Vazamento de fotografias de celebridades em 2014

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Kate Upton, Kirsten Dunst e Jennifer Lawrence foram algumas das vítimas que confirmaram a autenticidade de suas fotografias vazadas.

Em 31 de agosto de 2014, uma coletânea de quase quinhentas fotografias privadas de várias celebridades, a maioria mulheres e com muitas contendo nudez, foram postadas no imageboard 4chan, e mais tarde disseminadas por outros usuários em websites e redes sociais como Imgur, Reddit e Tumblr. Acredita-se que estas fotografias teriam sido obtidas através de uma violação dos serviços de armazenamento em nuvem da Apple, iCloud,[1][2][3] porém mais tarde descobriu-se que os hackers conseguiram tirar vantagem de um problema de segurança na API da iCloud o que lhes permitia fazer tentativas ilimitadas em adivinhar senhas das vítimas. [4][5][6]

O evento, que mídia e os utilizadores da Internet denominaram como «The Fappening» (uma amálgama das palavras "fap" — uma gíria para masturbação — e a palavra "happening"[7][8][9]) e «Celebgate» (contração de «Celebridade» e «Watergate»), foi recebido com reações variadas dos meios de comunicação e das celebridades. Os críticos consideraram que a distribuição das imagens era uma grande invasão de privacidade das vítimas, enquanto alguns questionaram sua autenticidade. O vazamento também levou ao aumento da preocupação dos analistas em torno da privacidade e segurança dos serviços de armazenamento em nuvem como o iCloud, com especial enfase na sua utilização para armazenar informações privadas e sensíveis.

Vítimas[editar | editar código-fonte]

A seguir está uma lista de celebridades afetadas pelo vazamento de suas fotografias privadas elaborada pelo website Variety Latino. Notar que nem todas as imagens divulgadas foram consideradas como genuínas e nem todas as personalidades listadas abaixo tiveram suas fotos expostas na Internet.[10]

Referências