Andrés Scotti

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde fevereiro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Andrés Scotti
Andrés Scotti
Informações pessoais
Nome completo Andrés Scotti Ponce de León
Data de nasc. 14 de Dezembro de 1975 (38 anos)
Local de nasc. Montevidéu, Uruguai
Nacionalidade Uruguai Uruguaio
Altura 1,83 m
Destro
Apelido Guerrilhero León, El animal, El tanque
Informações profissionais
Clube atual Uruguai Nacional
Número 19
Posição Zagueiro
Clubes de juventude
1993–1996 Uruguai Independiente de Flores
Clubes profissionais1
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
1997
1998–1999
2000
2000
2001
2002
2003–2006
2007–2009
2010–2011
2012–
Uruguai Montevideo Wanderers
Chile Huachipato
México Necaxa
México Puebla
Uruguai Montevideo
Uruguai Nacional
Rússia Rubin Kazan
Argentina Argentinos Juniors
Chile Colo-Colo
Uruguai Nacional
0012 0000(1)
0052 0000(6)
0034 0000(4)
0017 0000(0)
0038 0000(3)
0033 0000(5)
0108 000(12)
0078 0000(3)
0047 0000(7)
0020 0000(4)
Seleção nacional3
2006– Flag of Uruguay.svg Uruguai 0040 0000(1)


1 Partidas e gols pelo clube profissional
contam apenas partidas das ligas nacionais,
atualizados até 15 de março de 2014.


3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 15 de março de 2014.

Andrés Scotti Ponce de León (Montevidéu 14 de dezembro de 1975) é um futebollista uruguaio que joga como zagueiro. Atualmente joga pelo o Nacional, do Uruguai.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Integrou o grupo da Seleção Uruguaia de Futebol que disputou a Copa do Mundo FIFA de 2010. Andrés Scotti conhece bem a frase "antes tarde do que nunca". Afinal, tinha 30 anos e dez de carreira quando foi chamado pela primeira vez para a seleção. Hoje, quatro anos depois daquela convocação para a vitória por 1 a 0 no amistoso contra a Irlanda do Norte em maio de 2006, ele comemora a sua estreia em uma Copa do Mundo da FIFA.

Destro, com bom jogo aéreo e chute potente, Scotti é zagueiro central, mas pode atuar em qualquer posição da defesa. Formado em um clube regional uruguaio, o jogador natural de Montevidéu estreou na primeira divisão nacional em 1997 pelo Central Español, onde esteve por apenas alguns meses antes de se transferir para o Wanderers.

Em 1998, saiu para o Huachipato do Chile. De lá, foi para o Necaxa, clube mexicano com o qual em 2000 chegou ao terceiro lugar da primeira Copa do Mundo de Clubes da FIFA. Depois de uma breve passagem pelo Puebla, Scotti voltou ao Wanderers, onde fez escala em 2002 para o Nacional, clube do qual se diz torcedor.

Após uma temporada de sucesso no clube, Scotti foi para o futebol russo, onde em 2003 assinou com o Rubin Kazan. Naquele ano foi eleito o melhor zagueiro estrangeiro da liga local, mérito que quase repetiu dois anos depois, quando terminou como o defensor que mais marcou gols (cinco) no torneio. Seu retorno à América do Sul veio no Argentino Juniors, passando em seguida ao Colo-Colo.

Com a camisa celeste, Scotti jogou a Copa América de 2007 e foi titular nos três primeiros confrontos pelas eliminatórias. Embora tenha perdido o posto, continuou nas listas de convocação e teve um retorno triunfal à titularidade nas partidas pela repescagem contra a Costa Rica. Seu grande momento veio na partida que garantiu a classificação do país à África do Sul, quando acertou um cruzamento preciso para o gol de Sebastián Abreu contra a Costa Rica.

Em 2013, Scotti, aos 37 anos de idade, aparece mais uma vez na lista de convocação da seleção celeste, onde foi muito questionado sobre sua capacidade em voltar a jogar jogos pela sua seleção.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Nacional
Seleção Uruguaia

Referências


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Andrés Scotti