Lazurita

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Janeiro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.


Lazurita
Lazurita
Categoria Tectossilicatos
Cor azul marinho, às vezes esverdeado ou violeta
Fórmula química (Na, Ca) 8 [(SO 4, S, Cl 2)
Propriedades cristalográficas
Sistema cristalino Isométrico
Hábito cristalino Maciço granular
Propriedades óticas
Transparência Transparente a opaco
Fluorescência ultravioleta Fluorescente
Propriedades físicas
Peso específico 2,38-2,45
Dureza 5–5,5
Solubilidade Solúvel em ácido clorídrico
Clivagem {110} difícil
Fratura Irregular ou concoidal
Brilho Vítreo a gorduroso

O lazurita é um mineral do grupo dos silicatos , subgrupo tectossilicatos. Quimicamente é um aluminossilicato com outros ânions de sódio e de cálcio. É um feldspatoide,membro do grupo da sodalita. Tem uma cor azul profunda, de grande beleza. Seu nome deriva do Lazurd, palavra árabe que significa "céu". A lazurita é o componente azul que observado na gema decorativa chamada lápis-lazúli, que é uma rocha composta de três minerais: lazurita, calcita e pirita.

Tem sido frequentemente confundido com lazulita e azurita, cuja única semelhança está na sua cor azul.

Formação ambiental[editar | editar código-fonte]

Aparece nas rochas calcárias submetidas a metamorfismo de contato, normalmente associada com calcita, pirita, diópsido e muscovita. Também pode ser encontrada em granulitos de alta temperatura.

Localização, extração e uso[editar | editar código-fonte]

É um mineral caro, conhecido popularmente por ser o azul na lápis-lazúli.

Lazurita

O lápis-lazúli foi explorado por séculos em algumas minas que ainda estão em operação no Afeganistão, no vale do Kokscha, de onde foi exportado para o Oriente Médio e Europa por mais de mil anos. É encontrado também em Ovalle (Chile), Birmânia, Sibéria, Angola, Canadá e Estados Unidos.

Na Europa, a lazurita foi usada como um corante de cor azul. Hoje em dia este pigmento é produzido artificialmente, de modo que parou de explorar este mineral para esse fim.

Os cristais limpos e bem formados de lazurita pura são altamente valorizados pelos colecionadores.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros sites[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]