We're Not Married!

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
We're Not Married!
Não Estamos Casados (PT)
Travessuras de Casados (BR)
 Estados Unidos
1952 •  preto e branco •  85[1] min 
Direção Edmund Goulding
Produção Nunnally Johnson
Roteiro Nunnally Johnson
Baseado em If I Could Remarry de Gina Kaus e Jay Dratler
Elenco Victor Moore
Ginger Rogers
Fred Allen
Marilyn Monroe
David Wayne
Eve Arden
Paul Douglas
Eddie Bracken
Mitzi Gaynor
Gênero Drama, Film noir
Música Cyril J. Mockridge
Cinematografia Leo Tover
Edição Louis R. Loeffler
Companhia(s) produtora(s) 20th Century Fox[2]
Distribuição 20th Century Fox
(1952) (EUA) (cinema)
20th Century Fox
(2004) (EUA) (DVD)[3]
Lançamento Estados Unidos 11 de julho de 1952
Portugal 06 de julho de 1953[4]
Idioma Inglês
Receita US$ 2,000,000 (EUA)[5]
Página no IMDb (em inglês)

We're Not Married! (br: Travessuras de Casados / pt: Não Estamos Casados)[6] é um filme americano 1952, do gênero comédia romântica, dirigido por Edmund Goulding e lançado pela 20th Century Fox.

O roteiro foi escrito por Nunnally Johnson, enquanto a história é uma adaptação feita por Dwight Taylor duma história não publicada de Gina Kaus e Jay Dratler chamada "If I Could Remarry" ("Se Eu Pudesse Casar de Novo").[7]

O filme é estrelado por Victor Moore, Ginger Rogers, Fred Allen, Marilyn Monroe, David Wayne, Eve Arden, Paul Douglas, Eddie Bracken, e Mitzi Gaynor. Co-estrelas incluem Louis Calhern, Zsa Zsa Gabor, James Gleason, Paul Stewart, e Jane Darwell.

Enredo[editar | editar código-fonte]

O idoso Sr. Bush (Victor Moore) é nomeado para Juiz de Paz na véspera de Natal e no mesmo dia casa vários casais que o procuram. Porém, sua nomeação só tem validade a partir de 1 de janeiro do ano seguinte. Dois anos e meio depois, para seu horror, o Sr. Bush fica sabendo do erro quando um dos seis casais entra com o processo de divórcio e descobre que sua união nunca fora legal aos olhos da lei. Para evitar um escândalo ainda maior, o governador envia cartas aos outros cinco casais avisando-lhes que não estão "legalmente casados" e convidando-os a renovarem seus votos.[8] A partir daí, é mostrado, em diferentes segmentos, como os casais reagiram à notícia:

  • Casal nº1: Steve Gladwyn (Fred Allen) e Ramona (Ginger Rogers) possuem um programa de rádio do estilo marido e mulher, chamado Breakfast with the Glad Gladwyns (Café da Manhã com os Alegres Gladwyn), mas na realidade já não suportam um ao outro e ficam felizes ao descobrirem que na verdade não são casados. O produtor do programa, H. D. Graves (Richard Buckley) lembra a eles que seu programa matinal é o de maior audiência das rádios, e que, se eles não são casados​​, não receberão mais seu salário semanal de US $5.000. Graves é apoiado pelo executivo da estação de rádio Twitchell, que aponta que os Gladwyn assinaram seu contrato como "Sr. e Sra. Gladwyn", e devem, portanto, se casarem de novo​​, a fim de honrá-lo.
  • Casal nº2: Jeff Norris (David Wayne) e Annabel (Marilyn Monroe). Annabel é a escultural vencedora do concurso de beleza "Sra. Mississippi", e apesar de Jeff se orgulhar de sua esposa, ele fica costernado ao saber que seu promotor, Duffy (James Gleason), tem a intenção de mantê-la tão ocupada que ela não será capaz de retornar aos seus deveres de dona de casa. Jeff já está exausto de cuidar de seu recém-nascido filho Bitsy, e assim, quando ele recebe a carta do governador, liga para os oficiais do concurso de beleza para dizer que como ela é uma mulher solteira, Annabel deverá ser desqualificada. O esquema de Jeff sai pela culatra, no entanto, quando Annabel concorre e vence o concurso Miss Mississippi.
  • Casal nº3: Hector Woodruff (Paul Douglas) e Katie (Eve Arden) vivem no subúrbio e estão passando uma noite tranquila como de costume, quando Hector lê a carta do governador. Hector fantasia sobre se divertir com suas numerosas ex-namoradas em boates chiques, mas ao se imaginar recebendo as enormes contas que essa diversão lhe custaria, ele rapidamente queima a carta antes de Katie poder vê-la.
  • Casal nº4: O bondoso milionário Frederick S. Melrose (Louis Calhern) e sua exótica e muito mais jovem esposa Eva (Zsa Zsa Gabor). A calculista Eva, que só se casou com Freddie por seu dinheiro, arranja para que ele seja fotografado em uma posição comprometedora em um hotel de Nova Orleans, e usa a fotografia para chantageá-lo a fazer um robusto acordo de divórcio. Freddie fica estupefato pela ganância de Eva e de seu advogado, Stone (Paul Stewart), e quando a carta do governador é entregue em seu escritório, Freddie, rindo, vê uma solução para o seu problema. Fingindo cooperar, Freddie lista suas inúmeras posses e, em seguida, mostra a carta a Eva. Depois de Eva desmaiar, Freddie presunçosamente diz a Stone que ele pode juntar sua cliente agora.
  • Casal nº5: Willie Fisher (Eddie Bracken) e Patsy (Mitzi Gaynor) se despedem numa estação de trem depois que Willie, convcado pela Marinha, é designado ao Pacífico. Enquanto o trem parte, Patsy diz a Willie que ele está prestes a se tornar pai e, depois que lê a carta do governador, fica horrorizado com a constatação de que seu bebê será ilegítimo caso morra na Guerra. Willie salta do trem e assim se torna um desertor, então telegrama Patsy para encontrá-lo em Port City. Patsy chega ao local do encontro, e eles correm para a prefeitura para obter uma licença. O funcionário dá-lhes a licença, mas informa que eles devem ser casados ​​pelo juiz de paz, cujo escritório fica do outro lado da rua. Atravessar a rua é dificultado por dois policiais militares em patrulha que perdem Willie após uma breve perseguição. No escritório, o juiz de paz informa ao infeliz casal que eles devem primeiro obter um relatório físico, e Patsy teme que sua gravidez seja revelada. Porém, só é necessário um simples exame de sangue. Enquanto esperam no consultório médico, Willie é preso pelos policiais. Enquanto uma triste Patsy está parada na doca após Willie ter partido de navio, um amigável capelão oferece sua ajuda. Ao ouvir o problema, o capelão arranja para que Patsy e Willie, que fora jogado na prisão, se casem pelo rádio.

