Adolf Glaßbrenner

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Adolf Glaßbrenner
Gravura de Adolf Glaßbrenner com assinatura (ano desconhecido)
Nascimento 27 de março de 1810
Berlim
Morte 25 de setembro de 1876 (66 anos)
Berlim
Nacionalidade Alemanha alemão
Ocupação Comediante, satírico

Adolf Glaßbrenner (Berlim, 27 de março de 1810 – Berlim, 25 de setembro de 1876), foi um comediante e satírico alemão.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Glaßbrenner depois de trabalhar por um curto período de tempo no escritório de um comerciante, ingressou no jornalismo, e em 1831 editou Berliner Don Quixote, um periódico que foi suprimido em 1833 devido às suas tendências revolucionárias. A seguir, sob o pseudônimo de Adolf Brennglas, publicou uma série de imagens da vida de Berlim, sob o título Berlin wie es ist und – trinkt (trinta números, com ilustrações, 1833-1849), e Buntes Berlin (catorze números, com ilustrações, Berlim, 1837-1858), e assim tornou-se o fundador de uma literatura satírica popular associada com a Berlim moderna. Em 1840 casou com a atriz Adele Peroni (1813-1895), e mudou-se no ano seguinte para Neustrelitz, onde sua esposa tinha obtido uma participação no teatro do grão-ducado. Em 1848 Glaßbrenner entrou na carreira política e tornou-se líder do Partido Democrata em Mecklemburgo-Strelitz. Expulso do país em 1850, estabeleceu-se em Hamburgo, onde permaneceu até 1858, e, em seguida, tornou-se editor do Montagszeitung Berlin, onde morreu em 1876.

Seu túmulo está preservado no cemitério protestante Jerusalems- und Neuen Kirchengemeinde III (Cemitério No. III das congregações da Igreja de Jerusalém e Nova Igreja em Berlin-Kreuzberg, ao sul de Hallesches Tor.

Trabalhos selecionados[editar | editar código-fonte]

  • Berlin wie es ist und – trinkt. 30 números, 1832–1850, publicado em Berlim e Leipzig
  • Aus den Papieren eines Hingerichteten, 1834
  • Bilder und Träume aus Wien, 1836
  • Deutsches Liederbuch, 1837
  • Buntes Berlin. 14 números, 1837–1853
  • Aus dem Leben eines Gespenstes, 1838
  • Berliner Erzählungen und Lebensbilder, 1838
  • Herr Buffey in der Berliner Kunstausstellung, 4 volumes, 1838/39
  • Die Berliner Gewerbe-Ausstellung, 1844
  • Verbotene Lieder, (poesias), 1844
  • Neuer Reineke Fuchs, 1846
  • Komischer Volkskalender, 1846–1867
  • März-Almanach, 1849
  • Kaspar der Mensch, 1850 (comédia)
  • Lachende Kinder, 1850
  • Lustige Fibel, 1850
  • Die Insel Marzipan, 1851
  • Komische Tausend und Eine Nacht, 1854
  • Sprechende Thiere, 1854
  • Die verkehrte Welt, 1855 (poesia)
  • Humoristische Plauderstunden, 1855
  • Rindviecher, Bauchredner und Großherzöge. Berichte aus der Residenz Neustrelitz 1840-1848/49.

Referências


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Adolf Glaßbrenner