Toki Pona

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Toki Pona é uma língua planejada, criada pela língüista e tradutora canadense Sonja Elen Kisa e tendo aparecido pela primeira vez na internet em 2001. Trata-se de uma linguagem minimalista, composta de apenas 14 fonemas e 125 palavras[1] . Como os Pidgin, a língua foca-se em conceitos simples e elementos que são relativamente universais. Inpirado pela filosofia taoista, o Toki Pona não visa a ser uma língua auxiliar, mas um "yoga para a mente", pretendendo expressar o máximo sentido com o mínimo de complexidade.

Sistema de Escrita[editar | editar código-fonte]

Guia de Pronúncia

Para escrever Toki Pona, Kisa usou letras do alfabeto latino[2] , com os valores que elas representam no IPA: p, t, k, s, m, n, l, j, w, a, e, i, o, u. Iniciais maiúsculas são usadas apenas para nomes de pessoas e lugares, não para a primeira palavra da sentença. Em outras palavras, as iniciais maiúsculas marcam palavras estrangeiras, mas nunca são usadas nas 125 palavras-raiz.[3]

Alguns entusiastas adaptaram outras formas de escrita para Toki Pona: hangul, tengwar, logograms do Unicode e um abugida original.

Fonética[editar | editar código-fonte]

O Toki Pona possui nove consoantes (/p, t, k, s, m, n, l, j, w/) e cinco vogais (/a, e, i, o, u/). A primeira sílaba duma palavra é tônica[4] . Não há pares de consoantes surdas e sonoras e também não há nenhum sinal diacrítico, seja para destacar sílaba tônica, para nasalização, palatalização ou entonação.

Consoantes Labial Coronal Dorsal
Nasal m n
Plosiva p t k
Fricativa s
Aproximante w l j

As sílabas são quase sempre no formato CV (consoante + vogal); mas há algumas sílabas V (vogais isoladas) e algumas com N no final, como sinal de nasalisação. Não existem encontros vocálicos ou consonantais. Em uma palavra, a primeira sílaba é sempre a sílaba tônica.

Sílabas a e i o u Comentários
a e i o u
k ka ke ki ko ku
s sa se si so su
t ta te to tu 'ti' -> 'si'
n na ne ni no nu
p pa pe pi po pu
m ma me mi mo mu
j ja je jo ju 'ji' -> 'si'
l la le li lo lu
w wa we wi 'wo' e 'wu' -> 'o' e 'u'
+n no fim da sílaba, para nasalisação

Por conta de seu pequeno inventário fonético, Toki Pona permite grandes variações alofônicas. Por exemplo, /p t k/ podem ser pronunciados como [b d ɡ] ou como [p t k]; /s/ pode ser pronunciado como [z], [ʃ] ou [s]; /l/ pode ser pronunciado como [ɾ] ou [l]; as vogais podem ser longas ou curtas[3] . Tanto o inventório de sons quanto as possíveis combinações silábicas são compatíveis com a maior parte das línguas humanas, o que torna o Toki Pona uma lingua fácil para qualquer um. Por exemplo, as sílabas /ji, wu, wo/ também são impossíveis em coreano, o que é conveniente quando se escreve Toki Pona in hangul.

Vocabulário[editar | editar código-fonte]

Toki Pona possui cerca de 120 palavras, concebidas para expressar conceitos simples, sem as complicações da vida moderna. Com este número de vocábulos independentes, a maior parte das palavras é traduzida por duas ou mais palavras em Toki Pona. Vejamos alguns exemplos:

  • ensinar - pana e sona (dar conhecimento)
  • amigo - jan pona (pessoa boa)
  • chapéu - len lawa (roupa da cabeça)
  • médico - jan sona sijelo (homem do conhecimento do corpo)
  • matemático - jan sona nanpa (homem do conhecimento dos números)
  • indiferença - pilin ala (sentimento não)
  • saudade - pilin e weka jan (sentimento da ausência de alguém)

Assim, naturalmente, toki pona possui um alto grau de ambiguidade nos nomes.