Logo depois, Annabel e Jeff casam novamente​​, assim como Katie e Hector. Ramona e Steve, ambos mal-humorados, vão à prefeitura para a cerimônia, e quando um jovem e animado casal surge, Steve pergunta se eles podem lhes dar um pouco de seu arroz. Animado com o gesto, Steve e Ramona percebem que de fato se amam, e sorriem enquanto entram no escritório da prefeitura.

Um sexto segmento, estrelado por Hope Emerson e Walter Brennan como um casal rural, foi cortado da versão final.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Canções[editar | editar código-fonte]

Título[9] Crédito(s) Nota(s)
"Cuddles" Escrita por Edmund Goulding Cantada pelo homem no balcão
"Marcha Nupcial" Da peça Sonho de uma Noite de Verão
(Música de Felix Mendelssohn-Bartholdy)
Tocada durenta os créditos iniciais
"The First Noel" - Cantada durante a cena de abertura
"Noite Feliz" Música de Franz Gruber
Letra de Joseph Mohr
Cantada pelo coro quando os Gladwyn se casam
"Valsa de'Coppélia'" Música de Léo Delibes Tocada depois que Ramona liga a luz enquanto se levanta
"Home, Sweet Home" Música de Henry Bishop Tocada no órgão no começo do programa de rádio
"Sweet and Lovely" Música de Gus Arnheim, Harry Tobias
e Neil Moret (como Jules LeMare)
Tocada durante a seção de traje de banho no concurso de beleza
"Baby Face" Música de Harry Akst Tocada após o troféu ser entregue a Annabel
"Perfidia" Escrita por Alberto Domínguez Tocada no rádio quando Hector está contando a Katie sobre o Latin Quarter

Referências

  1. «WE'RE NOT MARRIED!(1952): Additional Details - Duration(mins)» (em inglês). TCM. Consultado em 22 de setembro de 2014 
  2. «WE'RE NOT MARRIED!(1952): Additional Details - Production Co» (em inglês). TCM. Consultado em 22 de setembro de 2014 
  3. «Travessuras de Casados (1952): Company Credits - Distributors» (em inglês). IMDb. Consultado em 22 de setembro de 2014 
  4. «Travessuras de Casados (1952): Release Info - Release Dates» (em inglês). IMDb. Consultado em 22 de setembro de 2014 
  5. Top Box-Office Hits of 1952. Nova York: Penske Business Media. Variety (em inglês). 7 de janeiro de 1953 
  6. «Travessuras de Casados (1952): Release Info - Also Known As (AKA)» (em inglês). IMDb. Consultado em 22 de setembro de 2014 
  7. «Travessuras de Casados (1952): Full Cast & Crew - Writing Credits» (em inglês). IMDb. Consultado em 22 de setembro de 2014 
  8. «We're Not Married - Cast, Reviews, Summary, and Awards». AllMovie. Consultado em 4 de março de 2012 
  9. «Travessuras de Casados (1952): Soundtracks» (em inglês). IMDb. Consultado em 27 de setembro de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Filmografia principal de Marilyn Monroe
The Asphalt Jungle (1950) | All About Eve (1950) | Niagara (1953) | Gentlemen Prefer Blondes (1953) | How to Marry a Millionaire (1953) | River of No Return (1954)  | The Seven Year Itch (1955)  | Bus Stop (1956) | The Prince and the Showgirl (1957) | Some Like it Hot (1959) | Let's Make Love (1960) | The Misfits (1961)