Georg Solti

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sir George Solti

Sir George Solti, KBE (Budapeste, 21 de outubro de 19125 de setembro de 1997) foi um maestro húngaro-britânico, de orquestras e de ópera. Ganhou 31 vezes os Grammy Awards e o Grammy Lifetime Achievement Award.[1] , sendo considerado um dos maiores maestros do século XX.[2] [3]

Início da carreira[editar | editar código-fonte]

Solti[4] (em húngaro: Stern György) nasceu em Budapeste de uma família judaica, seus pais eram Móric(z) Stern e Teréz Rosenbaum. Seu primo foi László Moholy-Nagy, o mundialmente famoso pintor e fotógrafo judeu. Seu pai mudou seu nome e sobrenome para protegê-lo do anti-semitismo.

Ele aprendeu piano, mas aos quatorze anos, ouvindo Erich Kleiber conduzindo a Sinfonia Nº5 de Beethoven decidiu, imediatamente, que queria ser maestro. Estudou na Academia de Música Franz Liszt, tendo Béla Bartók, Zoltán Kodály, Leo Weiner e Ernst von Dohnányi como seus professores[5] . Em 1935 ganhou reconhecimento como maestro e fez sua estréia na Ópera de Budapeste em 11 de Março de 1938 com Le Nozze di Figaro de Mozart, mas foi também a última performance. Nesse mesmo dia, Hitler anexa a Áustria e o anti-semitismo se tornou frequente na Hungria. Em 1939, com a invasão alemã, ele fugiu da Hungria devido à sua ascendência judaica, e foi morar na Suíça, onde continuava sua carreira como pianista, tendo ganho o Concurso Internacional de Piano de Genebra.

Infelizmente nunca mais viu seu pai, que morreu de causas naturais.

Depois da Segunda Guerra Mundial, Solti se tornou diretor musical da Orquestra do Estado Bávaro, em Munique. Em 1951 ele fez sua estréia no Festival de Salzburgo, conduzindo Idomeneo de Mozart.

Em 1960 assinou um contrato de três anos com a Filarmônica de Los Angeles, depois de ter conduzido a orquestra em Los Angeles em Hollywood Bowl[6] [7] . A orquestra esperava mudar-se para o Borothy Chandler Pavilion, que estava quase ponto e começaria a nomear os músicos da orquestra. No entanto, Solti inesperadamente se demitiu do cargo sem falar oficialmente com os diretores da orquestra[8] ; então o assistente do maestro, o indiano Zubin Mehta, que estava com 26 anos, foi nomeado diretor musical.

Em 1961 Solti voltou a ser diretor musical do Royal Opera House, Covent Garden. Lá, por ser muito exigente nos ensaios e por já estar careca acabou recebendo o apelido de The Screaming Skull[9] . Assim ele passou grande arte do seu tempo entre Grã-Bretanha e Estados Unidos.

Seu primeiro casamento, com Hedi Oechsli[10] , em 1946 terminou em divórcio. O seu segundo casamento foi com Valerie Pitts, uma apresentadora de televisão britânica, que ele conheceu uma vez quando ela o entrevistou.

Em 1971 ele recebeu uma Ordem do Império Britânico, assim sendo chamando de Sir Georg Solti.

Solti era um defensor e mentor de muitos jovens músicos, incluindo a soprano húngara Sylvia Sass, com quem gravou Don Giovanni de Mozart e Bluebeard's Castle de Bartok. Além disso, em 1994, Solti dirigiu o "Projeto Orquestral de Solti" no Carnegie Hall, um seminário de formação para jovens músicos americanos[11] [12] .

Sinfônica de Chicago[editar | editar código-fonte]

Solti foi diretor musical da Orquestra Sinfônica de Chicago (CSO) de 1969 e 1991, quando foi feito o único Diretor Musical Laureado da história da orquestra

Tumba de Georg Solti.

No total, Solti conduziu 999 vezes a Sinfônica de Chicago. Sua milésima performance foi programada para ser em Outubro de 1997, por volta da hora de seu 85º aniversário[13] . A cidade de Chicago mudou o nome de uma rua adjacente ao Symphony Center para "Sir Georg Solti" em sua memória.

