Yakovlev Yak-42

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wiki letter w.svg
Por favor melhore este artigo, expandindo-o. Mais informação pode ser encontrada no artigo «Yakovlev Yak-42» na Wikipédia em inglês e também na página de discussão. (agosto de 2015)
Yak-42
(OTAN: Clobber)
Picto infobox aircraft.png
Descrição
Tipo / Missão Aeronave de transporte civil e militar, com motores turbofan, trimotor monoplano
País de origem  União Soviética
Fabricante Yakovlev
Período de produção 1980-2003
Quantidade produzida Até janeiro de 1995, 185 unidade(s)
Desenvolvido de Yakovlev Yak-40
Primeiro voo em 7 de março de 1975 (40 anos)
Introduzido em 1980
Variantes
  • Yak-42ML
  • Yak-42D
  • Yak-142
  • Yak-42R (militar)
  • Yak-42F (militar)
  • Yak-42LL
  • Yak-42M (não construído)
  • Yak-242
Tripulação 2 - piloto e co-piloto, opcional um engenheiro de voo
Passageiros 120 passageiro(s)
Número de classes 2 classe(s)
Especificações (Modelo: Yak-42D)
Dimensões
Comprimento 36,38 m (119 ft)
Envergadura 34,88 m (114 ft)
Altura 9,83 m (32,3 ft)
Área das asas 150  (1 610 ft²)
Peso(s)
Peso vazio 33 000 kg (72 800 lb)
Peso de decolagem 57 500 kg (127 000 lb)
Propulsão
Motor(es) 3 x motores turbofan Lotarev D-36
Força de empuxo (por motor) 6 499 kgf (63 700 N)
Performance
Velocidade máxima 810 km/h (437 kn)
Velocidade de cruzeiro 740 km/h (399 kn)
Alcance (MTOW) 4 000 km (2 490 mi)
Teto máximo 9 600 m (31 500 ft)
Notas
Dados de: Brassey's World Aircraft & Systems Directory 1999/2000[nota 1]

O Yakovlev Yak-42 (nome na OTAN: "Clobber") é uma aeronave comercial com capacidade para até 120 passageiros de médio alcance. Foi desenhado como uma substituição para muitos jatos de médio alcance já obsoletos da Aeroflot. Foi a primeira aeronave comercial produzida na União Soviética a ser motorizada com os modernos motores turbofan high-bypass.[nota 2]

Design e desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Em 1972, a Yakovlev iniciou um projeto de uma aeronave de curto a médio alcance capaz de carregar de 100 a 120 passageiros. O objetivo era substituir os antigos Tupolev Tu-134, além dos turboélices Ilyushin Il-18, Antonov An-24 e An-26. Enquanto uma nova aeronave era necessária para operar em aeródromos relativamente pequenos, não abrindo mão da economia, de forma que muitos aeroportos soviéticos foram adequados para acomodar aeronaves mais avançadas. Esta solicitação resultou na maior, mais pesada e potente aeronave desenhada pela Yakovlev até então.[nota 3] [nota 2]

Yak-42 visto por trás com a escada traseira estendida
Yakovlev Yak-42D da Lviv Airlines.

Notas

  1. Taylor 1999, pp. 227–228.
  2. a b Gunston and Gordon 1997, p. 194.
  3. Gordon, Komissarov and Komissarov 2005, p. 311.

Referências[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Taylor, Michael J. H. Brassey's World Aircraft & Systems Directory 1999/2000. London: Brassey's, 1999. ISBN 1-85753-245-7.
  • Gunston, Bill and Yefim Gordon. Yakovlev Aircraft since 1924. London, UK: Putnam Aeronautical Books, 1997. ISBN 1-55750-978-6.
  • Gordon, Yefim, Dmitry Komissarov and Sergey Komissarov. OKB Yakovlev: A History of the Design Bureau and its Aircraft. Hinkley, UK: Midland Publishing, 2005. ISBN 1-85780-203-9.
Ícone de esboço Este artigo sobre um avião, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.