Tom Clancy's Rainbow Six Siege

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Tom Clancy's Rainbow Six: Siege
Produtora(s) Ubisoft Montreal
Editora(s) Ubisoft
Diretor(es) Xavier Marquis[1]
Produtor(es) Sebastien Labbe
Designer(s) Andrew Witts[2]
Motor AnvilNext (com tecnologia Realblast Destruction)[2]
Plataforma(s) Microsoft Windows
PlayStation 4
Xbox One
Série Tom Clancy's Rainbow Six
Data(s) de lançamento 1 de Dezembro de 2015[3]
    Género(s) First person shooter
    Modos de jogo Multijogador

    Tom Clancy's Rainbow Six Siege é um videojogo do género first person shooter produzido pela Ubisoft Montreal. Foi anunciado pela Ubisoft a 9 de Junho de 2014 na Electronic Entertainment Expo 2014 onde foi muito aplaudido pela crítica. Foi lançado para Xbox One, PlayStation 4 e para Microsoft Windows em 1 de Dezembro de 2015.

    Siege usa o motor AnvilNext, propriedade da Ubisoft, e é considerado o sucessor de Tom Clancy's Rainbow 6: Patriots, que foi cancelado. Como os outros títulos da série, foca-se sobretudo no trabalho em equipe e realismo. No entanto, têm algumas diferenças para os outros jogos, baseando-se fortemente na cooperação entre os jogadores e na destruição de ambientes fechados. No entanto, Siege não tem nenhuma apenas os cenários campanha, apesar de oferecer o modo Cenários, onde o jogador pode aprender a utilizar os operadores, e oferece também o modo online.

    Os jogadores assumem o papel de um dos membros da equipe contra-terrorista Rainbow, que tem de enfrentar um novo inimigo chamado The White Masks, que estão a causar o caos por todo o mundo apesar de se desconhecer as suas reais intenções.

    Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

    Imagem que mostra o “Hostage Mode”. O jogador da equipa Rainbow (equipa atacante) tem de momento na sua posse a refém capturada pelos terroristas (equipa adversária).

    Tom Clancy's Rainbow Six Siege é um jogo de tiro na primeira pessoa táctico, em que os jogadores assumem o papel de um dos membros da equipe Rainbow, uma unidade contra-terrorista. Os membros têm diferentes nacionalidades, habilidades e equipamentos.[4] Por exemplo, um deles com o nome Twitch tem um drone que pode dar choques aos inimigos com uma descarga eléctrica, enquanto que Smoke tem a habilidade de colocar gases venenosos, fazendo decrescer a energia dos inimigos nas áreas afectadas. Como resultado, o jogo tem uma estrutura assimétrica.[5] Cada um dos lados têm acesso ao "Recruit", cujo equipamento e aparelhos podem ser personalizados pelo jogador, conforme os requerimentos da missão em que vão entrar.[6] Os jogadores só têm acesso a uma classe durante uma ronda. As armas poderosas, como as granadas, são valiosas porque o seu numero é limitado.[7] O trabalho em equipe e as comunicações entre jogadores são pontos encorajados em Siege, e é pedido aos jogadores para integrar as suas habilidades para eliminar os inimigos.[8][8][9]

    Os jogadores podem planear o ataque antes da ronda começar. Os atacantes podem por exemplo enviar drones para estudar o ambiente e localizar os inimigos e os alvos que procuram, enquanto que os defensores podem fortificar algumas áreas para prevenir ataques. Os atacantes podem começar em várias localizações do mapa.[8] Os mapas foram desenhados para haver combates em ambientes confinados. Uma vez mortos os jogadores não podem ressuscitar, no entanto podem reavivar os companheiros de equipe caídos. A razão é porque a equipe de produção quer encorajar os jogadores a usarem trabalho de equipe, tácticas e construir tensão, ao qual foi chamado "os três grandes pilares" da Ubisoft Montreal.[10] O tempo de cada jogo ou ronda é curto.[7] Verticalidade está entre os aspectos chave no desenho dos mapas. os jogadores podem destruir o chão e o teto, assim como fazer emboscadas quando descem em rappel e entram a partir de janelas.[8] também é dada grande ênfase à destruição, uma das grandes razões que levo ao cancelamento de Rainbow Six: Patriots.[11] É também o “centro da experiência” de Siege, de acordo com Andrew Witts, o designer do jogo.[12] Está incluído no jogo um um sistema de destruição processual. As estruturas podem ser destruídas com explosivos, ou ao fazer buracos de bala. Os ambientes têm diferentes materiais, em que os objectos ambientais de diferentes materiais irão mostrar reacções diferentes para com os ataques do jogador.[12][13] Os jogadores podem ganhar vantagem através da destruição e o sistema tende a encorajar os jogadores a serem criativos e estratégicos.[13][14] Para dar uma jogabilidade mais realista, o jogo tem um sistema de penetração de balas, no qual os projecteis fazem menos dano quando acertam nos inimigos através das estruturas.[12] Em adição à destruição, os jogadores podem usar barreiras e escudos para protecção, mas estes também podem ser destruídos.[15] Para prevenir os ataques os defensores podem criar armadilhas, com arame farpado por exemplo, ao redor dos mapas.[16]

