Break on Through (To the Other Side)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Break on Through (To the Other Side)"
Single de The Doors
do álbum The Doors
Lado B End of the Night
Lançamento Janeiro de 1967
Formato(s) Vinil
Gravação Finais de Agosto - inícios de Setembro de 1966
Gênero(s) Rock psicodélico, protopunk
Duração 2:29
Gravadora(s) Elektra Records
Composição Jim Morrison
Produção Paul A. Rothchild
Cronologia de singles de The Doors
Último
Último
"Light My Fire"
(1967)
Próximo
Próximo
Faixas de The Doors

"Break on Through (To the Other Side)" é uma canção dos The Doors inserida no seu álbum de estreia, The Doors. Foi o primeiro single lançado pela banda e foi relativamente mal-sucedido quando comparado com os singles seguintes, atingindo apenas o 106º[1] posto nos Estados Unidos. Também surge no videojogo Tony Hawk's Underground 2.

Análise da Música[editar | editar código-fonte]

O Baterista John Densmore se inspirou na batida da Bossa Nova que acabava de chegar no EUA para criar a batida da música.. Jim Morrison compôs a letra que diz em seu refrão para "atravessar para o outro lado" (break on through to the other side), esse "outro lado" Morrison, que praticava Yoga, comparava os The Doors com o Yang do símbolo Yin e Yang, e quando ele ele diz "other side" ele convida a juventude de 1967 a sair do "obla di obla dá" e viajar para o lado mais sombrio, o lado da noite, o lado onde se "caça os prazeres e se cava os tesouros" (We chased our pleasures here, Dug our treasures there) ..

A música também aparece como faixa um do seu álbum de estréia, mas a gravadora Elektra Records censurou a canção na parte do "she gets high" (que significa "ela fica chapada"), que é repetida no meio da música (depois da parte do "Everybody loves my baby"). A versão original do álbum e todas as suas versões até os anos 90 tiveram a palavra "high" deletada, com Morrison cantando "she gets" quatro vezes antes de acabar a música. Versões ao vivo e mais recentes, tem toda a linha "she gets high". Atualmente, em rádios de rock e na maioria das coletâneas continua usando a versão censurada, pois a versão é mais familiar para os ouvintes.

Covers[editar | editar código-fonte]

Stone Temple Pilots fez o cover da música para o álbum de tributo do The Doors chamado Stoned Immaculate: The Music of The Doors. A banda de hard rock mexicana La Cuca fez um cover da música para o seu álbum La Racha.

Quando o The Doors apareceu em um episódio pelo VH1 Storytellers, aparece vários cantores convidados para falarem sobre Jim Morrison. Scott Weiland (cantor do Stone Temple Pilots) falou e cantou "Break on Through".

A banda Night Shift fez cover desta música em 2002 para seu álbum de estréia chamado Undercovers.

A banda de new wave americana Blondie tocou esta música várias vezes durante sua turnê de 1997-1999. Eles costumavam tocar esta música como primeira ou segunda do show.[2]

Aparições na mídia[editar | editar código-fonte]

  • No filme de Oliver Stone, The Doors a música é tocada três vezes; a primeira vez na casa de Ray Manzarek, então a segunda vez foi em um show durante o começo da banda no London Fog, e depois no filme no concerto em Miami, na qual Jim expôs si mesmo para a pláteia e foi preso.
  • A música pode ser escutada no filme Forrest Gump de 1994 (junto com "Hello, I Love You" e "People Are Strange").
  • A música parece no jogo Tony Hawk's Underground 2.
  • É um dos trailers do filme da Disney/Pixar chamado Monsters, Inc..
  • Aparece no trailer do filme 21 de 2008.
  • A versão remixada da música aparece no jogo Burnout Revenge. A música foi remixada por Brian Transeau e ela dura 7 minutos e 8 segundos.
  • Aparece no filme Jarhead de 2005.
  • Aparece no programa Os Simpsons durante um episódio da quarta temporada quando Krusty canta ela durante um flashback para 1973.
  • A música é usada no jogo musical Rock Band 3.
  • Tocada pelo Travis Meeks em novembro de 2002.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Whitburn, Joel. Bubbling Under Singles & Albums (1998): 66
  2. http://www.deborah-harry.com/dh/breakonthrough.php