Willy T. Ribbs

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Willy T. Ribbs
WillyTRibbs.jpg
Ribbs, em 1994.
Informações pessoais
Nome completo William Theodore Ribbs, Jr.
Nacionalidade Estados Unidos Norte-americano
Nascimento 3 de janeiro de 1955
San José, Califórnia
Registros na IndyCar Series
Temporadas 1999
Equipes 1 (McCormack Motorsports)
Corridas 1
Títulos 0 (47º em 1999)
Vitórias 0
Pódios 0
Pontos 4
Pole positions 0
Primeira corrida Estados Unidos GP de Las Vegas, 1999
Última corrida Estados Unidos GP de Las Vegas, 1999
Registros na Champ Car
Temporadas 1984–1985, 1990–1994
Equipes 4 (Shierson, AMI Racnig,
Raynor Motorsports e Walker)
Corridas 49 (46 largadas)
Títulos 0 (17º em 1991)
Vitórias 0
Pódios 0
Pontos 41
Pole positions 0
Primeira corrida Estados Unidos Indy 500, 1984
(reprovado no Rookie Test)
Última corrida Estados Unidos GP de Laguna Seca, 1994

William Theodore Ribbs, Jr., mais conhecido por Willy T. Ribbs (San José, 3 de janeiro de 1955) é um ex-automobilista norte-americano.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Ribbs correndo em Laguna Seca, em 1991.

Ribbs competiu na primeira fase unificada da CART entre 1990 e 1994. Disputou 46 etapas, tendo apenas um 6º lugar no GP de Denver de 1991, pela equipe Walker, como resultado mais expressivo. Chegou a disputar o GP de Las Vegas válido pela temporada de 1999 da IRL, pela McCormack Motorsports, tendo cruzado a linha de chegada em 26º lugar, marcando 4 pontos. Após uma passagem pela NASCAR, encerrou sua carreira pela primeira vez em 2001.

Em 2011, aos 56 anos, Ribbs voltou às pistas por sua própria equipe (Willy T. Ribbs Racing), disputando a etapa de Baltimore, marcando 17 pontos.

O acidente em Vancouver[editar | editar código-fonte]

Um acidente mudou o rumo da carreira de Ribbs no GP inaugural do circuito de rua de Vancouver, no Canadá, em 2 de setembro de 1990. o carro de Ross Bentley teve problemas e precisou ser empurrado pelos comissários, e Ribbs, que vinha atrás, não conseguiu desviar de um deles e o atropelou. Jean Patrick Hein ainda foi atendido pelos médicos no asfalto, mas morreu nessa mesma tarde em um hospital da região. O acidente praticamente manchou sua carreira.

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Resultados de Willy T. Ribbs nas 500 Milhas de Indianápolis[editar | editar código-fonte]

Ano Chassi Motor Classificação Resultado Equipe
1984 DSR-1 Ford-Cosworth Não se classificou Doug Shierson Racing
1985 March 85C Ford-Cosworth Não se classificou AMI Racing
1991 Lola T9000 Buick 29 32 Raynor Motorsports
1993 Lola T9200 FordXB 30 21 Walker Racing
1994 Lola T9400 FordXB Não se classificou Walker Racing

12 Horas de Sebring[editar | editar código-fonte]

Ano Equipe Carro Co-piloto Posição Causa da falha
1987 Estados Unidos All-American Racers Toyota Celica Turbo Estados Unidos Jerrill Rice DNF Cilindro superaquecido
1988 Estados Unidos All-American Racers Toyota Celica Turbo Argentina Juan Manuel Fangio II DNF Falha do motor
1990 Estados Unidos All-American Racers Águia HF89 Estados Unidos Rocky Moran DNF Suspensão
1991 Estados Unidos All-American Racers Águia HF90 Argentina Juan Manuel Fangio II DNF Falha do motor

Teste na Fórmula 1[editar | editar código-fonte]

Antes de Lewis Hamilton, Willy T. Ribbs tornou-se o primeiro negro a pilotar um carro de Fórmula 1. Convidado por Bernie Ecclestone, então diretor da Brabham, o norte-americano fez um teste com a BT54 no Autódromo do Estoril, em Portugal, em 5 de dezembro de 1985. Ele dá algumas voltas no circuito, mas seu melhor tempo foi inferior ao de outros pilotos.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]