    O jogo tem vários modos, como o “Hostage Mode”, na qual os atacantes têm de extrair o refém (masculino ou feminino) dos defensores, enquanto que estes têm de prevenir que tal aconteça.[17] Um outro é o modo cooperativo "Terrohunt", que suporta até cinco jogadores. Os jogadores controlam ou os atacantes ou os defensores, e têm de lutar contra várias "ondas" de inimigos controlados pela inteligência artificial.[18][19] Siege será lançado com dez mapas.[20]

    O jogo também inclui uma campanha para um jogador.[21] Todos os níveis da campanha podem ser jogados de modo cooperativo com outros jogadores. Similar a outros modos multijogador, na campanha os jogadores não podem reavivar depois de mortos pelos inimigos.[22]

    Apesar da sua boa jogabilidade, Rainbow Six Siege sofre com sérios problemas em relação aos seus servidores, que têm se mostram instáveis, com desconexões durante as partidas, inclusive em eventos organizados pela própria Ubisoft Brasil.

    Cenário[editar | editar código-fonte]

    Anos depois da desactivação do Programa Rainbow, o programa foi de novo reactivado por uma nova líder, conhecida apenas por Six (voz de Angela Bassett).[23] Os jogadores assumem o papel de um dos membros da equipe contra-terrorista Rainbow, que tem de enfrentar um novo inimigo chamado The White Masks, que estão a causar o caos por todo o mundo apesar de se desconhecer as suas reais intenções.[22]

    Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

    Siege é considerado o sucessor de Tom Clancy's Rainbow 6: Patriots, que foi cancelado.[24] Como os outros títulos da série, foca-se sobretudo em trabalho de equipe e realismo. No entanto, têm algumas diferenças para os outros jogos, baseando-se fortemente na cooperação entre os jogadores e na destruição de ambientes fechados.[25][26][27] O jogo usa o motor AnvilNext, propriedade da Ubisoft, e é o primeiro da série desde Rogue Spear que não usa o Unreal Engine da Epic.[2] A produção começou em Janeiro de 2013,[12] e foi revelado pela Ubisoft a 9 de Junho de 2014 na Electronic Entertainment Expo 2014, recebendo boas reacções por parte da critica.[25][26][28]

    A 15 de Junho de 2015, durante a conferencia de imprensa da Ubisoft na E3, foram mostrados vários vídeos do jogo. Os vídeos, que foram depois carregados para o canal oficial YouTube, mostram elementos do ambiente e da jogabilidade de Rainbow Six Siege. Também anunciado foi o modo Terrorist Hunt, um modo cooperativo introduzido em jogos anteriores da série.[29]

    A 30 de Outubro de 2015 foi dado a conhecer que Rainbow Six Siege já tinha entrado na fase ouro, significando que a produção do jogo estava completa.[30]

    Testes beta[editar | editar código-fonte]

    Em Março de 2015, a Ubisoft anunciou que estava em produção uma versão alpha fechada, exclusiva para Microsoft Windows.[1][31] Também foi anunciado uma beta fechada para Microsoft Windows, PlayStation 4 e Xbox One. A Ubisoft revelou que para garantir a beta teria de se pré-reservar o jogo em qualquer plataforma.[32] Os jogadores também podem ter acesso à beta se doarem dinheiro à organização de caridade Extra Life.[33] Os teste beta decorreram de 24 de Setembro até 4 de Outubro de 2015.[34][35]

    Lançamento[editar | editar código-fonte]

