016.[1]

Características dos jogos da série[editar | editar código-fonte]

Criação[editar | editar código-fonte]

The King of Fighters foi criado para ser um jogo que estrelasse os principais personagens da SNK independentemente de qualquer detalhe cronológico ou canônico, um tipo de jogo que nos Estados Unidos é chamado de Dream Match (Luta dos Sonhos). Por exemplo: fosse este um jogo em que os detalhes cronológicos constassem, os personagens de Fatal Fury teriam de ser bem mais novos devido à série Art of Fighting tomar lugar vários anos antes da série Fatal Fury. E ainda Metal Slug não poderia aparecer em The King of Fighters, já que morreu na série Metal Slug 3. A série introduziu um inédito sistema de lutas entre personagens, onde times de três membros (quatro em algumas versões) lutam entre si, ao invés de cada personagem lutar por conta própria como ocorria em jogos anteriores. A cada luta os personagens dos times se enfrentam em duelos e é a vencedora a equipe que conseguir três ou dezenove vitórias consectivas e opefect.

O sucesso causado pelo jogo inicial levou a SNK a realizar lançamentos anuais de The King of Fighters e criar uma cronologia própria para a série deixando assim os Dream Matches entre o final de uma saga e o começo da posterior e nomeando os jogos de acordo com seu ano de lançamento até o ano de 2003, pois a partir de 2004 a SNK passou a nomear os jogos de acordo com o seu número de lançamento (como em The King of Fighters XI, o décimo primeiro jogo da série), talvez para fugir da obrigação de lançamentos anuais. E assim The King of Fighters tornou-se uma série de videogames com seus próprios efeitos violentos.

Personagens[editar | editar código-fonte]

Lista de jogos[editar | editar código-fonte]

Série principal
Spinoffs
Outros

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]