Há alguns grupos específicos de palavras que valem mencionar:

Números[editar | editar código-fonte]

Toki Pona só possui três palavras específicas para números (nanpa, em toki pona):

  • wan: um, unidade, partícula
  • tu: dois, um par
  • mute: muitos

Além disso, há a palavra ala, que representa negação, que pode ser usada como zero. Outra adaptação frequente vem do uso de luka (membro, braço, mão) para representar o número cinco.

Para construir números maiores, basta justapor as palavras para números. Assim, três é tu wan, quatro é tu tu e assim por diante.[5] . Vinte pode ser escrito como luka luka luka luka. Esse sistema foi pensado para que fique pouco prático se referir precisamente a números grandes.[6]

Cor[editar | editar código-fonte]

Diagrama das cores subtrativas

Para cor (kule em Toki Pona), a língua possui apenas cinco palavras:

  • pimeja: preto, escuro, sombras
  • walo: branco, claro
  • jelo: amarelo
  • loje: vermelho
  • laso: azul

Assim, as demais cores montam-se adicionando tons e usando a lógica subtrativa dos pigmentos. Assim, roxo pode ser escrito como loje laso (vermelho com azul); verde como jelo laso (amarelo com azul). Um verde amarelado pode ser escrito como jelo laso jelo, ou laso jelo jelo. Azul claro é laso walo e azul marinho é laso pimeja.[7]

Forma e Substância[editar | editar código-fonte]

Há algumas palavras genéricas para forma, especialmente úteis para fazer composições. Para forma:

  • supa: superfície horizontal; mesa, cadeira, chão
  • lipu: objeto plano e dobrável; cartão, ticket,
  • linja: objeto fino, comprido e flexível; corda, cabelo, corrente, fila
  • palisa: objeto longo e rígido; vara, bastão, palito
  • sike: objeto redondo, mas também ciclo, roda, bola
Partes do corpo em Toki Pona

Para substância:

  • ijo: coisa, objeto, substância
  • seli: fogo, calor, substância quente ou cozida
  • kon: ar, gás, vento, cheiro, alma
  • telo: água, líquido, suco, molho
  • ko: substância semi-solida ou pastosa, cola, chiclete
  • kiwen: duro, sólido, metal, rocha
  • ma: terra, paisagem, país, área

Partes do Corpo[editar | editar código-fonte]

O vocabulário para partes do corpo também é bem simples:

  • lawa: cabeça, mente
  • luka: braço e mão
  • insa: tronco, centro, estômago
  • noka: perna e pé.

Já a cabeça possui descrições mais detalhadas, com palavras para olhos (oko), orelha (kute), nariz (nena, mas também designa montanha) e boca (uta).

Etimologia[editar | editar código-fonte]

Etimologia de Toki Pona por língua.

As palavras do Toki Pona foram extraídas de algumas línguas bem diferentes: Inglês, Holandês, Tok Pisin, Esperanto, Francês do Quebeque, Finlandês, Georgiano, Croata e Chinês (Mandarim e Cantonês).[8] As palavras vindas do esperanto e algumas do francês acadiano são intuitivas para os falantes de português, por serem similares às suas versões latinas, como tenpo (esperanto, latim e port.: tempo), pona (esperanto: bona, port.: bom) e moli (francês: mourir, port.: morrer). Já as que vêm do inglês ou do tok pisin (que, em geral, vieram também do inglês) são intuitivas para os falantes de inglês, como mani (ing.: money), pilin (ing.: feeling) e toki (tok pisin: tok, ing.: talk).

Sintaxe[editar | editar código-fonte]

As frases em Toki Pona possuem estrutura Sujeito Verbo Objeto, do mesmo modo que a a maior parte das frases em português. As palavras em si não carregam nenhuma marca de sua classe ou função sintática: uma mesma palavra pode ser usada como substantivo, adjetivo ou verbo. Além disso, não há nenhuma flexão de gênero ou número, nem qualquer conjugação ou declinação. Por isso, existem algumas palavras cujo significado é apenas sintático:

Além disso, adjunto adnominal vem sempre depois do núcleo do sujeito ou objeto, e objeto preposicionado vem sempre depois do objeto direto.

