Arquidiocese de Baltimore

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Arquidiocese de Baltimore
Archidiœcesis Baltimorensis
Catedral de Maria Nossa Rainha
Localização
País Estados Unidos
Dioceses Sufragâneas Arlington
Richmond
Wheeling–Charleston
Wilmington
Estatísticas
População 3 119 000 (16% católica)
Área 12 430 km²
Paróquias 153
Sacerdotes 543
Informação
Rito romano
Criação da Diocese 26 de novembro de 1784
Elevação a Arquidiocese 8 de abril de 1808
Padroeiro Santo Ignácio de Loyola Imaculada Conceição
Governo da Arquidiocese
Arcebispo William Edward Lori
Bispo Auxiliar Denis James Madden
Arcebispo Emérito William Henry Keeler
Edwin Frederick O'Brien
Jurisdição Arquidiocese Metropolitana
Contatos
Endereço Catholic Center, 320 Cathedral Street, Baltimore, MD
Página Oficial http://www.archbalt.org/
dados em catholic-hierarchy.org

A Arquidiocese de Baltimore (Archidiœcesis Baltimorensis) é uma circunscrição eclesiástica da Igreja Católica nos Estados Unidos, que engloba a cidade de Baltimore e os condados de Anne Arundel, Allegany, Baltimore e Washington. Seu atual arcebispo metropolita é William Edward Lori. Sua é a Catedral de Maria Nossa Rainha e a Co-catedral Basílica do Santuário Nacional da Bem-Aventurada Virgem Maria.

É a diocese católica mais antiga dos Estados Unidos sendo eregida em 6 de novembro de 1789. Embora não possua o título de "Primaz" o Arcebispo de Baltimore tem o direito de precedência sobre os demais clérigos do pais conforme concedido pela Santa Sé em 15 de agosto de 1859. Embora a arquidiocese não seja primacial, é considerada a sede episcopal da Igreja Católica nos Estados Unidos.

Possui 153 paróquias assistidas por 543 párocos e cerca de 16% da sua população jurisdicionada é batizada.

História[editar | editar código-fonte]

Antes e durante a Guerra de Independência dos Estados Unidos, os católicos da Treze Colônias Britânicas na América (e também nas colônias do Canadá) estavam sob a jurisdição eclesiástica do bispo do Vicariato Apostólico do Distrito de Londres, na Inglaterra. A guerra terminou formalmente pelo Tratado de Paris, que foi assinado em 03 de setembro de 1783, e foi ratificado pelo Congresso da Confederação (do recém-independente Estados Unidos da América) em 14 de janeiro de 1784, e pelo Rei de Grã-Bretanha, em 9 de abril de 1784.

Em 6 de novembro de 1783, uma petição foi enviada pelo clero de Maryland para a Santa Sé, para obter a permissão para que os missionários dos Estados Unidos pudessem nomear um superior, que teria alguns dos poderes de um bispo . Em resposta a isso, o padre John Carroll (selecionado entre os sacerdotes do clero de Maryland) foi confirmado pelo Papa Pio VI  em 6 de junho de 1784, como Superior das Missões do recém-independente Estados Unidos da América, com poder de dar o sacramento da confirmação. Este ato estabeleceu uma hierarquia nos Estados Unidos e removeu a Igreja Católica dos EUA da autoridade do Vigário Apostólico do Distrito de Londres.

A Santa Sé, em seguida, estabeleceu a sede da Prefeitura Apostólica dos Estados Unidos em 26 de novembro de 1784. Devido Maryland ser uma das poucas regiões da colonia que já era predominantemente católica romana, a prefeitura apostólica foi elevada a diocese em 06 de novembro de 1789, tornando-se a Diocese de Baltimore.

Em 1790, o padre John Carroll viajou por todo o Oceano Atlântico para a Inglaterra, onde foi ordenado e consagrado como bispo pelo Bispo de Londres.[1]

Em 8 de abril de 1808, as dioceses sufragâneas de Boston [2]Nova Iorque [3]Filadélfia [4] , e Bardstown (mudou-se em 1841 para Louisville, maior cidade porto fluvial no rio Ohio)[5]  foram eregidas pelo Papa Pio VII a partir do território da Diocese de Baltimore, que foi simultaneamente elevada à categoria de Arquidiocese Metropolitana, tornando-se assim o "Arquidiocese de Baltimore". A recém-criada "Província de Baltimore" passou a ser composta de todos os estados e territórios do país.

A Arquidiocese no entanto, voltou a perder território com a criação dos Diocese de Richmond (Virginia)  em 11 de Julho de 1820, e as diocese de Wilmington (Delaware) , em 3 de março de 1868. Em 1850 foi criada a Diocese de Wheeling (então na Virgínia, agora Wheeling-Charleston, Virgínia Ocidental) a partir da Diocese de Richmond. Em 1974, a Diocese de Arlington (Virginia) foi criada com parte do território da Diocese de Richmond.

Em 22 de julho de 1939, a arquidiocese foi renomeada temporariamente para Arquidiocese de Baltimore-Washington, em reconhecimento à capital do país. Oito anos mais tarde, em 15 de novembro de 1947, o Distrito de Columbia e Washington e três municípios do sul de Maryland se tornaram parte da Arquidiocese de Washington, fazendo com que a Arquidiocese de Baltimore ganhasse sua configuração atual.

