Yakovlev Yak-28

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


Yak-28
(OTAN: Firebar)
Airplane silhouette.png
Descrição
Tipo / Missão Bombardeiro
País de origem  União Soviética
Fabricante Yakovlev
Quantidade produzida 1.180 unidade(s)
Primeiro voo em 5 de março de 1958 (58 anos)
Introduzido em 1960
Aposentado em 1992 (Rússia)
Tripulação 2
Especificações (Modelo: Yak-28P)
Dimensões
Comprimento 21,6 m (70,9 ft)
Envergadura 12,50 m (41,0 ft)
Altura 3,95 m (13,0 ft)
Área das asas 37,6  (405 ft²)
Alongamento 4.2
Peso(s)
Peso vazio 9,970 kg (22,0 lb)
Peso carregado 15,000 kg (33,1 lb)
Peso máx. de decolagem 20,000 kg (44,1 lb)
Propulsão
Motor(es) 2 × turbojatos Tumansky R-11
Performance
Velocidade máxima 1,840 km/h (0,993 kn)
Alcance (MTOW) 2,500 km (1,55 mi)
Teto máximo 16,750 m (55,0 ft)
Armamentos
Mísseis 2 × R-98M (MAA)
2 × K-13A (MAA)

Yakovlev Yak-28 foi um bombardeiro supersônico multifuncional soviético, apelidado de "Firebar" pela OTAN.

Apresentado em Tushino, no Dia da Aviação em 1961, tratava-se na verdade de um bombardeiro supersônico no qual o piloto sentava numa cabine do tipo caça e o bombardeador ficava em um compartimento envidraçado no nariz. Entrou em serviço em 1962 na versão "Brewer B", sendo capaz de carregar até 2.000 kg de cargas.

O modelo era equipado com dois turbojatos Turmansky com pós-combustão com 6.200 kg de empuxo e capaz de desenvolver Mach 1,88 de velocidade num teto de serviço de 16.765 metros a 925 km de sua base.

As variantes desenvolvidas a partir do modelo B, incluíam uma versão de reconhecimento com o compartimento de bombas ocupados por câmeras ópticas e sensores, uma versão de contra-medidas eletrônicas, uma versão de treinamento com duplo comando onde a cabine do piloto aluno localizava-se no lugar do compartimento do bombardeador e uma variante de interceptação o qual foi equipado com dois mísseis ar-ar AA-3 "Anab" sob as asas sendo um guiado a infravermelho e o outro por radar semi-ativo.

Em 1986 apenas os modelos de reconhecimento e contra-medidas eletrônicas ainda estavam e uso na Força Aérea Soviética.

No início dos anos 90 todos os Yakovlev Yak-28 foram substituídos por outros modelos.

Ícone de esboço Este artigo sobre aviação, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.