Pronomes[editar | editar código-fonte]

Toki Pona possui três pronomes: mi (eu, mim, me, comigo), sina (tu, você, ti, te, contigo) e ona (ele, ela, isso). As pessoas do plural são feitas com o adjetivo "muitos". Assim, "nós" se escreve mi mute, "vós" é sina mute e "eles / elas" é ona mute.

Nomes próprios[editar | editar código-fonte]

É possível adicionar nomes próprios de pessoas ou lugares, desde que antecedidos de jan (pessoa) ou ma (lugar), escritos com letra maiúscula e com a grafia adaptada. Assim, Cuba torna-se Kupa, Europa vira Elopa, Brasil vira Pasilu, etc.

As Dez Regras[editar | editar código-fonte]

A sintaxe de Toki Pona é tão simples que pode ser resumida em dez regras ([ colchetes ] são elementos opcionais e *asteriscos marcam elementos que podem ser repetidos):

1. Uma sentença pode ser
(a) uma interjeição (a, ala, ike, jaki, mu, o, pakala, pona, toki)
(b) da forma [cláusula] + [vocativo] + sujeito + predicado
(c) da forma [cláusula] + vocativo + predicado
2. Uma cláusula pode ser
(a) [taso] + sentença + la
(b) [taso] + sintagma nominal + la
("If/during cláusula, then main-clause")
3. Um [vocativo] é da forma
[sintagma nominal] + o
4. Um sujeito é da forma
(a) mi ou sina
(b) outro sintagma nominal + li

(mi mute e sina mute requerem li para formar um predicado.)

5. Um predicado pode ser
(a) sintagma nominal + [sintagma preposicionado]*
(b) sintagma verbal + [sintagma preposicionado]
(c) predicado + conjunção (anu (ou) ou li (e)) + predicado (that is, a compound predicado)
6. Um sintagma nominal pode ser
(a) nome + [modificador]*
(b) sintagma nominal pi (of) sintagma nominal
(c) sintagma nominal + conjunção + sintagma nominal
7. Um sintagma preposicionado é da forma
preposição + sintagma nominal
8. Um sintagma verbal pode ser
(a) verbal
(b) modal (kama (futuro), ken (pode), wile (quer)) + verbal
(c) verbalx + ala + verbalx (ambos os verbais são o mesmo)
(d) modalx + ala + modalx plus verbal (ambos os modais são o mesmo)
9. Um verbal pode ser
(a) verbo + [modificador]* (verbo intransitivo)
(b) verbo + [modificador]* + objeto direto* (verbo transitivo)
(c) lon ou tawa + sintagma nominal
10. Um objeto direto é da forma
e sintagma nominal

Dicionário (inclui palavras não-oficiais)[editar | editar código-fonte]

Legenda (abreviaturas)[editar | editar código-fonte]

- n nome (substantivo)

- mod modificador (adjetivo ou advérbio)

- sep separador

- vt verbo transitivo (normalmente usado com e)

- vi verbo intransitivo

- interj interjeição

- prep quase-preposição

- conj conjunção

- kama verbo composto precedido por kama

- cont palavra contextual usada antes de la

- oth especial, outras palavras

A[editar | editar código-fonte]

  • a (ou kin) interj ah, bem (palavra emocional)
  • akesi n bicho feio, réptil, anfíbio
  • ala mod não; n nada, negação, zero; interj não!
  • alasa n caça, caçador; vt caçar
  • ale, ali n tudo, vida, o universo; mod tudo, completo, inteiro
  • anpa n fundo, parte inferior, abaixo, mod baixo, inferior, para baixo
  • ante n diferença; mod diferente; cont de outra maneira vt mudar, alterar, modificar
  • anu conj ou
  • awen vi ficar, esperar, permanecer; vt manter; mod remanescente, estacionário, permanente, sedentário

E[editar | editar código-fonte]

  • e sep (introduz objeto direto)
  • en conj e (para coordenar substantivos)
  • esun n loja

I[editar | editar código-fonte]