De 1808 até 1847, Baltimore foi a única arquidiocese nos EUA e, portanto, o país inteiro formava uma única província eclesiástica. Como a população do país cresceu e ondas de imigrantes católicos vieram da Europa, a Santa Sé continua a erguer novas dioceses e elevar algumas já existentes ao status de arquidioceses metropolitanas, que, simultaneamente, se tornaram sedes metropolitanas de novas províncias eclesiásticas. [6]

Catedrais[editar | editar código-fonte]

A sede episcopal da Arquidiocese de Baltimore possui duas catedrais: a Catedral de Maria Nossa Rainha em Homeland, no norte de Baltimore e a Basílica do Santuário Nacional da Assunção da Bem-Aventurada Virgem Maria (antiga Catedral de Baltimore) no bairro Monte Veron- Belvedere. A Basílica foi construída entre 1806-1821, é a primeira catedral construída nos Estados Unidos dentro de seus limites no momento. É considerada a Sede da Igreja Católica nos Estados Unidos. Durante o governo do primeiro bispo, John Carroll, instalado em 1790, o trono do bispo ("cathedra") ficou situado na Igreja de São Pedro (primeira paróquia na diocese, fundada 1770), servindo como catedral, a cúria em anexo, escola e cemitério circundante. A igreja, curiosamente, estava do outro lado da rua da Catedral da Igreja Episcopal (Anglicana) dos Estados Unidos, em Baltimore,  a Velha Igreja de São Paulo.

A Arquidiocese de Baltimore é um das quatro dioceses estadunidense que tem duas igrejas que servem como catedrais, na mesma cidade. A Catedral de Nossa Senhora da Paz e a Co-Catedral de Santa Teresinha do Menino Jesus na Diocese de Honolulu compartilham a distinção. As diocese de Burlington e do Brooklyn também têm isso em comum. [7]

Prelados[editar | editar código-fonte]

Arcebispos[editar | editar código-fonte]

Bispos Auxiliares[editar | editar código-fonte]

  • Dominic Laurence Graessel S.J. (1793) nomeação póstuma
  • Leonard Neale S.J. (1795 - 1815) tornou-se Bispo de Baltimore
  • James Whitfield (8 - 28 de janeiro de 1828) nomeado Arcebispo de Baltimore
  • Samuel Eccleston S.S.P. (março - outubro de 1834) nomeado Arcebispo de Baltimore
  • James Gibbons (maio - outubro de 1877) nomeado Arcebispo de Baltimore
  • Alfred Allen Paul Curtis (1897 - 1908)
  • Owen Patrick Bernard Corrigan (1908 - 1929)
  • Thomas Shahan Joseph (1914 - 1932)
  • John Michael McNamara (1927 - 1947), nomeado Bispo Auxiliar de Washington
  • Lawrence Joseph Shehan (1945 - 1953) nomeado bispo de Bridgeport e mais tarde Arcebispo de Baltimore
  • Jerome Aloysius Daugherty Sebastian (1953 - 1960)
  • Lawrence Joseph Shehan (julho - de dezembro de 1961)
  • Thomas Austin Murphy (1962 - 1984)
  • Thomas Joseph Mardaga (1966 - 1968) nomeado bispo de Wilmington
  • Francisco José Gossman (1968 - 1975) nomeado bispo de Raleigh
  • Philip Francis Murphy (1976 - 1999)
  • James Francis Stafford (1976 - 1982) nomeado bispo de Memphis (nomeado Arcebispo de Denver em seguida Presidente do Pontifício Conselho Para os Leigos; criado cardeal, mais tarde nomeado Penitenciário-Mor da Penitenciaria Apostólica)
  • William Clifford Newman (1984 - 2003)
  • John Ricard SSJ (1984 - 1997) nomeado bispo de Pensacola-Tallahassee
  • Gordon Bennett Dunlap S.J. (1997 - 2004) nomeado Bispo de Mandeville (Jamaica)
  • William Francis Malooly (2000 - 2008) nomeado bispo de Wilmington
  • Mitchell T. Rozanski (2004 - 2014) nomeado bispo de Springfield
  • Denis James Madden (2005 - presente)

Santuários da Arquidiocese[editar | editar código-fonte]

  • Basílica do Santuário Nacional da Assunção da Bem-Aventurada Virgem Maria, Baltimore, Maryland.[8]  
  • Basílica do Santuário Nacional de Santa Elizabeth Ann Seton, Emmitsburg, Maryland.[9]  

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Arquidiocese de Baltimore

Referências

  1. "Sobre Nós" Site Oficial da Arquidiocese de Baltimore. Visitado em 13 de agosto de 2014.
  2. Site Oficial da Arquidiocese de Boston. Visitado em 13 de agosto de 2014.
  3. "Linha do Tempo" Site Oficial da Arquidiocese de Nova York. Visitado em 13 de agosto de 2014.
  4. "Nossa História" Site Oficial da Arquidiocese da Filadélfia. Visitado em 13 de agosto de 2014.
  5. "História" Site Oficial da Arquidiocese de Filadélfia. Visitado em 13 de agosto de 2014.
  6. "Sobre Nós" Site Oficial da Arquidiocese de Baltimore. Visitado em 13 de agosto de 2014.
  7. [1]. Visitado em 13 de agosto de 2014.
  8. Site Oficial da Basílica de Baltimore. Visitado em 13 de agosto de 2014.
  9. Site Oficial da Basílica de Emmitsburg. Visitado em 13 de agosto de 2014.



Small Mitre.svg Arquidioceses Católicas dos Estados Unidos United States Conference of Catholic Bishops.svg
Anchorage | Atlanta | Baltimore | Boston | Chicago | Cincinnati | Denver | Detroit | Dubuque |Galveston-Houston | Hartford | Indianapolis | Kansas City | Los Angeles | Louisville | Miami | Milwaukee | Mobile | New Orleans | New York | Newark | Oklahoma City | Omaha | Philadelphia | Portland in Oregon | Saint Louis | Saint Paul and Minneapolis | San Antonio | San Francisco | Santa Fe | Seattle | Washington