Mahalia Jackson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mahalia Jackson
Mahalia Jackson 1962, van Vechten, LC-USZ62-91314.jpg
Informação geral
Também conhecido(a) como Halie Jackson, A Rainha do Gospel
Nascimento 26 de Outubro de 1911[1] Nova Orleans, Louisiana, EUA
Data de morte 27 de janeiro de 1972 (60 anos) Evergreen Park, Illinois, EUA
Gênero(s) Gospel
Gravadora(s) Decca Coral
Apollo
Columbia
Afiliação(ões) Aretha Franklin

Mahalia Jackson (26 de outubro de 1911, Nova Orleans, Louisiana, EUA27 de janeiro de 1972, Chicago, Illinois) foi uma das principais cantoras gospel dos Estados Unidos no século 20.

Mahalia começou sua carreira cantando em corais Gospel, estilo musical que a acompanhou por toda a carreira.

Em 1937, com 26 anos, Mahalia gravou seu primeiro disco sob o selo The Decca Coral. Em ordem: "God's Gonna Separate The Wheat From The Tares," "My Lord," "Keep Me Everyday," and "God Shall Wipe All Tears Away.". O disco não foi um sucesso financeiro e o Decca Coral não renovou. Em 1947 (dez anos depois), ela gravou com o selo Apollo a música "Move On Up A Little Higher", um sucesso tão grande que vendeu 8 milhões de cópias, esgotando em todas as lojas. A música entrou para o Hall da Fama dos prémios Grammy em 1998.

Posteriormente, gravou sucessos como "Let the Power of the Holy Ghost Fall on Me" (1949), "Silent Night, Holy Night", que também tiveram incrível sucesso na Europa.

Em 1950 ela se tornou a primeira cantora Gospel a cantar no Carnegie Hall de Nova York. Em 1952, começou uma turnê pela Europa e foi aclamada pela crítica como "A maior cantor Gospel de todos os tempos". Também foi a primeira cantora Gospel a cantar no consagrado festival The Newport Jazz Festival (em 1958 e 1959)

Teve uma participação especial no filme "Imitação da Vida" (Imitation of Life), de 1959, dirigido por Douglas Sirk e interpretado por Lana Turner e Sandra Dee.

Em 1961, Mahalia cantou na posse do presidente norte-americano John Kennedy.

Em 1963 ela cantou para 250 mil pessoas, na ocasião onde Martin Luther King Jr. fez seu famoso discurso "I Have a Dream" ("Eu tenho um sonho", discurso pelos direitos civis amplamente conhecido nos Estados Unidos). Também cantou "Take My Hand, Precious Lord" no funeral de Martin Luther King Jr.

Seu último álbum foi Guide Me, O Thou Great Jehovah (1969). Encerrou a carreira em 1971 com um show na Alemanha e com aparições final no The Flip Wilson Show nos Estados Unidos.

Mahalia também ficou conhecida por seu esforço em ajudar ao próximo, criando a Mahalia Jackson Scholarship Foundation, para jovens que gostariam de entrar para a universidade. Por seus esforços recebeu o The Silver Dove Award.

Faleceu em 27 de janeiro de 1972. Foi sepultada no Providência Memorial Park, Paróquia de Jefferson, Louisiana no Estados Unidos.[2]

Em 1978, Mahalia Jackson foi postumamente recebida no GMA Gospel Music Hall of Fame.[3]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • You Better Run, Run, Run (1931)
  • Keep Me Every Day (1937)
  • God's Gonna Separate The Wheat From The Tares (1937
  • My Lord (1937)
  • God Shall Wipe All Tears Away (1937)
  • "He Knows My Heart" (1946)
  • "Amazing Grace" (1947)
  • ''Tired'' (1947)
  • "Let the Power of the Holy Ghost Fall on Me" (1949)
  • "Silent Night, Holy Night" (1949)
  • "I Can Put My Trust in Jesus" (1949)
  • "Walk with Me" (1949)
  • "Let the Power of the Holy Ghost Fall on Me" (1949)
  • "Go Tell It on the Mountain" (1950)
  • "The Lord's Prayer" (1950)
  • "How I Got Over" (1951)
  • "His Eye Is on the Sparrow" (1951)
  • "I Believe" (1953)
  • "Didn't It Rain" (1953)
  • "Hands of God" (1953)
    • "Nobody Knows" (1954)
Ícone de esboço Este artigo sobre um cantor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.