  • ijo n coisa, algo, negócio, objeto; mod de algo; vt objetivar
  • ike mod ruim, negativo, errado, mau, complicado demais, (figurativamente) doentio; interj oh! ai! que pena!; n negatividade, ruindade, mal; vt tornar mau, piorar, ter efeito negativo; vi ser mau, ser chato
  • ilo n ferramenta, instrumento, máquina, aparelho, coisa usada para um propósito específico
  • insa n dentro, mundo interior, centro, estômago mod interior, interno

J[editar | editar código-fonte]

  • jaki mod sujo, imundo, podre; n sujeira, poluição, lixo; vt poluir, sujar; interj arre!, eca!
  • jan n pessoa, gente, humano, ser, alguém, todos; mod humano, de alguém, pessoal, de pessoas; vt personificar, humanizar, personalizar
  • jelo mod amarelo, verde-claro
  • jo vt ter, conter; n possessão; kama receber, conseguir, tomar, obter

K[editar | editar código-fonte]

  • kala n peixe, criatura do mar
  • kalama n som, barulho, voz; vi fazer barulho; vt soar, tocar (um instrumento, campainha)
  • kama vi vir, tornar, chegar, acontecer, agir para chegar a (um certo estado), fazer de maneira que, começar a; n evento, acontecimento, chance, chegada, começo; mod vindo, futuro; vt trazer, convocar, invocar
  • kasi n planta, folha, erva, árvore, madeira
  • ken vi poder, ser capaz de, ser autorizado a, ser permitido, ser possível; n possibilidade, capacidade, poder de fazer coisas, permissão; vt tornar possível, capacitar, permitir; cont é possível que
  • kepeken vt usar; prep com, por meio de
  • kili n fruta, vegetal sumarento, cogumelo
  • kijetesantakalu (palavra obsoleta criada como piada de 1º de Abril) n procionídeos (jupará, guaxinim, quati etc); tatu, pangolim
  • kin (ou a) também, mesmo (enfatiza a palavra precedente)
  • kipisi (palavra não original) vt cortar
  • kiwen mod duro, sólido pétreo, metálico n coisa dura, pedra, metal, cerâmica
  • ko n substância semi-sólida, por exemplo: pasta, pó, cola
  • kon n ar, vento, cheiro, alma; mod aéreo, etéreo, gasoso
  • kule n cor, tinta; mod colorido; vt colorir, pintar
  • kulupu n grupo, comunidade, sociedade, companhia, povo mod comunitário, partilhado, público, social
  • kute vt ouvir; mod auditório, acústico

L[editar | editar código-fonte]

  • la sep (entre advérbio ou frase de contexto e a sentença)
  • lape n, vi dormir, repousar; mod sonolento, dormente
  • laso mod azul, azul-verde
  • lawa n cabeça, mente; mod principal, líder, no comando vt liderar, governar, controlar, dirigir
  • len n roupa, pano, tecido
  • lete n frio; mod frio, cru; vt esfriar, refrescar
  • li sep (entre qualquer sujeito, exceto mi e sina, e seu verbo; também usado para introduzir um novo verbo para o mesmo sujeito)
  • lili mod pequeno, jovem, um pouco, baixo, poucos, menos; vt reduzir, encurtar, encolher, diminuir
  • linja n coisa longa, muito fina, frouxa, por exemplo: barbante, corda, cabelo, corrente
  • lipu n coisa chata e flexível, por exemplo: papel, cartão, bilhete
  • loje mod vermelho
  • lon prep estar (localizado) dentro/junto/sobre; vi estar aí, estar presente, ser real verdadeiro, existir, ser consciente
  • luka n mão, braço
  • lukin (ou oko) vt ver, olhar para, vigiar, ler; vi olhar, vigiar, prestar atenção mod visual(mente)
  • lupa n buraco, orifício, janela, porta

M[editar | editar código-fonte]