    Inicialmente previsto para Outubro de 2015,[36] Tom Clancy's Rainbow Six: Siege vai ser lançado a 1 de Dezembro de 2015 para Microsoft Windows, PlayStation 4 e Xbox One. A equipe referiu que o adiamento de deveu à necessidade de precisarem de mais tempo para produzir o jogo.[37] Os jogadores que comprarem Siege para Xbox One podem descarregar gratuitamente Vegas e Vegas 2.[38] Em Março de 2015 foi anunciada a edição de coleccionador para o jogo. Com o nome "Art of Siege" a edição inclui para além do jogo, uma caixa de coleccionador, um pacote que permite dourar todas as armas do jogo e um Guia Táctico de 120 páginas.[39] Exclusiva para a loja Uplay existe a edição "Tactical Elite", que tem todos os conteúdos da anterior mas acrescenta o Season Pass (Passe de Temporada).[40]

    Recepção[editar | editar código-fonte]

    Pré-lançamento[editar | editar código-fonte]

    Tom Clancy's Rainbow Six: Siege foi jogado durante a E3 2014 em que se mostrava um cenário de salvamento de um refém, o que levou a reacções muito positivas da imprensa da especialidade.[25][26][28] Eventualmente acabou por ganhar o prémio de "Melhor Jogo do Evento E3 2014", atribuído pela IGN.[41]

    Competitivo[editar | editar código-fonte]

    O CBR6 vem promovendo campeonatos no cenário competitivo amador e profissional para todas as plataformas (computador, Xbox One e PlayStation 4). O site foi Lançado junto com o game em 01 de Dezembro de 2015.

    Análises profissionais[editar | editar código-fonte]

     
    Resenha crítica
    Publicação Nota
    Destructoid 8/10[42]
    Examiner 4 de 5 estrelas.[43]
    GameSpot 8/10[44]
    GamesRadar 3.5 de 5 estrelas.[45]
    Hardcore Gamer 2.5/5[46]
    IGN 7.9/10[47]
    PC Gamer 90/100[48]
    Metro 7/10[49]
    The Jimquisition 6.5/10[50]
    Trusted Reviews 4 de 5 estrelas.[51]
    USGamer 4 de 5 estrelas.[52]
    Pontuação global
    Publicação Nota média
    GameRankings (PC) 77.67%[53]
    (PS4) 74.70%[54]
    (XONE) 72.00%[55]
    Metacritic (PC) 78/100[56]
    (PS4) 74/100[57]
    (XONE) 74/100[58]
    OpenCritic 74/100[59]

