Biohazard (banda)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde Novembro de 2008). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Biohazard
Informação geral
Origem Brooklyn, Nova Iorque
País  Estados Unidos
Gênero(s) New York hardcore
Heavy metal
Crossover thrash
Rapcore
Período em atividade 19872006
2008 - Atualmente
Página oficial www.biohazard.com

Biohazard é uma banda surgida no Brooklyn (Nova Iorque) em 1988, época onde as primeiras bandas misturavam o metal pesado e o hardcore punk com os elementos do hip hop e rap. O som agressivo da banda, resultou em letras sobre a deterioração urbana, crimes, corrupção e a ruína social. Spark.

História[editar | editar código-fonte]

Sua formação era: Evan Seinfeld (vocalista e baixista), Billy Graziadei (vocalista e guitarrista), Bobby Hambel (guitarrista) e Meo (baterista), que logo foi substituído por Danny Schuler.

Em 1990 foi lançado o primeiro álbum, chamado Biohazard. Esse disco expressa pontos de vista políticos e discute os problemas que a juventude urbana enfrenta, pois os membros passaram por isso.

O segundo álbum Urban Discipline é lançado em 1992, fruto de contrato assinado com a gravadora Roadrunner. Eles conseguiram atrair fãs do punk e metal. A banda fez uma turnê e começou a tocar com outros grupos, como House of Pain, Sick of It All, Fishbone e Kyuss. O vídeo musical de "Punishment" não saía da programação da MTV.

Juntamente com o grupo Onyx, em 1993, o Biohazard gravou duas canções: "Judgment Night" e "Slam".

Em 1994 lançaram o disco State of the World Address, que foi gravado em Los Angeles, pela gravadora Warner Bros. Ainda nesse ano, o logo do Biohazard, foi eleito o mais popular de seu tipo, na votação feita pela revista Rolling Stone.

Em 1995 a banda Die Krupps convidou Evan e Billy, para remixar e gravar uma versão da canção "Bloodsuckers" do Die Krupps e eles aceitaram.

Em 1996, antes de gravar o próximo álbum, Bobby saiu da banda por motivos musicais, físicos e espirituais. Ele ficou um tempo separado da banda e quando voltou, queria dar ordens e estava seguindo direções diferentes dos caras. Então o restante da banda achou melhor que ele caisse fora para não conturbar o ambiente e as gravações do disco. Depois desse acontecimento, o trio entra em estúdio e grava o Mata Leao. Destaque para as canções: "Authority", "These Eyes", "Modern Democracy" e "Waiting To Die". Logo após o lançamento, entrou na banda o guitarrista Rob Echeverria, que acompanhou a banda na turnê do novo álbum. Em agosto tocaram no festival "Philips Monsters of Rock" em São Paulo. Um pouco antes da banda entrar no palco, Evan recebeu a notícia que seu pai tinha falecido, mas mesmo assim ele suportou a dor e fez um bom concerto.

Em 1997, o Biohazard decidiu lançar um álbum completamente ao vivo para seus fãs e no concerto em Hamburgo (Alemanha), gravam o No Holds Barred. O disco tem algumas canções de todos os álbuns anteriores. No final desse ano, o Biohazard aterrissou no Brasil e fez concertos, inclusive em Santos que ainda teve a presença de Andreas do Sepultura. Num concerto em Londres, Keith subiu no palco e eles tocaram "Breathe", famosa canção do The Prodigy.

No final de maio de 1999, foi lançado New World Disorder, álbum com quatorze canções inéditas e também uma faixa CD-ROM, onde tem um vídeo musical demo, entrevistas e fotos. Participaram da gravação do disco, os músicos: Igor Cavalera (ex-Sepultura e atualmente no Cavalera Conspiracy), Christian Wolbers (Fear Factory), NWD e Sticky Fingaz (Onyx).

No começo de 2000 foi anunciada a saída do guitarrista Rob Echeverria.

Em 2001 lançaram o disco Tales From The B-Side que são canção que não entraram nos álbuns anteriores, famosos B-sides. No dia 7 de março, o Biohazard veio pela terceira vez ao Brasil numa apresentação única no DirecTV Music Hall (São Paulo). O álbum Uncivilization, produzido por Jive Jones, foi lançado no começo de setembro. A faixa "Last Man Standing" tem a participação especial de Sem Dog do Cypress Hill. Eles contrataram um novo guitarrista, chamado Leo Curley.

Em 2008, voltaram com a formação original (Evan, Danny, Billy e Bobby) para comemorar os 20 anos da banda (20th Aniversary Reunion Tour), sendo que passaram pelo Brasil. O Biohazard tocou no festival paulista Maquinaria Rock Fest em 17 de maio de 2008.

Em 2010 a banda faz uma turne pela a América do Sul, passando por tres cidades brasileiras, São Paulo, Porto Alegre e o festival "Araraquara Rock" em Araraquara.


Discografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Flag of the United States.svgGuitarra masc.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical dos Estados Unidos, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Biohazard (banda)