  • ma n terra, país, campo, área (externa)
  • mama n pai, mãe; mod parental, maternal, paternal
  • mani n dinheiro, riqueza material, moeda, dólar, capital
  • meli n mulher, fêmea, garota, esposa, namorada; mod feminino, mulheril
  • mi n eu, nós; mod meu, nosso
  • mije n homem, macho, marido, namorado; mod macho, masculino, viril
  • moku n comida, refeição; vt comer, beber, engolir, ingerir, consumir
  • moli n morte; vi morrer, estar morto; vt matar; mod morto, mortal, fatal
  • monsi n costas, traseiro; mod atrás, à ré
  • mu interj au! miau! mu! etc. (voz animal agradável)
  • mun n lua; mod lunar
  • musi n diversão, jogo, esporte, recreação arte, entretenimento; mod artístico, divertido, recreacional; vi brincar, divertir-se; vt divertir, entreter
  • mute mod muitos, muito, um monte, abundante, numeroso, mais; n quantidade; vt fazer muito ou muitos

N[editar | editar código-fonte]

  • namako (ou sin) mod novo, fresco, adicional, extra, outro, mais; vt renovar, refrescar
  • nanpa n number; oth números ordinais
  • nasa mod bobo, maluco, tolo, bêbado, estranho, estúpido, estranho; vt fazer coisas estranhas
  • nasin n jeito, maneira, modo, costume, estrada, caminho, doutrina, sistema, método
  • nena n protuberância, nariz, colina, montanha, botão
  • ni mod este, esta, esse, essa
  • nimi n palavra, nome
  • noka n perna, pé

O[editar | editar código-fonte]

  • o sep ó (vocativo ou imperativo); interj ei! (para chamar a atenção de alguém)
  • oko (ou lukin) n olho
  • olin n amor; mod amado; vt amar (uma pessoa)
  • ona n ela, ele, isso; mod seu, sua, disso, deles
  • open vt abrir, ligar (aparelho)

P[editar | editar código-fonte]

  • pakala n erro, acidente, destruição, dano, quebrar; vt estragar, ferrar, arruinar, quebrar, ferir, arruinar; vi estragar-se, desmoronar, quebrar-se; interj droga! m..!
  • pali n atividade, trabalh, feito, projeto; mod ativo, relacionado ao trabalho, operacional, que funciona; vt fazer, construir, criar; vi agir, trabalhar, funcionar
  • palisa n objeto longo e duro, por exemplo: vara, pau, galho
  • pan n comida, pão, arroz, grão, cereais e massas
  • pana vt dar, pôr, enviar, colocar, soltar, emitir, causar; n doação, transferência, troca
  • pata (palavra obsoleta) n irmão
  • pi sep de, pertencente a
  • pilin n sentimentos, emoção, coração; vi sentir; vt sentir, pensar, tocar
  • pimeja mod preto, escuro; n escuridão, sombras, trevas; vt escurecer
  • pini n fim, ponta; mod completo, acabado, passado, feito; vt terminar, fechar, encerrar, desligar (aparelho)
  • pipi n inseto, aranha
  • poka n lado, flanco, quadril, próximo; prep em companhia de, com; mod vizinho
  • poki n contêiner, caixa, vasilha, xícara, copo
  • pona n bem, simplicidade, positividade; mod bom, simples, positivo, gentil, correto, certo; interj bom! legal! obrigado! OK! jóia! vt melhorar, consertar, fazer o bem
  • pu usado para fazer alguma relação ou referência ao livro de Toki Pona

S[editar | editar código-fonte]

  • sama mod mesmo, similar, igual, de posição ou status igual; prep como
  • seli n fogo, calor; mod quente, morno, cozido; vt esquentar, aquecer, cozinhar
  • selo n exterior, superfície, pele, concha, casca, formato
  • seme oth que, qu- (palavra interrogativa)
  • sewi n alto, para cima, acima, topo, sobre; mod superior, elevado, religioso, formal
  • sijelo n corpo, estado físico
  • sike n círculo, roda, esfera, bola, ciclo; mod redondo, cíclico
  • sin (ou namako) mod novo, fresco, outro, mais; vt renovar, refrescar
  • sina n você; mod seu
  • sinpin n frente, peito, torso, face, parede
  • sitelen n pintura, imagem; vt desenhar, escrever
  • Soja (palavra não original) n soja
  • sona n conhecimento, sabedoria, inteligência, entendimento; vt saber, entender, saber como; vi saber, compreender; kama aprender, estudar
  • soweli n animal, especialmente animal terrestre, animal amável
  • suli mod grande, alto, longo, adulto, importante; vt aumentar, prolongar; n tamanho
  • suno n sol, luz
  • supa n superfície horizontal, por exemplo, e.g móvel, mesa, cadeira, almofada, chão
  • suwi n doce, comida doce; mod doce, fofinho; vt adoçar

