Branden Steineckert

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Branden Steineckert (21 de Abril de 1978), é o baterista da banda de punk rock Rancid e ex-baterista da banda de post-hardcore The Used.

Historia[editar | editar código-fonte]

Branden nasceu em Provo, Utah, e foi criado numa família Mormom que se mudou mais de vinte vezes durante sua juventude. Começou a andar de skate muito cedo, devido ao fato de seus amigos já praticarem o esporte. Quando Branden tinha 11 anos, seu pai, Neil Steineckert (que tocava bateria quando tinha a mesma idade do filho), cometeu suicidio. Branden, então, passou a tocar bateria, como uma forma de alivia-lo de seus problemas.

Ele foi um membro fundador da banda Strange Itch, que mais tarde se tornou The Used, e atingiu grande sucesso, ganhando um disco de platina.

Apesar de Branden estar no meio das drogas e bebidas, ele nunca experimentou e nunca quis se envolver com isso. Em 2005, fundou uma companhia de skate chamada "Twenty Twenty Skateboards" com Alex Pardee como diretor de arte.

Em 12 de Setembro de 2006, o The Used anunciou e confirmou que Branden não fazia mais parte da banda. Os membros disseram que precisavam seguir sem ele, e que o motivo era um conflito de personalidades entre Branden e um outro membro da banda. Contudo, disseram que amam Branden e desejam a ele o melhor em tudo o que fizer no futuro.

Em 3 de Novembro de 2006, foi anunciado que Branden assumiria a bateria do Rancid (banda da qual sempre foi um grande fã) até o fim de sua turnê. Ele substituiu Brett Reed, baterista da banda por 15 anos. Durante a turnê, os membros do Rancid anunciaram que Branden seria membro permanente da banda. Na edição de Agosto de 2009 da revista DRUM! Magazine, Steineckert comentou sobre como as coisas mudaram rápidamente quando começou a tocar com o Rancid: “Foi insano. No meu primeiro show, eu estava tocando músicas que nunca havia tocado sequer em ensaios, na frente de 2,500 garotos na Inglaterra”. A primeira gravação de Branden com a banda foi o álbum de 2009 Let the Dominoes Fall, apesar do fato de o mesmo estar em processo de escrita desde 2005, apenas um ano antes de ele se juntar.

Ao final de 2010, Branden preencheu a vaga do baterista do Goldfinger, Darrin Pfeiffer, para alguns shows na Costa Oeste.

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.