    Referências

    1. a b Michael McWhertor (12 de março de 2014). «"Rainbow Six: Siege is getting a closed alpha test, sign up now"». Polygon. Consultado em 16 de setembro de 2014. 
    2. a b c Lewis, Anne (9 de junho de 2014). «What Is Rainbow Six Siege? - UbiBlog - Ubisoft®». Ubisoft. Consultado em 2 de julho de 2014. 
    3. Vedor, Luís (19 de agosto de 2015). «"UBISOFT ADIA LANÇAMENTO DE RAINBOW SIX SIEGE PARA 1 DE DEZEMBRO DE 2015"». PC Guia. Consultado em 16 de setembro de 2015. 
    4. McWhertor, Michael (4 de junho de 2015). «Meet Rainbow Six Siege's FBI SWAT operators». Polygon. Consultado em 25 de junho de 2015. 
    5. Cowen, Nick (13 de junho de 2014). «E3 2014: Rainbow Six Siege preview». The Guardian. Consultado em 25 de junho de 2015. 
    6. Lewis, Anne (30 de março de 2015). «Rainbow Six Siege - Meets The Operator». Ubisoft. Consultado em 25 de junho de 2015. 
    7. a b Mccaffrey, Ryan (30 de março de 2015). «6 Thing We Think About Rainbow Six Siege». IGN. Consultado em 25 de junho de 2015. 
    8. a b c d Burns, Steven (10 de abril de 2015). «Rainbow Six Siege alpha impressions». VideoGamer.com. Consultado em 25 de junho de 2015. 
    9. Buckeridge, Rory (12 de junho de 2014). «E3 2014: Rainbow Six: Siege details emerge as Ubisoft unveil explosive hostage situation shooter». Mirror.co.uk. Consultado em 25 de junho de 2015. 
    10. Makuch, Eddie (15 de outubro de 2014). «Why Rainbow Six Siege Doesn't Let You Respawn». GameSpot. Consultado em 25 de junho de 2015. 
    11. Devore, Jordan (17 de junho de 2014). «Ubisoft talks single-player in Rainbow Six: Siege». Destructoid. Consultado em 25 de junho de 2015. 
    12. a b c d Lahti, Evan (18 de junho de 2014). «Rainbow Six Siege interview: how destruction works, moddability, hostage design». PC Gamer. Consultado em 25 de junho de 2015. 
    13. a b Lien, Tracey (11 de junho de 2014). «Rainbow Six Siege will let you do damage in creative ways». Consultado em 25 de junho de 2015. 
    14. Langshaw, Mark (28 de abril de 2015). «Hands-on with tactical, destruction-filled shooter Rainbow Six Siege». Digital Spy. Consultado em 25 de junho de 2015. 
    15. Lewis, Anne (11 de junho de 2014). «Rainbow Six Siege - Destruction, Fortification And Other Modes». Ubisoft. Consultado em 25 de junho de 2015. 
    16. Wong, Steven (10 de abril de 2015). «Rainbow Six: Siege Closed Alpha Impressions: What Hostage?». Shacknews. Consultado em 25 de junho de 2015. 
    17. Chieng, Kevin (9 de junho de 2014). «Siege is the Next Rainbow Six Game». GameTrailers. Consultado em 25 de junho de 2015. 
    18. Phillips, Tom (16 de junho de 2015). «Rainbow Six Siege player-vs-AI Terrohunt mode detailed». Eurogamer. Consultado em 25 de junho de 2015. 
    19. VanOrd, Kevin (15 de junho de 2015). «The Crushing Tension of Rainbow Six: Siege at E3 2015». GameSpot. Consultado em 25 de junho de 2015. 
    20. Karmali, Luke (16 de setembro de 2015). «"RAINBOW SIX SIEGE LAUNCHES WITH 10 MAPS, MORE COMING AS DLC"». IGN. Consultado em 16 de setembro de 2015. 
    21. Whittaker, Matt (11 de junho de 2014). «E3 2014: Rainbow Six: Siege Will Feature Single Player, Co-Op, and Competitive Mutliplayer». Hardcore Gamer. Consultado em 25 de junho de 2015. 
    22. a b Lewis, Anne (15 de janeiro de 2015). «Rainbow Six Siege - Single-player And TerroHunt». Ubisoft. Consultado em 25 de junho de 2015. 
    23. Lawler, Richard (15 de junho de 2015). «'Rainbow Six Siege' has Angela Bassett, beta launches September 24th». Engadget. Consultado em 25 de junho de 2015. 
    24. Crecente, Brian (9 de junho de 2014). «Rainbow 6: Patriots canceled, replaced by Rainbow Six Siege». Polygon. Consultado em 13 de junho de 2014. 
    25. a b c Ben Skipper (12 de junho de 2014). «E3 2014 Game of Show - Tom Clancy's Rainbow Six: Siege - Rainbow Six returns, and wins us over at E3 2014». IBTimes. Consultado em 18 de junho de 2014. 
    26. a b c MITCH DYER (10 de junho de 2014). «E3 2014: RAINBOW SIX PATRIOTS IS DEAD, SIEGE PUTS MULTIPLAYER FIRST». IGN. Consultado em 18 de junho de 2014. 
    27. Senior, Tom (10 de junho de 2014). «10 things we know about Rainbow 6: Siege from yesterday's debut showing». PC Gamer. Consultado em 13 de junho de 2014. 
