Bright Midnight: Live in America

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bright Midnight: Live in America
Álbum ao vivo de The Doors
Lançamento 19 de Fevereiro de 2002
Gravação 21 de Julho de 1969 - 21 de Agosto de 1970
Gênero(s) Rock psicadélico
Duração 73:42
Gravadora(s) Rhino
Produção Bruce Botnick
Cronologia de The Doors
Último
Último
The Very Best of The Doors
(2001)
Live in Hollywood
(2002)
Próximo
Próximo

Bright Midnight: Live in America é um álbum ao vivo do The Doors lançado em 2001.

Não é a gravação de um só concerto, mas sim uma compilação de performance, a maior parte de 1970, em diferentes cidades dos Estados Unidos. Foi lançado pela Elektra Records em CD como uma edição limitada e ganhou popularidade rapidamente entre fãs do Doors. Vale a pena notar as performances e gravações relativamente limpas, assim como o anteriormente lançado In Concert, em contraste com outras gravações ao vivo do The Doors que tendem a ser muito barulhentas de um ponto de vista da gravação.

Faixas[editar | editar código-fonte]

Todas as músicas foram escritas por Jim Morrison, Robby Krieger, Ray Manzarek, e John Densmore excepto onde anotado.

  1. "Light My Fire" - 11:26
  2. "Been Down So Long" - 7:28
  3. "Back Door Man" (Willie Dixon, Chester Burnett) - 2:24
  4. "Love Hides" - 2:23
  5. "Five to One" - 5:11
  6. "Touch Me" - 3:33
  7. "Crystal Ship" - 2:58
  8. "Break on Through (To the Other Side)" - 4:24
  9. "Bellowing" - 1:31
  10. "Roadhouse Blues" - 5:22
  11. "Alabama Song (Whisky Bar)" (Bertolt Brecht, Kurt Weill) - 1:55
  12. "Love Me Two Times / Baby Please Don't Go (Big Joe Williams) / St. James Infirmary (Irving Mills)" - 8:51
  13. "The End" /The Celebraton of the Lizard (Excerpt)- 16:16


Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de The Doors é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.