The King of Fighters

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo. Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo.
The King of Fighters
Logótipo do primeiro jogo da série, The King of Fighters '94
Gênero(s) Luta
Desenvolvedora(s) SNK
Primeiro título The King of Fighters '94
1994
Portal Portal de jogos eletrônicos

The King of Fighters (ザ·キング·オブ·ファイターズ, Za Kingu obu Faitāzu?), (tradução literal para o português "O Rei dos Lutadores") abreviado oficialmente como KOF, é uma série de jogos de luta produzidos pela SNK Playmore (antes SNK). The King of Fighters começou por ser um crossover entre as séries Art of Fighting e Fatal Fury[carece de fontes?], mas acabou por tornar-se uma das imagens de marca da companhia. O primeiro jogo, The King of Fighters '94, foi lançado em 1994.

Foi originalmente criada para o hardware arcade da SNK, o Neo Geo MVS, que serviu como plataforma base até 2004, quando a SNK desistiu da MVS em favor da placa Atomiswave. Apenas foram feitos dois jogos King of Fighters na plataforma Atomiswave (The King of Fighters Neowave e The King of Fighters XI) antes da SNK decidir descontinuar o uso da plataforma. A placa actual da série para as máquinas arcade é a Taito Type X2, usada pela primeira vez em The King of Fighters XII. Várias versões dos jogos originais das arcades e dos originais The King of Fighters têm sido lançados para as variadas consolas domésticas.

Foi anunciado The King of Fighters XIV, que terá lançamento para Agosto de 2016.[1]

Características dos jogos da série[editar | editar código-fonte]

Criação[editar | editar código-fonte]

The King of Fighters foi criado para ser um jogo que estrelasse os principais personagens da SNK independentemente de qualquer detalhe cronológico ou canônico, um tipo de jogo que nos Estados Unidos é chamado de Dream Match (Luta dos Sonhos). Por exemplo: fosse este um jogo em que os detalhes cronológicos constassem, os personagens de Fatal Fury teriam de ser bem mais novos devido à série Art of Fighting tomar lugar vários anos antes da série Fatal Fury. E ainda Metal Slug[quem?] não poderia aparecer em The King of Fighters, já que morreu na série Metal Slug 3. A série introduziu um inédito sistema de lutas entre personagens, onde times de três membros (quatro em algumas versões) lutam entre si, ao invés de cada personagem lutar por conta própria como ocorria em jogos anteriores. A cada luta os personagens dos times se enfrentam em duelos e é a vencedora a equipe que conseguir três ou dezenove vitórias consectivas e opefect.

O sucesso causado pelo jogo inicial levou a SNK a realizar lançamentos anuais de The King of Fighters e criar uma cronologia própria para a série deixando assim os Dream Matches entre o final de uma saga e o começo da posterior e nomeando os jogos de acordo com seu ano de lançamento até o ano de 2003, pois a partir de 2004 a SNK passou a nomear os jogos de acordo com o seu número de lançamento (como em The King of Fighters XI, o décimo primeiro jogo da série), talvez para fugir da obrigação de lançamentos anuais.

Personagens[editar | editar código-fonte]

Personagens Brasil Dublagem Brasileira
Kyo Kusanagi Marco Antônio Costa
Benimaru Nikaido Paulo Vignolo
Goro Daimon Maurício Berger
Kusanagi (Versão Clássica de Kyo Maligna) Marcelo Garcia
Iori Yagami Eduardo Borgeth
Mature Christiane Louise
Vice Sheila Dorfman
K' Ettore Zuim
Maxima Luiz Feier Motta
Whip Mabel Cezar
Terry Borgard ou Wild Wolf Felipe Grinnan
Andy Borgard Manolo Rey
Joe Higashi Jorge Lucas
Ryo Sakazaki Ronaldo Júlio
Robert Garcia Marcus Jardym
Yuri Sakazaki Luisa Palomanes e Pamella Rodrigues
Takuma Sakazaki Márcio Simões
Mai Shiranui Miriam Ficher
May Lee Jinjyu Gabriela Bicalho
King Sylvia Salustti
Shingo Yabuki Marcos Souza
Yashiro Nanakase Guilherme Briggs
Shermie Elida L'Astorina
Chris Charles Emmanuel
Athena Asamiya Iara Riça
Sie Kenson Luiz Sérgio Viera e Sérgio Cantú
Chin Gentsai Pietro Mário
Kim Kaphwan Alexandre Moreno
Chang Koehan Mauro Ramos
Choi Bounge Pedro Eugênio
Vanessa Mônica Rossi
Seth Hélio Ribeiro
Ramon Marcelo Sandryni
Kula Diamond Guilene Conte
K9999 Marco Ribeiro
Angel Fernanda Fernandes
Leona Heidern Priscila Amorim
Ralf Jones Clécio Souto
Clark Still Eduardo Dascar
Ryuji Yamazaki Samir Murad
Blue Mary Marisa Leal
Billy Kane Peterson Adriano
Lilly Kane Ana Lúcia Menezes
Nagase Adriana Torres
Xiao-Lon Izabel Lira
Luise Meyrink Tereza Cristina
Jivatma Hércules Fernando
Hyena Sérgio Stern
Duke Waldyr Sant'anna
Alba Meira Ricardo Juarez
Soiree Meira Phillipe Maia
Lien Neville Carla Pompílio
Chizuru Kagura Andrea Murucci
Heavy D! José Augusto Sendim
Lucky Glauber Nizo Neto
Brian Battler Bruno Rocha
Heidern Guilherme Briggs
Saisyu Kusanagi Carlos Seidl
Geese Howard Júlio Chaves
Wolfgang Krauser Renato Rosenberg
Mr.Big Marco Moreira
Rugal Bernstein Gutemberg Barros
Adelheid Bernstein Renan Freitas
Igniz Raphael Rossatto
Zero Alfredo Martins
Krizalid Francisco Quintiliano
Jhun Hoon Reginaldo Primo
Bao Eduardo Drummond
Li Xiangfei Márcia Morelli
Kasumi Todoh Flávia Saddy
Hinako Shijou
Ryuhaku Todoh Mário Cardoso
B.Jenet Rosane Correa
Ninion Bear Mariana Torres
Mignom Bear Érika Menezes
Hanzo Hattori Cristiano Torreão
Lin Flávio Back
Makoto Mizoguchi Mário Tumpinambá Filho
Ash Crimson Reinaldo Buzzoni
Fio Fernanda Crispim
Richard Meyer Élcio Romar
Chae Lim Lina Mendes
Rock Howard José Leonardo
Goenitz Ricardo Schnetzer
Orochi Sérgio Muniz
Duolon
Shen Woo
Elisabeth Blanctorche
Momoko
Saiki

Lista de jogos[editar | editar código-fonte]

Série principal
Spinoffs
Outros

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]