    28. a b Karmali, Luke (18 de junho de 2014). «RAINBOW SIX: PATRIOTS SHOT DEAD AS IT WAS 'OLD-GEN'». IGN. Consultado em 18 de junho de 2014. 
    29. Fenlon, Wes (16 de junho de 2015). «Rainbow Six Siege Terrorist Hunt video and impressions». PC Gamer. Consultado em 16 de junho de 2015. 
    30. Eddie Makuch (30 de outubro de 2015). «"Rainbow Six Siege Goes Gold, New Gameplay Trailer Released"». GameSpot. Consultado em 30 de outubro de 2015. 
    31. Nunneley, Stephany (12 de março de 2015). «You can now sign up for the Rainbow Six Siege closed Alpha». VG247. Consultado em 12 de março de 2015. 
    32. Scammell, David (23 de março de 2015). «Rainbow Six Siege getting closed beta test on PS4, Xbox One & PC». VideoGamer.com. Consultado em 25 de março de 2015. 
    33. Futter, Mike (16 de julho de 2015). «Curse Is Giving Away Guaranteed Access To The Rainbow Six Siege Beta». Game Informer. Consultado em 16 de julho de 2015. 
    34. Sarker, Samit (16 de junho de 2015). «Rainbow Six Siege brings Terrorist Hunt co-op mode to E3, beta starts Sept. 24». Polygon. Consultado em 16 de junho de 2015. 
    35. Osborn, Alex (30 de setembro de 2015). «"Tom Clancy's Rainbow Six Siege Beta Extended"». IGN. Consultado em 22 de outubro de 2015. 
    36. Tom, Phillips (14 de maio de 2015). «Rainbow Six Siege gets October release date». Eurogamer. Consultado em 14 de maio de 2015. 
    37. Andy, Chalk (18 de agosto de 2015). «Rainbow Six Siege delayed». PC Gamer. Consultado em 19 de agosto de 2015. 
    38. Silva, Marty (15 de junho de 2015). «E3 2015: Rainbow Six Vegas 1 and 2 Free With Siege on Xbox One». IGN. Consultado em 25 de junho de 2015. 
    39. Duwell, Ron (31 de março de 2015). «Rainbow Six: Siege 'Operators' gameplay trailer and collector's edition». TechnoBuffalo. Consultado em 25 de junho de 2015. 
    40. Matt Martin (14 de maio de 2015). «"Rainbow Six Siege release set for October 13"». VG247. Consultado em 16 de setembro de 2015. 
    41. «IGN'S BEST OF E3 2014 AWARDS». IGN. 12 de junho de 2014. Consultado em 23 de junho de 2014. 
    42. Carter, Chris (2 de dezembro de 2015). «Review: Tom Clancy's Rainbow Six Siege». Destructoid. Consultado em 2 de dezembro de 2015. 
    43. Steven Ruygrok. «Rainbow Six Siege (PS4 and Xbox One)». Examiner. Consultado em 7 de dezembro de 2015. 
    44. Butterworth, Scott (4 de dezembro de 2015). «Tom Clancy's Rainbow Six Siege Review». GameSpot. Consultado em 4 de dezembro de 2015. 
    45. Griffin, Ben (30 de novembro de 2015). «Rainbow Six: Siege review». GamesRadar. Consultado em 30 de novembro de 2015. 
    46. Matt Whittaker. «Review: Tom Clancy's Rainbow Six Siege». Hardcore Gamer. Consultado em 7 de dezembro de 2015. 
    47. Ryan Mccaffrey (30 de novembro de 2015). «Rainbow Six Siege Review». IGN. Consultado em 7 de dezembro de 2015. 
    48. Davenport, James (3 de dezembro de 2015). «Rainbow Six Siege review». PC Gamer. Consultado em 3 de dezembro de 2015. 
    49. «Rainbow Six Siege review – Rainbow climbing high». Metro. 3 de dezembro de 2015. Consultado em 7 de dezembro de 2015. 
    50. Jim Sterling (4 de dezembro de 2015). «Tom Clancy's Rainbow Six Siege Review – Microclancactions». The Jimquisition. Consultado em 7 de dezembro de 2015. 
    51. Steve Boxer (30 de novembro de 2015). «Rainbow 6: Siege review». Trusted Reviews. Consultado em 7 de dezembro de 2015. 
    52. Jaz Rignall (2 de dezembro de 2015). «Rainbow Six: Siege PC Review: Tense, Tactical Shooter». USGamer. Consultado em 7 de dezembro de 2015. 
    53. «Tom Clancy's Rainbow Six Siege for PC». GameRankings. Consultado em 22 de dezembro de 2015. 
    54. «Tom Clancy's Rainbow Six Siege for PlayStation 4». GameRankings. Consultado em 22 de dezembro de 2015. 
    55. «Tom Clancy's Rainbow Six Siege for Xbox One». GameRankings. Consultado em 22 de dezembro de 2015. 
    56. «Tom Clancy's Rainbow Six Siege for PC Reviews». Metacritic. Consultado em 22 de dezembro de 2015. 
    57. «Tom Clancy's Rainbow Six Siege for PlayStation 4 Reviews». Metacritic. Consultado em 22 de dezembro de 2015. 
    58. «Tom Clancy's Rainbow Six Siege for Xbox One Reviews». Metacritic. Consultado em 22 de dezembro de 2015. 
    59. «Tom Clancy's Rainbow Six Siege Reviews». OpenCritic. Consultado em 7 de dezembro de 2015. 

    Ligações Externas[editar | editar código-fonte]