Amazonita

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Feldspato (amazonita)

Amazonita (chamado às vezes de "pedra Amazonas") é uma variedade verde do feldspato microclina . O nome é tirado do rio Amazonas, do qual determinadas pedras verdes foram obtidas anteriormente, mas é duvidoso se o verde Feldspato ocorre na área do Amazonas.

O amazonita moderno é um mineral de ocorrência limitada. Inicialmente, era obtido quase exclusivamente da área de Miyask nas montanhas Ilmen, 50 milhas a sudoeste de Chebabinsk, na Rússia, onde ocorre naturalmente em rochas graníticas. Mais recentemente, cristais de alta qualidade foram obtidos em Pike's Peak, no Colorado, onde se encontra associado com quartzo fumado, ortoclaso e albita em granito ou pegmatita grosso. Outras localidades nos Estados Unidos têm amazonita e pode também ser encontrada em pegmatite em Madagáscar e no Brasil.

Devido a sua cor verde viva, o amazonita é por vezes cortado e polido como uma pedra preciosa.

A cor foi atribuída à presença de cobre mas porque este é removido pelo calor, é provável que se deva a algum pigmento orgânico, talvez um sal ou ferro orgânico. Estudos mais recentes (2000) atribuem a cor ao chumbo.

A composição quimica da amazonita é KAlSi₃O₈ .

Ver também[editar | editar código-fonte]

Lista de minerais