T[editar | editar código-fonte]

  • tan prep de, por, por causa de, pois; n origem, causa
  • taso mod somente, só; conj mas
  • tawa prep para, com o objetivo de, na direção de, até que; vi ir, andar, viajar, mover-se, mudar-se, ir-se embora; n movimento, transporte; mod móvel, movente; vt mover, deslocar
  • telo n água, líquido, suco, molho; vt aguar, lavar com água
  • tenpo n tempo, período, momento, duração, situação
  • toki n linguagem, fala, comunicação; mod falante, verbal; vt dizer; vi falar, conversar, comunicar-se; interj alô! oi!
  • tomo n espaço fechado, por exemplo: casa, lar, quarto, construção; mod urbano, doméstico
  • tu mod dois; n dupla, par; vt dobrar, separar/cortar/dividir em dois

U[editar | editar código-fonte]

  • unpa n sexo, sexualidade; mod erótico, sexual; vt ter sexo com, dormir com; vi fazer sexo, transar
  • uta n boca; mod oral
  • utala n conflito, desarmonia, competição, luta, guerra, batalha, ataque, golpe, argumento, violência física ou verbal; vt golpear, atacar, atingir, competir contra

W[editar | editar código-fonte]

  • walo mod branco, claro (cor); n coisa ou parte branca, brancura, claridade
  • wan mod um; n unidade, elemento, partícula, parte, peça; vt unir, unificar
  • waso n pássaro, animal com asas
  • wawa n energia, força, poder; mod energético, forte, feroz, intenso, seguro, confiante; vt reforçar, energizar, autorizar
  • weka mod longe, ausente, perdido; n ausência; vt jogar fora, remover, livrar-se de
  • wile vt querer, precisar de, desejar, ter de, dever; n desejo, necessidade, vontade; mod necessário

Literatura[editar | editar código-fonte]

Muitos textos já foram traduzidos para o Toki Pona. Um bom exemplo é mama pi mi mute (Pai Nosso):

mama pi mi mute o, sina lon sewi kon.
nimi sina li sewi.
ma sina o kama.
jan o pali e wile sina lon sewi kon en lon ma.
o pana e moku pi tenpo suno ni tawa mi mute.
o weka e pali ike mi. sama la mi weka e pali ike pi jan ante.
o lawa ala e mi tawa ike.
o lawa e mi tan ike.
tenpo ali la sina jo e ma e wawa e pona.
ni li nasin.

Referências

  1. LEAL, Renata (2007). Que inglês, nada!. Revista Época. 17 de janeiro de 2007. p. 90
  2. "the simple language of good". Toki Pona. 2009-10-10. Consult. 19 de dezembro de 2009. 
  3. a b Knight, Bryant (jan Pije). "Lesson 2". The o kama sona e toki pona! Language Course. Consult. 20 de julho de 2007. 
  4. Toki Pona: kalama / sounds
  5. Knight, Bryant (jan Pije). "Lesson 16". The o kama sona e toki pona! Language Course. Consult. 2007-07-20. 
  6. Yerrick, Damian (October 23, 2002). "Toki Pona li pona ala pona? A review of the Toki Pona planned language". Pin Eight. Consult. 2007-07-20. 
  7. Knight, Bryant (jan Pije). "Lesson 13". The o kama sona e toki pona! Language Course. Consult. 2007-07-20. 
  8. Toki Pona: nimi li tan seme? / etymological dictionary / etimologia vortaro
  9. Knight, Bryant (jan Pije). "Lesson 3". The o kama sona e toki pona! Language Course. Consult. 2007-07-20. 
  10. Knight, Bryant (jan Pije). "Lesson 4". The o kama sona e toki pona! Language Course. Consult. 2007-07-20. 
  11. Knight, Bryant (jan Pije). "Lesson 17". The o kama sona e toki pona! Language Course. Consult. 2007-07-20. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]