Solti consolidou a reputação da CSO como uma das maiores orquestras do mundo. Estando pela primeira vez na Europa em 1971[14] .

CSO gravou muitas obras com o comando de Solti, entre as sinfonias completas de Beethoven, Johannes Brahms, Anton Bruckner, e as óperas completas:

Final da Carreira[editar | editar código-fonte]

Além do seu mandato em Chicago, ele também foi diretor musical, na mesma época, da Orquestra de Paris de 1972 até 1975. De 1979 até 1983 foi o maestro principal da Orquestra Filarmônica de Londres.

Para o 50º aniversário das Nações Unidas foi formada a Orquestra Mundial da Paz, que consistia em músicos de 47 orquestras de todo o mundo, conduzidos por Solti.

Solti nunca se aposentou tendo uma morte repentina graças um ataque cardíaco no dia 5 de Sembro de 1997 em Antibes, França. De acordo com seu desejo, Solti está enterrado em solo húngaro. Seu corpo foi colocado ao lado dos restos de Bartók, que foi seu tutor e mentor. Após sua morte, sua viúva e suas filhas fundaram uma fundação para ajudar novos músicos[18] .

Gravações[editar | editar código-fonte]

Solti, desenvolveu uma longa e produtiva parceria com o lendário produtor John Culshaw na Decca.Desta parceria surgiu a primeira gravação em estúdio da ópera completa de Wagner's Der Ring des Nibelungen com a Filarmônica de Viena (VPO). Não menos ilustre e igualmente inovador foram as suas gravações de estúdio das óperas de Richard Strauss, que, com as gravações de Wagner, foi remasterizado e lançado em CD, ainda são elogiados por sua musicalidade e valores de produção.[19]

Gravações com a Sinfônica de Chicago[editar | editar código-fonte]

  • Bach, Mass in B Minor
  • Bach, St Matthew Passion
  • Bartok, Concerto for Orchestra (1981)
  • Bartok, Dance Suite (1981)
  • Bartók, Miraculous Mandarin Suite
  • Bartók, Music for Strings, Percussion and Celeste
  • Bartok, Piano Concertos #1 - 3 /w Ashkenazy
  • Beethoven, complete Symphonies #1 - 9
  • Beethoven, Fidelio
  • Beethoven, Piano Concertos #1 - 5 /w Ashkenazy
  • Berlioz, Symphonie Fantastique
  • Brahms, Ein Deutsches Requiem
  • Brahms, Symphonies #1-4
  • Brahms, Variations on a Theme by Haydn
  • Debussy, La mer / Nocturnes / Prelude à l'après-midi d'un faune
  • Del Tredeci, "The Final Alice"
  • Elgar, "Enigma Variations"
  • Liszt, "A Faust Symphony"
  • Mahler, complete Symphonies #1 - 9
  • Mendelssohn, Symphony No. 4
  • Mephisto Magic (works by Liszt, Bartok, Weiner & Kodaly)
  • Mussorgsky (orchestrated by Ravel), Pictures at an Exhibition
  • Mussorgsky (orchestrated by Shostakovich), Songs and Dances of Death with Sergei Aleksashkin (1998)
  • Mussorgsky, Khovanshchina Prelude (1998)
  • Ravel, "Le Tombeau de Couperin"
  • Schoenberg, Variations
  • Shostakovich, Symphony No. 15 (1998)
  • Shostakovich, Symphony No. 8 (1989)
  • Strauss, Also Sprach Zarathustra and other tone poems
  • Stravinsky, Rite of Spring
  • Stravinsky, Symphony Nos. 1 - 3
  • Tchaikovsky, 1812 Overture, Romeo & Juliet Overture & The Nutcracker Suite
  • Tchaikovsky, Piano Concerto No. 1 / Dohnanyi, "Variations on a Nursery Song" with pianist Andras Schiff (1986)
  • Tchaikovsky, Swan Lake, excerpts (1987)
  • Tchaikovsky, Symphony No. 4 (1984)
  • Tchaikovsky, Symphony No. 5 (1987)
  • Tchaikovsky, Symphony No. 6 "Pathetique"
  • Tippett, Byzantium with Faye Robinson (1991)
  • Tippett, Suite in D for the Birthday of Prince Charles (1981)
  • Tippett, Symphony No. 4 (1979)
  • Verdi, Otello
  • Wagner, Der fliegende Hollander (1976)
  • Wagner, Die Meistersinger von Nuernberg (1995)
  • Wagner, Tannhäuser Overture (1977)
  • Wagner, Tristan und Isolde, Prelude and Liebestod (1977)
  • Walton, "Belshazzar's Feast"


[21] [22] [23]

Prémios e Reconhecimentos[editar | editar código-fonte]

  • Em 2007, a sua viúva Lady (Valerie) Solti foi feito Embaixador Cultural da Hungria, um título honorífico concedido pelo Estado húngaro.
  • Em 1987, foi colocado um busto de Solti no Lincoln Park transferido para o Jardim Solti no Grant Park, em 2006.[24]

Referências

  1. MUSIC: THE GRAMMYS/CLASSICAL; Fewer Records, More Attention
  2. http://www.montblanc.com/products/84.php
  3. http://estore.websitepros.com/1652646/-strse-1489/Sir-Georg-Solti-Making/Detail.bok
  4. According to the BBC Pronouncing Dictionary of British Names, the name Georg Solti is pronounced in English as George Shollti, the Sholl- part rhyming with the word doll.
  5. (June 1998) "Books / Livres". La Scena Musicale 3 (8).
  6. Pulcinella Suite
  7. Santa Barbara Community Arts Music Association (CAMA) concert archives 1950-60
  8. "Buffie & the Baton", Time, 14 April 1961. Página visitada em 2007-11-08.
  9. "Sir Georg Solti, Conductor, Dies", BBC Politics 97, September 1997. Página visitada em 2007-09-30.
  10. Steven Rubin. "Solti? That's How You Spell Chicago", New York Times, 25 April 1971. Página visitada em 2007-08-04.
  11. Bernard Holland. "Georg Solti, Teacher, Leads Carnegie's Orchestral Workshop", New York Times, 15 June 1994. Página visitada em 2007-08-04.
  12. James R. Oestreich. "Master and Pupils Mesh As Solti Project Concludes", New York Times, 24 June 1994. Página visitada em 2007-08-04.
  13. Anthony Tommasini. "Living an Adventure to the End", New York Times, 21 September 1997. Página visitada em 2009-04-04.
  14. John von Rhein, "10 years after Solti's death, impact still felt at CSO". Chicago Tribune, 2 September 2007.
  15. Donal Henehan. "Pavarotti, Struggling With a Cold And a Handkerchief, as Otello", New York Times, 18 April 1991. Página visitada em 2007-08-04.
  16. James R. Oestreich. "2-Day 'Meistersinger' By Chicago Symphony", New York Times, 26 September 1995. Página visitada em 2007-08-04.
  17. Anthony Tommasini. "Two Proven Wagnerians Who Are Still Evolving", New York Times, 13 January 1997. Página visitada em 2007-08-04.
  18. Martin Cullingford. "New Solti website explores conductor's craft", Gramophone, 18 October 2002. Página visitada em 2007-08-04.
  19. Andrew Clements. "By Georg...", The Guardian, 15 January 1999. Página visitada em 2007-08-04.
  20. at Amazon.co.uk
  21. Solti, Georg; Sachs, Harvey. Solti on Solti. London: Chatto & Windus, 1997. ISBN 0701166304.
  22. Solti, Georg; Sachs, Harvey. Memoirs. New York: Alfred Knopf, 1997. ISBN 067944596X.
  23. Andrew Clements. "Mahler: Symphony No 5, Zurich Tonhalle Orch/ Solti", The Guardian, 31 August 2007. Página visitada em 2007-09-04.
  24. Sir George Solti Bust (in Grant Park) Explore Chicago City of Chicago (2008). Visitado em 2009-09-22.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]